Gênesis 41:1

E aconteceu que passados dois anos teve Faraó um sonho: Parecia-lhe que estava junto ao rio;

Comentário de Robert Jamieson

E aconteceu que passados dois anos – Não é certo se estes anos são contados desde o início da prisão de José, ou dos eventos descritos no capítulo anterior – muito provavelmente o último. Que muito tempo para José sentir a doença da esperança adiada! Mas o tempo de sua ampliação veio quando ele aprendeu suficientemente as lições de Deus destinadas a ele; e os planos da Providência foram amadurecidos.

teve Faraó um sonho – “Faraó”, de uma palavra egípcia Phre, significando o “sol”, era o título oficial dos reis daquele país. O príncipe, que ocupava o trono do Egito, era Afophis, um dos reis mênfitas, cuja capital era On ou Heliópolis, e que é universalmente reconhecido por ter sido um rei patriota. Entre a chegada de Abraão e a aparição de José naquele país, transcorreram mais de dois séculos. Os reis dormem e sonham, assim como seus súditos. E esse faraó teve dois sonhos em uma noite tão singular e tão semelhante, tão distintos e aparentemente tão significativos, tão coerentes e vividamente impressos em sua memória, que seu espírito estava perturbado. [JFB, aguardando revisão]

< Gênesis 40:23 Gênesis 41:2 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.