Apocalipse 3:11

Eis que eu venho em breve; guarda o que tu tens, para que ninguém tome tua coroa.

Comentário de H. B. Swete

Porque tu guardaste a palavra da minha paciência [ὅτι ἐτήρησας τὸν λόγον τῆς ὑπομονῆς μου] Não é ‘minha palavra de paciência’, ou seja, meu mandamento para exercer paciência, mas ‘a palavra da minha paciência’, ou seja, o ensinamento que encontrou seu ponto central na paciência de Cristo; compare com 2Tessalonicenses 3:5 τὴν ὑπομονὴν τοῦ χριστοῦ, Hebreus 12:1 f. διʼ ὑπομονῆς τρέχωμεν … ἀφορῶντες εἰς … Ἰησοῦν … ὃς ὑπέμεινεν σταυρόν, Ign. Rom. 10 ἔρρωσθε εἰς τέλος ἐν ὑπομονῇ Ἰησοῦ Χριστοῦ. A ὑπομονὴ τῶν ἀγίων (Apoc. 13:10, 14:12) é o eco do λόγος τῆς ὑπομονῆς τοῦ χριστοῦ. Κἀγώ σε τηρήσω: pela benevolência do reino de Deus (como observa Trench), uma τήρησις é seguida por outra; Cristo, por sua parte (o καί de ação recíproca, como em Mateus 10:32 ὁμολογήσω κἀγὼ ἐν αὐτῷ) compromete-se a guardar aqueles que guardaram sua palavra. Compare com João 17:6, 11 τὸν λόγον σου τετήρηκαν … πάτερ ἅγιε, τή ρησον αὐτούς. A promessa, como diz Beda, é “non quidem ut non tenteris, sed ut non vincaris [ab] adversis”. Ἐκ τῆς ὥρας τοῦ πειρασμοῦ τῆς μελλούσης ἔρχεσθαι: ‘daquela época (compare com Sir. 18:20 ὥ ἐπισκοπῆς, Daniel 11:40 ὥ συντελείας, Apoc. 14:7 ἡ ὥ. τῆς κρίσεως) de prova que está vindo sobre toda a terra habitada’; ou seja, os tempos turbulentos que precedem a Parousia. Na visão encurtada do futuro que foi tomada pela era apostólica, essa triagem final da humanidade estava próxima, não claramente diferenciada da perseguição imperial que já havia começado. Compare com Andreas: τὴν ὥραν δὲ τοῦ πειρασμοῦ· εἴτε ὡς αὐτίκα παρεσομένην τὴν τῶν ἀσεβῶν τῆς Ῥώμης τὸ τηνικαῦτα βασιλευσάντων κατὰ Χριστιανῶν δίωξιν εἴρηκεν … ἢ τὴν ἐπὶ συντελείᾳ τοῦ αἰῶνος παγκόσμιον κατὰ τῶν πιστῶν τοῦ ἀντιχρίστου κίνησιν λέγει. Para a Igreja de Filadélfia, a promessa era uma garantia de proteção em qualquer provação que pudesse ocorrer – uma promessa apropriada, veja Ramsay, Exp, 1904, 2:348. É pelo menos uma coincidência interessante que, na luta contra os turcos, Filadélfia tenha resistido mais do que qualquer outra de suas vizinhas e que ela ainda possua uma comunidade cristã florescente; veja a nota em v. 1.

A frase οἱ κατοικοῦντες ἐπὶ τῆς γῆς (na Septuaginta =יֹשְׁבֵי הָאָרֶץ) ocorre novamente em Apocalipse 6:10, 8:13, 11:10, 13:8, 13:14, 17:8 e sempre, como parece, significa ou o mundo pagão ou o mundo em contraste com o estado celestial. Compare com Enoque 37:5, com a nota de Charles. [Swete, 1906]

Comentário A. R. Fausset

Eis que – omitido pelos três manuscritos e versões mais antigas.

eu venho em breve – o grande incentivo para a fidelidade perseverante e a consolação diante das provações presentes.

guarda o que tu tens. “a palavra da minha perseverança” (Apocalipse 3:10), que Ele acabara de elogiá-los por manter, e que incluía a conquista do reino; isso eles perderiam se cedessem à tentação de trocar consistência e sofrimento por concessão e facilidade.

para que ninguém tome tua coroa – que de outra forma receberias: que nenhum tentador te faça perdê-la: não para que o tentador a obtenha para si (Colossenses 2:18). [Fausset, 1866]

< Apocalipse 3:10 Apocalipse 3:12 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.