Gênesis 30

1 Quando Raquel viu que não dava filhos a Jacó, teve inveja de sua irmã, e disse a Jacó: 'Dá-me filhos, senão morrerei'.

Raquel viu que não dava filhos a Jacó (compare com Gênesis 29:31).

[Raquel] teve inveja de sua irmã (compare com Gênesis 37:111Sm 1:4-8Sl 106:16Pv 14:30Ec 4:41Co 3:3Gl 5:21Tt 3:3Tg 3:14Tg 4:5). Não ter filhos era considerado uma grande causa de vergonha (compare com Lc 1:25). A fecundidade significava um acréscimo de força e prosperidade à família. [Dummelow, 1909]

Dá-me filhos, senão morrerei (compare com Gênesis 35:16-19; 1Rs 19:411,20-22Jó 5:2Jó 13:19Jr 20:14-18).

2 Jacó, então, ficou irado contra Raquel e disse a ela: 'Por acaso eu estou no lugar de Deus, que impediu você de ter filhos?'

Jacó, então, ficou irado contra Raquel (compare com Gênesis 31:36Ex 32:19Mt 5:22Mc 3:5Ef 4:26Gênesis 25:21Gênesis 50:191Sm 1:51Sm 2:5,62Rs 5:7).

Deus, que impediu você de ter filhos (compare com Dt 7:13,14Sl 113:9Sl 127:3Lc 1:42).

3 E ela disse: 'Aqui está minha serva Bila; deite-se com ela. Ela dará a luz em meu lugar, e, por meio dela, também terei filhos'.

Aqui está minha serva Bila; deite-se com ela (compare com Gênesis 30:9; 16:2-3).

Ela dará a luz em meu lugar – no original hebraico, “ela gerará sobre os meus joelhos” (BKJ); ou seja, Raquel reconheceria e adotaria os filhos de sua serva Bila como seus próprios filhos (compare com Gênesis 50:23; Jó 3:12). A criança recebida de joelhos pelos pais era considerada aceita na família. As palavras originais guardam o traço de uma cerimônia primitiva de legitimação e adoção. [Cambridge, 1921]

por meio dela, também terei filhos (compare com Gênesis 50:23Jó 3:12Rt 4:11).

4 Assim lhe deu sua serva Bila por mulher; e Jacó se deitou com ela.
5 Bila ficou grávida e deu um filho à Jacó.

deu um filho à Jacó. O quinto filho homem de Jacó.

6 Então Raquel disse: 'Deus me fez justiça, ouviu minha voz, e me de um filho'. Por isso o chamou de Dã.
7 Bila, a serva de Raquel, ficou grávida outra vez e deu o segundo filho à Jacó.

deu o segundo filho a Jacó. O sexto filho homem de Jacó.

8 Então Raquel disse: 'Ao lutar com Deus, tenho lutado com minha irmã e venci'. Por isso o chamou de Naftali.

Ao lutar com Deus, tenho lutado com minha irmã e venci. “Sua luta com Lia é realmente uma luta pelo favor divino, e numa extensão tal que pode ser comparada à luta de seu esposo” (Fokkelman). [Waltke, 2010]

o chamou de Naftali (compare com Gênesis 35:25Gênesis 46:24Gênesis 49:21Dt 33:23) – ou seja, lutando.

9 Quando Lia viu que não engravidava mais, tomou sua serva Zilpa e a deu a Jacó por mulher.

Compare com Gênesis 30:17Gênesis 29:35.

tomou sua serva Zilpa e a deu a Jacó por mulher (compare com Gênesis 30:4Gênesis 16:3).

10 Zilpa, serva de Lia, ficou grávida e deu um filho à Jacó.

deu um filho à Jacó. O sétimo filho homem de Jacó.

11 Então Lia disse: 'Afortunada!'. Por isso o chamou de Gade.

o chamou de Gade (compare com Gênesis 35:26Gênesis 46:16Gênesis 49:19Dt 33:20,21).

12 Depois, Zilpa, sirva de Lia, deu o segundo filho à Jacó.

segundo filho à Jacó. O oitavo filho homem de Jacó.

13 Então Lia disse: 'Feliz sou! pois as mulheres dirão que sou feliz'. Por isso o chamou de Aser.

Compare com Pv 31:28Ct 6:9Lc 1:48.

o chamou de Aser (compare com Gênesis 35:26Gênesis 46:17Gênesis 49:20Dt 33:24,25) – ou seja, feliz.

