Gênesis 41:41

Disse mais Faraó a José: Eis que te pus sobre toda a terra do Egito.

Comentário do Púlpito

E que do rio subiam sete vacas, belas à vista, e muito gordas. De acordo com Plutarco e Clemente de Alexandria, a novilha era considerada pelos antigos egípcios como um símbolo da terra, da agricultura e dos alimentos derivados dela. Portanto, era natural que a sucessão de sete anos prósperos fosse representada por sete vacas prósperas. O fato de terem aparecido subindo do rio é explicado pela circunstância de o Nilo, por suas inundações anuais, ser a causa da fertilidade do Egito (cf. Havernick, ‘Introd.,’ 21). Um hino ao Nilo, composto por Euna (de acordo com a generalidade dos egiptólogos contemporâneos de Moisés), e traduzido de um papiro no Museu Britânico pelo Cônego Cook (que atribui a ele uma data anterior à décima nona dinastia), descreve o O Nilo como “transbordando os jardins criados por Rá dando vida a todos os animais …. regando a terra sem cessar. .. Amante de comida, doador de milho … Portador de comida! Grande Senhor das provisões! Criador de todas as coisas boas! “(vide ‘Records of the Past’, vol. 4. pp. 107, 108);

e pastavam entre os juncos – בָּאָחוּ , ἐν τῷ Αχει , (LXX.), Literalmente, no Nilo ou grama de junco . A palavra XXX parece ser um termo egípcio que descreve qualquer erva que cresce em um riacho. Isso ocorre apenas aqui e no ver. 18 e Jó 8:11 . [Pulpit, aguardando revisão]

< Gênesis 41:40 Gênesis 41:42 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.