Gênesis 45:1

Não podia já José se conter diante de todos os que estavam ao seu lado, e clamou: Fazei sair de minha presença a todos. E não ficou ninguém com ele, ao dar-se a conhecer José a seus irmãos.

Comentário de Robert Jamieson

Não podia já José se conter – A severidade do inflexível magistrado aqui dá lugar aos sentimentos naturais do homem e do irmão. Por mais que ele disciplinasse sua mente, ele achava impossível resistir à impetuosa eloquência de Judá. Ele viu uma prova satisfatória, no retorno de todos os seus irmãos em tal ocasião, que eles estavam carinhosamente unidos um ao outro; ele ouvira o suficiente para convencê-lo de que o tempo, a reflexão ou a graça haviam feito uma melhora feliz em seus personagens; e ele provavelmente teria procedido de maneira calma e despreocupada para se revelar como a prudência poderia ter ditado. Mas quando ele ouviu o heróico auto-sacrifício de Judá [Gênesis 44:33] e percebeu todo o afeto dessa proposta – uma proposta para a qual ele estava totalmente despreparado – ele estava completamente não-tripulado; ele se sentiu forçado a acabar com esse doloroso julgamento.

e clamou:Fazei sair de minha presença a todos – Ao ordenar a partida de testemunhas desta última cena, ele agiu como um amigo caloroso e real para seus irmãos – sua conduta foi ditada por motivos da mais alta prudência – a de impedindo que suas primeiras iniquidades se tornassem conhecidas, tanto para os membros de sua casa, como entre o povo do Egito. [JFB, aguardando revisão]

< Gênesis 44:34 Gênesis 45:2 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.