Provérbios 21:8

O caminho do homem transgressor é problemático; porém a obra do puro é correta.

Comentário de A. R. Fausset

O caminho do homem transgressor é problemático – ao contrário, ‘O caminho do homem (isto é) perverso (é) também estranho.’ O hebraico, ish, expressa um homem outrora bom:”perverso” implica sua perversidade por ter deixado o bom caminho. ‘Também é estranho’ é o predicado. Aquele que é pervertido pela bondade, portanto, torna-se também estranho a Deus e à congregação dos “puros”.

porém a obra do puro é correta. Assim também marca o predicado em Provérbios 28:16 . Assim, evita-se a dificuldade de dizer:”O caminho do homem (‘iysh (H376), um homem bom) é perverso.” Além disso, o equilíbrio das cláusulas paralelas é melhor. O caminho pervertido do homem também é estranho ou alienado de Deus; mas quanto ao puro, isto é, o sincero, seu trabalho é correto e, portanto, seu caminho é de quase comunhão com Deus (Mateus 5:8). [JFU, aguardando revisão]

< Provérbios 21:7 Provérbios 21:9 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.