Salmo 24:1

Ao SENHOR pertence a terra, e sua plenitude; o mundo, e os que nele habitam.

Comentário de E. W. Hengstenberg

O Deus que é, num sentido peculiar, o Deus de Israel, é ao mesmo tempo o Senhor de toda a terra, e o dono soberano de todas as coisas. Com que santa reverência devem ser preenchidos os súditos de tal Rei! Que altas exigências devem ser feitas a eles! Com outros deuses é possível que haja um afeto carnal e um favoritismo para seus próprios adoradores, sem levar em conta seus corações e vidas; mas o Deus de Israel,-que é Deus no verdadeiro sentido da palavra,- não pode, sem absurdo, ser falado como tendo conexão com qualquer outro, exceto com aqueles que são de coração puro. A exortação em Deuteronômio 10:14, de circuncidar o coração, é, como a anterior, imposta pela consideração, que Jeová é o Senhor do céu e da terra, e que Ele não considera as pessoas, nem recebe recompensas. ארץ denota a terra em geral; תבל, propriamente, a produção,- o terceiro Fut. de יבל, produz,- a parte frutífera da terra, o οἰκουμένη. Portanto, a plenitude é devidamente aplicada à terra, e os habitantes especialmente a תבל. [Hengstenberg]

< Salmo 23:6 Salmo 24:2 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.