Gálatas 5:2

Eis que eu, Paulo, vos digo, que se vos deixardes circuncidar, Cristo vos será útil em nada.

Comentário A. R. Fausset

Eis, isto é, Marcos o que eu digo.

eu, Paulo – Embora você agora pense menos em minha autoridade, dou meu nome e autoridade pessoal por si só para refutar toda a oposição dos adversários.

se vos deixardes circuncidar – não como Alford, “se você vai continuar sendo circuncidado”. Antes, “Se vocês se permitirem ser circuncidados”, isto é, sob a noção de ser necessário para justificação (Gálatas 5:4; Atos 15:1). A circuncisão aqui não é considerada simplesmente por si mesma (pois, visto como um mero rito nacional, foi praticada por conciliação pelo próprio Paulo, Atos 16:3), mas como o símbolo do judaísmo e do legalismo em geral. Se isto for necessário, então o Evangelho da graça está no fim. Se este último é o caminho da justificação, então o judaísmo não é de forma alguma.

Cristo vos será útil em nada – (Gálatas 2:21). Pois a justiça das obras e a justificação pela fé não podem coexistir. “Aquele que é circuncidado [por justificação] é como temer a lei, e quem teme, não acredita no poder da graça, e quem não crê não pode beneficiar nada com a graça que ele não crê (Crisóstomo). [Jamieson; Fausset; Brown, aguardando revisão]

< Gálatas 5:1 Gálatas 5:3 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.