Biografia

Jesus Cristo

Aviso Quer estudar a Bíblia e não sabe por onde começar? Conheça o nosso curso: Como Estudar a Bíblia? Ele é gratuito, online e pode ser iniciado agora mesmo! Clique aqui e saiba mais.


Jesus, o próprio, como Cristo é o oficial, nome de nosso Senhor. Para distingui-lo dos outros assim chamados na Bíblia, ele é chamado de “Jesus de Nazaré” (Jo 18:7) e “Jesus o filho de José” (Jo 6:42).

A vida de Jesus na terra pode ser dividida em dois grandes períodos: (1) o da sua vida privada, até os trinta anos de idade; e (2) a de sua vida pública, que durou cerca de três anos.

Na “plenitude dos tempos”, ele nasceu em Belém, no reinado do imperador Augusto, de Maria, que estava prometida em casamento a José, carpinteiro (Mt 1:1; Lc 3:23; comp. Jo 7:42). Seu nascimento foi anunciado aos pastores (Lc 2:8-20). Sábios do oriente vieram a Belém para ver aquele que nasceu “Rei dos Judeus”, trazendo presentes com eles (Mt 2:1-12). O ciúme cruel de Herodes levou à fuga de José para o Egito com Maria e o menino Jesus, onde ficaram até a morte deste rei (Mt 2:13-23), quando voltaram e se estabeleceram em Nazaré, na Baixa Galileia (Mt 2:23. comp. Lc 4:16; Jo 1:46, etc.). Na idade de doze anos ele foi a Jerusalém para a Páscoa com seus pais. Ali, no templo, “no meio dos doutores”, todos os que o ouviam “maravilharam-se com o entendimento e as respostas” (Lc 2:41, etc.).

A adoração dos pastores por Gerard van Honthorst (1622)

Dezoito anos se passaram, dos quais não temos registro além disso, que ele retornou a Nazaré e “crescia em sabedoria, em estatura, e em graça para com Deus e as pessoas” (Lc 2:52).

Ele entrou em seu ministério público quando tinha cerca de trinta anos de idade. É geralmente considerado que se estendeu por cerca de três anos. “Cada um desses anos tinha características peculiares próprias. (1) O primeiro ano pode ser chamado de ano da obscuridade, tanto porque os registros dele que possuímos são muito escassos, e porque ele parece estar apenas lentamente emergindo no conhecimento público. Ele foi gasto, em sua maior parte, na Judeia. (2.) O segundo ano foi o ano do favor público, durante o qual o país se tinha tornado completamente consciente dele e a sua atividade era incessante. Passou este ano quase totalmente na Galileia. (3.) O terceiro foi o ano da oposição, quando o favor público diminuiu. Os seus inimigos multiplicaram-se e atacaram-no com cada vez mais pertinência, e finalmente ele caiu vítima do ódio deles. Os primeiros seis meses deste último ano foram passados na Galileia, e os últimos seis em outras partes da terra”, Stalker’s Life of Jesus Christ, p. 45.

As únicas fontes confiáveis ​​de informação a respeito da vida de Cristo na terra são os Evangelhos, que apresentam em detalhes históricos as palavras e a obra de Cristo em tantos aspectos diferentes.

Adaptado de: Illustrated Bible Dictionary (Jesus).