Gênesis 42:20

Porém haveis de trazer-me a vosso irmão mais novo, e serão comprovadas vossas palavras, e não morrereis. E eles o fizeram assim.

Comentário do Púlpito

Porém haveis de trazer-me a vosso irmão mais novo – ou, mais enfaticamente, e seu irmão, o mais novo, você fará com que venha a mim. O fato de José ter insistido nessa estipulação, que ele deve saber que causaria a seu pai idoso muita ansiedade e profunda angústia, não deve ser explicado como “quase planejado” por José como um castigo a Jacó por sua predileção indevida em favor de Benjamin. (Kalisch), mas deve ser atribuído à intensidade de seu desejo de ver seu irmão (Murphy), ou a um desejo de sua parte de verificar como seus irmãos foram afetados por Benjamin (Lawson), ou a uma crença secreta de que o a melhor maneira de persuadir seu pai a ir até ele no Egito era trazer Benjamin para lá (‘Comentário do Orador’), ou ter uma convicção íntima de que a preocupação temporária que a ausência de Benjamin poderia infligir a Jacó seria mais do que compensada pelo bem que seria assim assegurado a toda a família (Kurtz), ou ao fato de que Deus, sob cuja orientação durante toda a sua atuação, estava inconscientemente conduzindo-o de forma a assegurar a realização de seus sonhos, que exigem ed a presença de Benjamin e Jacó no Egito (Wordsworth, ‘Speaker’s Commentary). A razão que o próprio Joseph deu a seus irmãos foi que a presença de Benjamin era indispensável como uma corroboração de sua veracidade.

e serão comprovadas vossas palavras, e não morrereis (a morte devida a espias): E eles o fizeram assim – ou seja, eles consentiram com a proposta de Joseph. [Pulpit, aguardando revisão]

< Gênesis 42:19 Gênesis 42:21 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.