Livro de Amós

Introdução ao livro de Amós

O Livro de Amós consiste em três partes:

(1) As nações ao redor são convocadas para julgamento por causa de seus pecados (1:1-2:3). Ele cita Joel 3:16.

(2) A condição espiritual de Judá, e especialmente de Israel, é descrita (2:4-6:14).

(3) Em Amós 7:1-9:10 são registradas cinco visões proféticas. (a) As duas primeiras (7:1-6) referem-se a julgamentos contra os culpados. (b) As duas seguintes (7:7-9; 8:1-3) apontam a maturidade do povo para os julgamentos ameaçados. 7:10-17 consiste em uma conversa entre o profeta e o sacerdote de Betel. (c) O quinto descreve a queda e a ruína de Israel (9:1-10); ao qual é adicionada a promessa da restauração do reino e sua glória final no reino do Messias.

O estilo é peculiar no número das alusões feitas a objetos naturais e a ocupações agrícolas. Outras alusões mostram também que Amós era um estudante da lei, bem como um “filho da natureza”. Essas frases são peculiares a ele: “Limpeza dos dentes” [isto é, falta de pão] (4:6); “A excelência de Jacó” (6:8; 8:7); “Oséias altos de Isaque” (7:9); “A casa de Isaque” (7:16); “Aquele que cria o vento” (4:13). Citado em Atos 7:42.

Adaptado de: Illustrated Bible Dictionary (Amos).