Salmo 24:4

Aquele que é limpo de mãos, e puro de coração, que não entrega sua alma para as coisas vãs, nem jura enganosamente.

Comentário Whedon

limpo de mãos. Um emblema de inocência do pecado manifesto, como um coração puro, na frase seguinte, é de pureza de pensamento, de propósito e de intenção. Veja Jó 17:9; Mateus 27:24; 1Ti 2:8.

que não entrega sua alma para as coisas vãs. Oração e sacrifício oferecidos aos ídolos.

nem jura enganosamente. Como em Salmo 15:4, onde ver nota. Mas o texto tem um sentido mais amplo aqui. Os hebreus foram ordenados a jurar somente pelo “Deus da verdade” (Isaías 65:16; Deuteronômio 6:13;) o que implicava que eles o serviam, e que sua esperança final estava nele. Portanto, jurar pelo verdadeiro Deus enquanto serviam aos ídolos, ou viviam em violação às leis de Jeová, era a essência do juramento falso. Jeremias 5:1-2; Jeremias 7:9; Jeremias 12:16. [Whedon]

< Salmo 24:3 Salmo 24:5 >

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.