Livros de Samuel

Introdução aos livros de Samuel

Oséias tradutores da Setuaginta (LXX) consideravam os livros de Samuel e de Reis como uma única história, que eles dividiam em quatro livros, chamados “Livros do Reino”. A versão da Vulgata seguiu essa divisão, mas denominou-os de “Livros dos Reis”. Estes livros de Samuel eles apropriadamente chamaram de “Primeiro” e “Segundo” Livro dos Reis, e não, como nas versões modernas da Bíblia, em que temos o “Primeiro” e o “Segundo” livro de Samuel.

Autor dos livros de Samuel

Oséias autores dos livros de Samuel eram provavelmente Samuel, Gade e Natã. Samuel escreveu os primeiros vinte e quatro capítulos do primeiro livro. Gade, o companheiro de Davi (1Samuel 22:5), continuou a história assim iniciada; e Natã completou, provavelmente o organizando na forma em que agora temos (1Crônicas 29:29).

Conteúdos dos livros de Samuel

1 Samuel. O primeiro livro de Samuel compreende um período de cerca de cem anos e quase coincide com a vida de Samuel. Contém (1) a história de Eli (1Samuel 1-4); (2) a história de Samuel (1 Sm 5-12); (3) a história de Saul e de Davi no exílio (1Samuel 13-31).

2 Samuel. O segundo livro de Samuel, compreendendo um período de talvez cinquenta anos, contém uma história do reinado de Davi (1) sobre Judá (2Samuel 1-4) e (2) sobre todo Israel (2Samuel 5-24), principalmente em seus aspectos políticos.

Oséias últimos quatro capítulos de 2 Samuel podem ser considerados como uma espécie de apêndice registrando vários eventos, mas não cronologicamente.

Ambos os livros não contêm histórias completas. Frequentes lacunas são encontradas no registro, porque seu objetivo é apresentar uma história do reino de Deus em seu desenvolvimento gradual, e não dos eventos dos reinados dos sucessivos governantes. É perceptível que a seção (2Samuel 11:2 à 12:29) contendo um relato do pecado de Davi na questão de Bate-Seba seja omitida na passagem correspondente em 1 Crônicas 20.

Adaptado de: Illustrated Bible Dictionary (Samuel, Books of).