Bíblia, Revisar

Salmo 123

1 (Cântico dos degraus:) Levanto meus olhos a ti, que moras nos céus.

(Compare com o Salmo 121: 1).

que moras – literalmente, “sentado como entronizado” (compare Sl 2: 4; Salmo 113: 4, Salmo 113: 5).

2 Eis que, assim como os olhos dos servos olham para a mão de seus senhores, e os olhos da serva para a mão de sua senhora, assim também nossos olhos olharão para o SENHOR nosso Deus, até que ele tenha piedade de nós.

Deferência, submissão e confiança são todas expressas pela figura. No Oriente, os servos que assistem em seus mestres são quase totalmente dirigidos por sinais, que exigem a mais íntima observância das mãos dos últimos. Os servos de Deus devem olhar (1) para a mão que dirige, para indicar-lhes o seu trabalho; (2) a sua mão suprindo (Salmo 104: 28), para dar-lhes a sua porção no devido tempo; (3) a sua mão protetora, para corrigi-los quando injustiçados; (4) a sua mão corretora (Is 9:13; 1Pe 5: 6; compare com Gn 16: 6); (5) para a sua mão recompensadora.

3 Tem piedade de nós, SENHOR! Tem piedade de nós; pois temos sido humilhados em excesso.

humilhados – era o dos pagãos e, talvez, os samaritanos (Ne 1: 3; Ne 2:19).

4 Nossa alma está cheia da zombaria dos insolentes, e da humilhação dos arrogantes.
daqueles que estão à vontade – auto-complacentes, desconsiderando a lei de Deus e desprezando o Seu povo.

<Salmo 122 Salmo 124>

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.