Bíblia, Revisar

Êxodo 26

O Tabernáculo

1 E farás o tabernáculo de dez cortinas de linho torcido, azul, e púrpura, e carmesim: e farás querubins de obra delicada.

obra delicada – isto é, de textura elegante, ricamente bordada. A palavra “astúcia”, em inglês antigo, é sinônimo de “habilidade”.

2 O comprimento da uma cortina de vinte e oito côvados, e a largura da mesma cortina de quatro côvados: todas as cortinas terão uma medida.

comprimento – Cada cortina deveria ter quinze jardas de comprimento e um pouco mais de dois de largura.

3 Cinco cortinas estarão juntas a uma com a outra, e cinco cortinas unidas a uma com a outra.

De modo a formar duas grandes divisões, cada uma com onze jardas de largura.

4 E farás laçadas de azul na beira da uma cortina, na margem, na juntura: e assim farás na beira da última cortina na juntura segunda.
5 Cinquenta laçadas farás na uma cortina, e cinquenta laçadas farás na margem da cortina que está na segunda juntura: as laçadas estarão contrapostas a uma à outra.
6 Farás também cinquenta colchetes de ouro, com os quais juntarás as cortinas a uma com a outra, e se formará um tabernáculo.

colchetes – supostamente em forma, assim como em uso, para ser o mesmo que ganchos e olhos.

7 Farás também cortinas de pelo de cabras para uma tenda sobre o tabernáculo; onze cortinas farás.

cortinas de pelo de cabras – essas cortinas grossas seriam mais uma em número do que as outras, e estenderiam um quintal para baixo de cada lado, o uso delas para proteger e esconder as cortinas mais ricas.

8 O comprimento de uma cortina será de trinta côvados, e a largura da mesma cortina de quatro côvados: uma medida terão as onze cortinas.
9 E juntarás as cinco cortinas à parte e as outras seis cortinas separadamente; e dobrarás a sexta cortina diante da face do tabernáculo.
10 E farás cinquenta laçadas na orla de uma cortina, à extremidade na juntura, e cinquenta laçadas na orla da segunda cortina na outra juntura.
11 Farás também cinquenta colchetes de alambre, os quais meterás pelas laçadas: e juntarás a tenda, para que se faça uma só cobertura.
12 E o excedente que resulta nas cortinas da tenda, a metade da uma cortina que sobra, ficará às costas do tabernáculo.
13 E um côvado da uma parte, e outro côvado da outra que sobra no comprimento das cortinas da tenda, pendurará sobre os lados do tabernáculo da uma parte e da outra, para cobri-lo.
14 Farás também à tenda uma coberta de couros de carneiros, tingidos de vermelho, e uma coberta de couros finos encima.

As armações do Tabernáculo

15 E farás para o tabernáculo tábuas de madeira de acácia, que estejam na vertical.

O tabernáculo, pelo seu nome assim como pela sua aparência geral e arranjos, era uma tenda; mas a partir da descrição dada nesses versículos, as tábuas que formavam suas paredes, as cinco barras que as fortaleciam e a barra intermediária que “chegava de ponta a ponta”, dando-lhe solidez e compacidade, evidentemente era um tecido mais substancial do que uma tenda leve e frágil, provavelmente devido ao peso de suas várias coberturas, bem como à proteção de seus preciosos móveis.

16 O comprimento de cada tábua será de dez côvados, e de côvado e meio a largura de cada tábua.
17 Dois encaixes terá cada tábua, unidos um com o outro; assim farás todas as tábuas do tabernáculo.
18 Farás, pois, as tábuas do tabernáculo: vinte tábuas ao lado do sul.
19 E farás quarenta bases de prata debaixo das vinte tábuas; duas bases debaixo de uma tábua para seus dois encaixes, e duas bases debaixo da outra tábua para seus dois encaixes.
20 E ao outro lado do tabernáculo, à parte do norte, vinte tábuas;
21 E suas quarenta bases de prata: duas bases debaixo de uma tábua, e duas bases debaixo da outra tábua.
22 E para o lado do tabernáculo, ao ocidente, farás seis tábuas.
23 Farás também duas tábuas para as esquinas do tabernáculo nos dois ângulos posteriores;
24 Os quais se unirão por abaixo, e também se juntarão por seu alto a uma argola: assim será das outras duas que estarão às duas esquinas.
25 De maneira que serão oito tábuas, com suas bases de prata, dezesseis bases; duas bases debaixo de uma tábua, e duas bases debaixo da outra tábua.
26 Farás também cinco barras de madeira de acácia, para as tábuas de um lado do tabernáculo,
27 E cinco barras para as tábuas do outro lado do tabernáculo, e cinco barras para o outro lado do tabernáculo, que está ao ocidente.
28 E a barra do meio passará por meio das tábuas, de uma extremidade à outra.
29 E cobrirás as tábuas de ouro, e farás seus anéis de ouro para meter por eles as barras: também cobrirás as barras de ouro.
30 E levantarás o tabernáculo conforme sua planta que te foi mostrada no monte.

O véu do Tabernáculo

31 E farás também um véu de azul, e púrpura, e carmesim, e de linho torcido: será feito de primoroso trabalho, com querubins:
32 E hás de pô-lo sobre quatro colunas de madeira de acácia cobertas de ouro; seus capitéis de ouro, sobre bases de prata.
33 E porás o véu debaixo dos colchetes, e meterás ali, do véu dentro, a arca do testemunho; e aquele véu vos fará separação entre o lugar santo e o santíssimo.
34 E porás a coberta sobre a arca do testemunho no lugar santíssimo.
35 E porás a mesa fora do véu, e o candelabro em frente da mesa ao lado do tabernáculo ao sul; e porás a mesa ao lado do norte.
36 E farás à porta do tabernáculo uma cortina de azul, e púrpura, e carmesim, e linho torcido, obra de bordador.

E farás à porta do tabernáculo – Cortinas de bordados ricos e elaborados, feitas pelas mulheres, estão suspensas sobre as portas ou entradas das tendas ocupadas pelos chefes e príncipes orientais. Em um estilo semelhante de elegância foi o enforcamento terminado que era cobrir a porta deste tabernáculo – a habitação escolhida do Deus e Rei de Israel. Parece que de Êx 26:12,22-23, que a arca e o propiciatório foram colocados no lado oeste do tabernáculo, e consequentemente a porta ou entrada dava para o oriente, de modo que os israelitas em adoração Jeová virou os rostos para o oeste; para que assim pudessem ser figurativamente ensinados a abandonar o culto daquele luminar que era o grande ídolo das nações e a adorar o Deus que o fez e a eles [Hewlett].

37 E farás para a cortina cinco colunas de madeira de acácia, as quais cobrirás de ouro, com seus capitéis de ouro: e as farás de fundição cinco bases de bronze.
<Êxodo 25 Êxodo 27>

Leia também uma introdução ao livro do Êxodo.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.