14 Nos dias da colheita do trigo, Rúben saiu ao campo e encontrou algumas mandrágoras. Ele as trouxe para Lia, sua mãe. Então Raquel pediu a Lia: 'Dê-me algumas das mandrágoras do seu filho'.

mandrágoras (compare com Ct 7:13). A mandrágora (nome científico: Mandragora officinarum) é uma planta de largas folhas verde escuro, flores roxas, frutos verdes que se tornam amarelo claro quando maduros, e uma raiz bifurcada. Ainda é encontrada madura na colheita de trigo (maio) nas partes mais baixas do Líbano e do Hermom. Os frutos produzem tontura e êxtase. Os antigos acreditavam que eles serviam para produzir fecundidade. Seu nome hebraico, duwdaim, “fruto-do-amor”, concorda com o fato de serem usados para despertar o amor; Raquel tinha essa noção supersticiosa (Gênesis 30:14-17). [Fausset]

Mandrágora (Mandragora officinarum) com frutos ainda verdes. Foto: H. Zell

Dê-me algumas das mandrágoras do seu filho (compare com Gênesis 25:30).

15 Mas ela respondeu: 'Você acha pouco ter me tirado o marido? Queres tirar também as mandrágoras do meu filho?' Então Raquel disse: 'Em troca das mandrágoras de teu filho deixarei que ele se deite contigo esta noite'.

Compare com Nm 16:9,10,13Is 7:13Ez 16:471Co 4:3.

16 Quando Jacó voltava do campo à tarde, Lia foi até ele e disse: 'Hoje você terá relações comigo, pois eu te aluguei em troca das mandrágoras de meu filho'. Naquela noite ele se deitou com ela.

mandrágoras de meu filho. As mandrágoras eram tidas como afrodisíacas, entretanto, ironicamente, quem acabou engravidando foi Lia; Raquel levou mais alguns anos para ter José, seu primeiro filho. Para Waltke (2010), “com esta ironia dramática, o narrador descarta a superstição folclórica sobre a planta da fertilidade”.

17 Deus ouviu Lia; ela ficou grávida e deu o quinto filho à Jacó.

Compare com Gênesis 31:810Gênesis 30:622Ex 3:71Sm 1:20,26,27Lc 1:13.

quinto filho à Jacó. O nono filho homem de Jacó.

18 Então Lia disse: 'Deus me recompensou por ter dado minha serva ao meu marido'. Por isso o chamou de Issacar.

o chamou de Issacar (compare com Gênesis 35:23Gênesis 46:13Gênesis 49:1415Dt 33:181Cr 12:32) – ou seja, recompensa.

19 Lia engravidou outra vez e deu a Jacó o sexto filho.

deu a Jacó o sexto filho. O décimo filho homem de Jacó.

20 E Lia disse: 'Deus me deu uma boa dádiva. Agora meu marido morará comigo, porque dei a ele seis filhos'. Por isso o chamou de Zebulom.

Agora meu marido morará comigo, porque dei a ele seis filhos – ou então, “Agora meu marido me tratará melhor; afinal já lhe dei seis filhos” (NVI).

o chamou de Zebulom (compare com Gênesis 35:23Gênesis 46:14Gênesis 49:13Jz 4:10Jz 5:14Sl 68:27). Neste versículo, temos duas explicações para o nome “Zebulom”. Na primeira sentença Lia diz “Deus me deu (zabad) uma boa dádiva (zebed)”; compare com os nomes Zabdi (Js 7:1) e Zebedeu (Mc 1:19). Na segunda sentença, a derivação é tirada da palavra zabal, “morará”. Ambas as etimologias populares eram atuais. Os assiriologistas sugerem uma derivação da palavra assíria zabalu, que significa exaltar, honrar. [Cambridge, 1921]

21 Depois deu à luz uma filha e a chamou de Diná.

a chamou de Diná (compare com 26Gênesis 46:15) – ou seja, julgada. Diná pode não ter sido a única filha de Jacó (compare com Gênesis 37:35; 46:7). Provavelmente seu nascimento é mencionado aqui por causa do incidente que será relatado mais a frente (Gênesis 34:1). [Pulpit, 1895]

22 E Deus se lembrou de Raquel. Ele a ouviu e a tornou fértil.
23 Ela engravidou e deu à luz um filho. Então disse: 'Deus tirou minha humilhação'.

Deus tirou minha humilhação (compare com Gênesis 29:311Sm 1:5,6Is 4:1Lc 1:21,25,27).

