Mateus 6:25

Por isso vos digo: não andeis ansiosos por vossa vida, sobre o que haveis de comer, ou que haveis de beber; nem por vosso corpo, sobre com que vos haveis de vestir. Não é a vida mais que o alimento, e o corpo mais que a roupa?

não andeis ansiosos. A mesma palavra ocorre em Filipenses 4:6, “não estejais ansiosos”. Compare com 1Pedro 5:7, “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade”.

O argumento no versículo é: tal ansiedade é desnecessária; Deus deu a vida e o corpo; Ele não suprirá as necessidades de comida e roupa? [Cambridge, 1893]

Comentário de A. T. Robertson

não andeis ansiosos. A antiga tradução “não pensem” uma vez trouxe essa ideia que é verdadeira para o grego. Mas agora damos um significado mais leve à frase. Jesus não condena a premeditação e a previsão prudente das atividades. Ele rejeita a preocupação.

vida. Esta mesma palavra é usada também para alma. Veja os dois sentidos da palavra em Mateus 16:25. Aqui é a vida natural que se entende. Comida e bebida são necessárias para a continuação da vida natural. Jesus não nega isso. Mas a ansiedade indevida não supre essas necessidades.

corpo. A vida natural reside no corpo, mas é mais do que o corpo. Existe uma distinção real, e os cientistas modernos não lançaram muita luz sobre a verdadeira natureza da vida. O corpo precisa de roupa, como reconhece Jesus.

Não é a vida mais que o alimento, e o corpo mais que a roupa? Cristo não condena a atenção com a vida e com o corpo. Pelo contrário, ele exalta a verdadeira vida e o corpo acima da mera comida e vestimenta. A ansiedade prejudica o corpo e a vida em vez de ser uma ajuda. Compare com Mateus 12:12, onde Jesus pergunta se uma pessoa não é melhor do que uma ovelha. [Robertson, 1907]

< Mateus 6:24 Mateus 6:26 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.