João 7:24

Não julgueis segundo a aparência, mas julgai juízo justo.

Não julgueis segundo a aparência, mas julgai juízo justo – isto é, vocês devem ir além da letra para espírito da lei. [Brown, 1873]

Comentário de J. H. Bernard

Não julgueis segundo a aparência [μὴ κρίνετε κατʼ ὄψιν] – ou seja, superficialmente, a fraqueza muito frequente dos fariseus, que é repreendida novamente ὑμεῖς κατὰ τὴν σάρκα κρίνετα (João 8:15). Compare com Isaías 11:3 οὐ κατὰ τὴν δόξαν κρινεῖ e 2Coríntios 10:7. ὄψις ocorre novamente no Novo Testamento apenas em João 11:44 e Apocalipse 1:16, e depois no sentido de “rosto”.

mas julgai juízo justo [ἀλλὰ τὴν δικαίαν κρίσιν κρίνατε] – ou seja, seja justo. A expressão é usada para os julgamentos de Deus, Tobias 3:2. Compare com também Zacarias 7:9 κρίμα δίκαιον κρίνατε. A construção κρίσιν κρινειν é comum (Isaías 11:4) e também é clássica (Platão, Rep. 360 E). [Bernard, 1928]

Comentário de H. W. Watkins

Não julgueis segundo a aparência – a aspecto superficial das coisas, o lado meramente formal, a letra não explicada da Lei. Οψις id quod sub visum cadit res in conspicuo posita. De acordo com isso, a cura e o ato de carregar a cama consequente seriam uma infração positiva de um certo regulamento.

mas julgai juízo justo. Considere o caso e veja que eu fiz, nesse ato de cura, menos do que vocês estão fazendo, apesar de todo o seu punctilio [formalismo], e com uma razão mais elevada. O aoristo κρίνατε envolve provavelmente “a única decisão verdadeira e completa que o caso admite” (Westcott). [Watkins]

< João 7:23 João 7:25 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.