Bíblia, Revisar

Jeremias 43

Os judeus levam Jeremias e Baruque ao Egito. Jeremias anuncia por um tipo a conquista do Egito por Nabucodonosor e o destino dos fugitivos.

1 E sucedeu que, quando Jeremias acabou de falar a todo o povo todas as palavras do SENHOR Deus deles, pelas quais o SENHOR Deus deles tinha o enviado a eles,
2 Então Azarias filho de Hosaías, e Joanã filho de Careá, e todos os homens arrogantes disseram a Jeremias: Tu falas mentira! O SENHOR nosso Deus não te enviou para dizer: Não entreis em Egito para ali peregrinar.

Azarias – o autor do projeto de entrar no Egito; um homem muito diferente do Azarias na Babilônia (Dn 1:7; 3:12-18).

orgulho – O orgulho é o pai da desobediência e do desprezo de Deus.

3 Mas é Baruque filho de Nerias que te incita contra nós, para nos entregar nas mãos dos caldeus, para nos matar ou nos fazer transportar cativos à Babilônia.

Baruque – Ele sendo o mais jovem falou as revelações que ele recebeu de Jeremias com mais veemência. Desta causa, e de saber que ele era a favor dos caldeus, levantou a suspeita dele. Sua inconstância perversa era espantosa. No quadragésimo segundo capítulo, eles reconheceram a confiabilidade de Jeremias, da qual eles tiveram, por tanto tempo, tantas provas; mas aqui eles o acusam de mentir. A mente do homem não regenerado é cheia de enganos.

4 Assim Joanã filho de Careá, e todos os comandantes dos exércitos, e todo o povo, não obedeceram à voz do SENHOR para ficarem na terra de Judá;
5 Em vez disse, Joanã filho de Careá, e todos os comandantes dos exércitos, tomaram a todo o restante de Judá, que tinham voltado de todas as nações para onde haviam sido lançados, para morarem na terra de Judá:

retornou de todas as nações – (Jr 40:11-12).

6 Homens, mulheres, crianças, as filhas do rei, e a toda alma que Nabuzaradã capitão da guarda tinha deixado com Gedalias filho de Aicã filho de Safã, e também ao profeta Jeremias, e a Baruque filho de Nerias;

as filhas do rei – de Zedequias (Jr 41:10).

7 E vieram à terra do Egito, porque não obedeceram à voz do SENHOR; e chegaram até Tafnes.

Tafnes – (Veja Jr 2:16); Daphne no ramo Tanítico do Nilo, perto de Pelusium. Eles naturalmente chegaram primeiro, estando na fronteira do Egito, em direção à Palestina.

8 Então veio a palavra do SENHOR a Jeremias em Tafnes, dizendo:
9 Toma em tua mão pedras grandes, e as esconde entre o barro no forno que está à porta da casa de Faraó em Tafnes, diante dos olhos de homens judeus,

pedras – para serem colocadas como a fundação abaixo do trono de Nabucodonosor (Jr 43:10).

argila – argamassa.

barro no forno – Os tijolos nesse país quente geralmente são secos ao sol, não queimados. O palácio do Faraó estava sendo construído ou reparado nessa época; daí surgiu a argamassa e o forno de tijolos na entrada. Dos mesmos materiais como aquele de que a casa do Faraó foi construída, a subestrutura do trono de Nabucodonosor deveria ser construída. Por um símbolo visível, implicando que o trono deste último será levantado sobre a queda do primeiro. O Egito na época contava com Babilônia pelo império do Oriente.

10 E dize-lhes: Assim diz o SENHOR dos exércitos, Deus de Israel: Eis que eu enviarei, e tomarei a Nabucodonosor rei da Babilônia, meu servo, e porei seu trono sobre estas pedras que escondi; e ele estenderá sua tenda real sobre elas.

meu servo – Deus muitas vezes faz um homem ímpio ou nação um flagelo para outro (Ez 29:18-20).

pavilhão real – a tapeçaria rica (literalmente, “ornamento”) que pendurou em volta do trono de cima.

11 E ele virá, e ferirá a terra do Egito: os que estão condenados para a morte, à morte; os que para o cativeiro, ao cativeiro, e os que para a espada, à espada.

que estão condenados para a morte, à morte – isto é, a peste mortal. Alguns ele causará a morte pela peste proveniente da comida insuficiente ou má; outros, pela espada; outros ele levará cativo, de acordo com a ordem de Deus (ver em Jr 15:2).

12 E acenderei fogo às casas dos deuses do Egito; e ele as queimará, e os levará cativos; e ele se vestirá da terra do Egito, tal como o pastor se veste de sua capa; e ele sairá de lá em paz.

deuses – Ele não poupará nem mesmo o templo, tal será Sua fúria. Uma reprovação aos judeus de que eles se apresentaram ao Egito, uma terra cuja própria segurança dependia de ídolos indefesos.

queimarálevará cativos – queimar os ídolos egípcios de madeira, transportar para a Babilônia aqueles de ouro e outros metais.

arraigar-se com a terra, etc. – Is 49:18 tem a mesma metáfora.

como o pastor – Ele se tornará senhor do Egito tão rápido e facilmente como um pastor, prestes a passar seu rebanho para outro lugar, vestir sua roupa.

13 E quebrará as estátuas de Bete-Semes, que fica na terra do Egito, e queimará a fogo as casas dos deuses do Egito.

imagens – estátuas ou obeliscos.

Bete-Semes – isto é, “a casa do sol”, em hebraico; chamado pelos gregos de “Heliópolis”; pelos egípcios, “On” (Gn 41:45); a leste do Nilo e a poucos quilômetros ao norte de Memphis. Ephraim Syrus diz, a estátua subiu para a altura de sessenta côvados; a base era de dez côvados. Acima havia uma mitra de mil libras de peso. Os hieróglifos são traçados em torno do único obelisco remanescente nos dias atuais, com sessenta ou setenta pés de altura. No quinto ano após o derrube de Jerusalém, Nabucodonosor, deixando o cerco de Tiro, empreendeu sua expedição ao Egito [Josefo, Antiguidades, 10: 9,7]. Os egípcios, segundo os árabes, têm a tradição de que suas terras foram devastadas por Nabucodonosor em consequência de seu rei ter recebido os judeus sob sua proteção, e que ficou desolado por quarenta anos. Mas veja em Ez 29:2,13.

ele deve queimar – Aqui o ato é atribuído a Nabucodonosor, o instrumento, que em Jr 43:12 é atribuído a Deus. Se até os templos não forem poupados, muito menos casas particulares.

<Jeremias 42 Jeremias 44>

Leia também uma introdução ao Livro de Jeremias.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.