Lucas 1:72

para manifestar misericórdia aos nossos ancestrais, e se lembrar do seu santo pacto,

Comentário Barnes

para manifestar misericórdia. Para mostrar a misericórdia prometida. A expressão no original é, “Fazer misericórdia com nossos pais” – ou seja, mostrar bondade para com nossos pais; e a propriedade disso se baseia no fato de que a misericórdia para com os “filhos” é considerada como bondade para com o “pai”. Abençoar os “filhos” era abençoar a “nação”; era cumprir as promessas feitas aos pais e “mostrar” que ele os considerava com misericórdia.

seu santo pacto. A palavra “pacto” significa acordo ou contrato. Ela é usada entre as pessoas. Implica igualdade entre as partes; liberdade de coação; liberdade de obrigação anterior de fazer a coisa agora pactuada; e liberdade de obrigação de entrar em um acordo, a menos que se escolha fazê-lo. Essa transação evidentemente nunca pode ocorrer entre Deus e o homem, pois eles não são iguais. O homem não tem liberdade para “recusar” o que Deus propõe, e ele está sob a obrigação de fazer “tudo” o que Deus ordena. Portanto, quando a palavra “pacto” é usada na Bíblia, ela significa às vezes um “mandamento”; Às vezes, uma “promessa”; às vezes, uma “lei regular” – como “o pacto do dia e da noite”; e às vezes a maneira como Deus distribui misericórdia – ou seja, pelas alianças antigas e novas. No trecho diante de nós, significa “a promessa” feita a Abraão, como os versículos seguintes mostram claramente. [Barnes]

Comentário de Alfred Plummer

Conteúdo exclusivo para assinantes. Clique aqui e conheça todos os benefícios de assinar o Apologeta.
< Lucas 1:71 Lucas 1:73 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.