Listra

Listra era uma cidade de Licaônia, na Ásia Menor, em um distrito selvagem e entre uma população rude.

Aqui Paulo pregou o evangelho depois de ter sido impulsionado pela perseguição de Icônio (Atos 14:2-7). Aqui também ele curou um homem coxo (8), e assim impressionou tanto as pessoas ignorantes e supersticiosas que eles o levaram para Mercúrio, porque ele era o “orador principal” e seu companheiro Barnabé para Júpiter, provavelmente em consequência de sua imponente aparência venerável; e estavam procedendo a oferecer sacrifícios a eles (13), quando Paulo se dirigiu fervorosamente a eles e voltou sua atenção para a verdadeira fonte de todas as bênçãos. Mas logo depois, através da influência dos judeus de Antioquia na Pisídia e Icônio, eles apedrejaram Paulo e o deixaram como morto (14:19). Ao se recuperar, Paulo partiu para Derbe; mas logo retornou, através de Listra, encorajando os discípulos ali a firmeza. Ele provavelmente visitou a cidade novamente em sua terceira excursão missionária (Atos 18:23). Timóteo, que provavelmente nasceu aqui (2Timóteo 3:10, 11), foi sem dúvida um dos que foram nesta ocasião testemunhas da perseguição de Paulo e sua coragem em Listra.

Adaptado de: Illustrated Bible Dictionary