Lucas 1:42

Então exclamou em alta voz: Bendita és tu entre as mulheres, e bendito é o fruto do teu ventre!

Comentário de David Brown

(42-44) Que bela superioridade à inveja temos aqui! Por mais alta que tenha sido a distinção conferida a ela mesma, Isabel perde de vista isso completamente na presença de alguém ainda mais honrado; sobre quem, com seu bebê ainda não nascido, em êxtase de inspiração, ela pronuncia uma bênção, sentindo ser um prodígio incompreensível que “a mãe do seu Senhor venha a ela”. “Por mais que examinemos, nunca conseguiremos ver a adequação de chamar um bebê ainda não nascido de ‘Senhor’, exceto supondo que Isabel, assim como os profetas do passado, tenha sido iluminada para perceber a natureza divina do Messias” [Olshausen]. [Jamieson; Fausset; Brown, 1873]

Comentário de Alfred Plummer

Conteúdo exclusivo para assinantes. Clique aqui e conheça todos os benefícios de assinar o Apologeta.
< Lucas 1:41 Lucas 1:43 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.