24 E deu ao filho o nome de José, dizendo: 'Que o SENHOR me acrescente ainda outro filho'.

deu ao filho o nome de José (compare com Gênesis 35:24Gênesis 24:67Gênesis 25:16Gênesis 37:24Gênesis 39:1-23Gênesis 42:6Gênesis 48:1Gênesis 49:22-26Dt 33:13-17Ez 37:16At 7:9-15Hb 11:21,22Ap 7:8) – ou seja, acrescente.

Que o SENHOR me acrescente ainda outro filho (compare com Gênesis 35:1718).

O enriquecimento de Jacó

25 Depois que Raquel deu à luz a José, Jacó disse a Labão: 'Deixe-me voltar ao meu lugar e à minha terra'.
26 'Dá-me meus filhos e minhas mulheres, pelas quais te servi, e deixa-me ir. Você sabe o quanto trabalhei para ti'.

Dá-me meus filhos e minhas mulheres, pelas quais te servi – ou então, Dá-me minhas mulheres e meus filhos, pelos quais te servi.

minhas mulheres (compare com Gênesis 29:19,20,30Gênesis 31:26,31,41Os 12:12).

Você sabe o quanto trabalhei para ti (compare com Gênesis 30:29-30).

27 Labão lhe respondeu: 'Se mereço a sua consideração, fique comigo. Percebi que o SENHOR me abençoou por causa de você'.

Se mereço a sua consideração (compare com Gênesis 18:3Gênesis 33:15Gênesis 34:11Gênesis 47:25Ex 3:21Nm 11:11,15Rt 2:131Sm 16:22Ne 1:11Ne 2:5Dn 1:9At 7:10).

Percebi (ou então, Descobri por meio de adivinhações, NAA, NVI) que o SENHOR me abençoou por causa de você (compare com Gênesis 30:30Gênesis 12:3Gênesis 26:2421-23Sl 1:3Is 6:13Is 61:9Is 65:8).

28 E disse: 'Diga-me o teu salário, que eu lhe pagarei'.

Diga-me o teu salário (compare com Gênesis 29:15).

29 Jacó respondeu: 'Você sabe como tenho trabalhado para ti e como cuidei do teu gado.'

Compare com Mt 24:45Ef 6:5-8Cl 3:22-25Tt 2:9,101Pe 2:15,18.

Você sabe como tenho trabalhado para ti e como cuidei do seu gado – ou então, “Você sabe quanto trabalhei para você e como os seus rebanhos cresceram sob os meus cuidados (NVI).

30 'O pouco que você tinha antes da minha vinda aumentou consideravelmente. O SENHOR abençoou você desde que eu vim para cá. Mas quando começarei a trabalhar também por minha própria casa?

O pouco que você tinha antes da minha vinda aumentou consideravelmente (compare com Gênesis 30:43).

O SENHOR abençoou você desde que eu vim para cá (compare com Gênesis 30:27).

Mas quando começarei a trabalhar também por minha própria casa? (compare com 2Co 12:141Tm 5:8).

31 E Labão perguntou: 'O que você quer que eu lhe dê?' Jacó respondeu: 'Não precisa me dar nada. Voltarei a cuidar do seu rebanho, se você concordar com o seguinte:

Não precisa me dar nada. Jacó não pretendia servir a Labão gratuitamente, mas preferiu confiar que Deus o recompensaria e não Labão (Wordsworth, Gosman); ou sua intenção era dizer que não queria um salário nos termos propostos por Labão, mas sim segundo a proposta que ele mesmo faria (Hughes). [Pulpit, 1895]

32 Hoje passarei por todo o teu rebanho e separarei todas as ovelhas salpicadas e malhadas, todos os cordeiros escuros e todas as cabras malhadas e salpicadas. Isto será o meu salário.

separarei todas as ovelhas salpicadas e malhadas, todos os cordeiros escuros – ou então, separarei todos os animais salpicados e malhados, isto é, todos os cordeiros escuros (Waltke, 2010).

Isto será o meu salário (compare com Gênesis 30:35Gênesis 31:810). Como geralmente as ovelhas são brancas e as cabras pretas ou marrons, Jacó propõe que Labão fique com esses animais, enquanto os poucos salpicados ou malhados passem a ser seus como salário. [Dummelow, 1909]

33 Assim, no futuro, a minha justiça responderá por mim, quando vieres conferir meu salário: as cabras que não forem salpicadas ou malhadas, e os cordeiros que não forem escuros que estiverem comigo poderão ser considerados roubados'.

a minha justiça responderá por mim (compare com Gênesis 31:371Sm 26:232Sm 22:21Salmo 37:6).

34 Labão então respondeu: 'Está bem! Seja como você disse.'
35 Porém, naquele mesmo dia, ele separou os bodes listrados e malhados, todas as cabras salpicadas e malhadas, todos que tinham alguma brancura e todas aos cordeiros escuros. Ele os entregou ao cuidado de seus filhos

os entregou ao cuidado de seus filhos (compare com Gênesis 31:9).

36 e se afastou de Jacó à uma distância de três dias de viagem. E Jacó continuou a apascentar o restante dos rebanhos de Labão.
[Labão] se afastou de Jacó à uma distância de três dias de viagem – levando consigo os animais malhado e salpicados, de forma a impedir que se misturassem e cruzassem com os apascentados por Jacó. Isso deixa mais evidente a benção sobrenatural sobre Jacó.

37 Então Jacó pegou varas verdes de álamo, de aveleira e de plátano, e removeu tiras da casca delas, formando listras brancas nas varas.

Jacó (compare com Gênesis 31:9-13).

38 Depois pôs as varas que havia descascado em frente ao rebanho, nos canais de água e nos bebedouros, onde os rebanhos bebiam, pois se acasalavam quando vinham beber.
[Jacó] pôs as varas que havia descascado em frente ao rebanho. Segundo Ryle (1921), era crença popular que esses objetos poderiam afetar a coloração da prole, se colocados diante dos animais no momento do acasalamento.

39 Assim, os rebanhos acasalavam diante das varas e davam crias listradas, salpicadas e malhadas.

Apesar de Jacó utilizar tal crença popular (Gênesis 30:38), sua prosperidade foi resultado da ação graciosa de Deus, e não da crendice empregada (compare com Genesis 31:5,38,40,42Ex 12:35,36).

40 Então Jacó separava os cordeiros e os colocava diante dos animais listrados e escuros do rebanho de Labão. Ele pôs seu rebanho à parte, e não o ajuntou ao rebanho de Labão.

Então Jacó separava os cordeiros e os colocava diante dos animais listrados e escuros do rebanho de Labão. Se formaram três rebanhos: o de animais listrados e escuros de Labão (Gênesis 30:35), o de animais de Labão dos quais Jacó cuidava e o de animais de Jacó. O contexto indica que a intenção de Jacó ao colocar seu rebanho “diante dos animais listrados e escuros do rebanho de Labão” era separá-lo dos outros animais e não empregar outra estratégia para aumento do rebanho.

41 Todas as vezes que as ovelhas fortes acasalavam, Jacó colocava as varas nos bebedouros, à vista do rebanho, para que acasalassem diante das das varas.

Comentário Cambridge

Um terceiro recurso da parte de Jacó. Ele tem o cuidado, na época de reprodução, de colocar as varas descascadas apenas diante dos melhores animais. Assim, ele obteve para sua própria parte os filhotes dos melhores animais. [Cambridge]

42 Quando as ovelhas eram fracas, ele não colocava as varas. Assim, as fracas ficavam para Labão, e as fortes para Jacó.

Comentário Whedon

Este foi um terceiro artifício de Jacó. As ovelhas orientais dão crias duas vezes por ano, na primavera e no outono, e as nascidas no outono, de acordo com Plínio, eram as mais fortes. É provável que depois de um tempo Labão suspeitou ou descobriu o artifício de Jacó e, consequentemente, mudou seu salário, ou os termos do contrato, muitas vezes. Veja Gênesis 31:7-8. Mas Jacob foi  inteligente o suficiente para frustrar todas as suas tentativas de trapaceá-lo. [Whedon]

43 O homem prosperou grandemente. Teve muitos rebanhos, servos, servas, camelos e jumentos.
<Gênesis 29 Gênesis 31>

Visão geral do Gênesis

Em Gênesis 1-11, “Deus cria um mundo bom e dá instruções aos humanos para que possam governar esse mundo, mas eles cedem às forças do mal e estragam tudo” (BibleProject). (8 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Em Gênesis 12-50, “Deus promete abençoar a humanidade rebelde através da família de Abraão, apesar das suas falhas constantes e insensatez” (BibleProject). (8 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução ao livro do Gênesis.

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – outubro de 2020.