Bíblia, Revisar

Números 34

As fronteiras da terra de Canaã

1 E o SENHOR falou a Moisés, dizendo:
2 Manda aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando houverdes entrado na terra de Canaã, a saber, a terra que vos há de cair em herança, a terra de Canaã segundo seus termos;

a terra de Canaã – Os detalhes dados neste capítulo marcam o limite geral da herança de Israel a oeste do Jordão. Os israelitas nunca realmente possuíram todo o território compreendido dentro dessas fronteiras, mesmo quando foi mais estendido pelas conquistas de Davi e Salomão.

3 Tereis o lado do sul desde o deserto de Zim até os termos de Edom; e vos será o termo do sul ao extremo do mar salgado até o oriente:

o lado do sul – A linha que o limitava ao sul é a mais difícil de rastrear. De acordo com os melhores geógrafos bíblicos, os pontos principais aqui definidos são os seguintes: O ângulo sudoeste do limite sul deve ser onde o deserto de Zin toca a fronteira de Edom, de modo que o limite sul se estenda para leste a partir da extremidade dos Mortos. Mar, vento ao redor do precipício de Akrabbim (“escorpiões”), pensado para ser a passagem alta e difícil de Safeh, que atravessa a corrente que flui do sul para o Jordão – isto é, o grande vale da Arabá, atingindo dos mortos para o mar vermelho.

4 E este termo vos irá rodeando desde o sul até a subida de Acrabim, e passará até Zim; e suas saídas serão do sul a Cades-Barneia; e sairá a Hazar-Adar, e passará até Azmom;
5 E rodeará este termo, desde Azmom até o ribeiro do Egito, e seus limites serão ao ocidente.

ribeiro do Egito – o antigo riacho Sihor, o Rhinocolura dos gregos, um pouco ao sul de El-Arish, onde esta wady desce suavemente em direção ao Mediterrâneo (Js 13:3).

6 E o termo ocidental vos será o grande mar: este termo vos será o termo ocidental.

o termo ocidental – Não há incerteza sobre esse limite, pois é universalmente permitido ser o Mediterrâneo, que é chamado de “o grande mar” em comparação com os pequenos mares interiores ou lagos conhecidos pelos hebreus.

7 E o termo do norte será este: desde o grande mar vos assinalareis o monte de Hor;

o termo do norte – A principal dificuldade em entender a descrição aqui surge do que nossos tradutores chamaram de monte Hor. As palavras hebraicas, no entanto, “Hor-ha-Hor}, significam corretamente “a montanha da montanha” ou “a alta montanha”), que, da situação, não pode significar nada além da montanha Amana ( Cantares de Salomão 4: 8), um membro da grande faixa do Líbano (Js 13:5).

8 Do monte de Hor assinalareis à entrada de Hamate, e serão as saídas daquele termo a Zedade;

entrada de Hamate – A planície do norte entre as cadeias de montanhas, agora o vale de Balbeck (ver em Nm 13:21).

Zedade – identificado como o presente Sudud (Ez 47:15).

9 E sairá este termo a Zifrom, e serão seus limites em Hazar-Enã: este vos será o termo do norte.

Zifrom – (“odor doce”).

Hazar-Enã – (“aldeia das fontes”); mas os lugares são desconhecidos. “Uma linha imaginária do monte Cassius, na costa ao longo da base norte do Líbano até a entrada no Bekaa (Vale do Líbano) no Kamosa Hermel,” deve ser considerada como a fronteira que se entende [Van De Velde].

10 E por termo ao oriente vos assinalareis desde Hazar-Enã até Sefã;

termo ao oriente – Isso é definido com muita clareza. Shepham e Riblah, que estavam no vale do Líbano, são mencionados como a linha de fronteira, que começou um pouco mais alto do que as fontes do Jordão. Ain é suposto ser a fonte desse rio; e daí a fronteira oriental estendia-se ao longo do Jordão, o mar de Chinnereth (o lago de Tiberíades), o Jordão; e novamente terminou no Mar Morto. A linha traçada a leste do rio e dos mares incluía aquelas águas dentro do território das tribos ocidentais.

11 E baixará este termo desde Sefã a Ribla, ao oriente de Aim: e descerá o termo, e chegará à costa do mar de Quinerete ao oriente;
12 Depois descerá este termo ao Jordão, e serão suas saídas ao mar Salgado: esta será vossa terra: por seus termos ao redor.
13 E mandou Moisés aos filhos de Israel, dizendo: Esta é a terra que herdareis por sorte, a qual mandou o SENHOR que desse às nove tribos, e à meia tribo:
14 Porque a tribo dos filhos de Rúben segundo as casas de seus pais, e a tribo dos filhos de Gade segundo as casas de seus pais, e a meia tribo de Manassés, tomaram sua herança:
15 Duas tribos e meia tomaram sua herança desta parte do Jordão de Jericó ao oriente, ao oriente.

Os territórios conquistados de Siom e Ogue, situados entre o Arnon e o monte Hermon, foram atribuídos a eles – o de Rúben na parte mais ao sul, Gad ao norte de e a metade de Manassés na porção mais ao norte.

16 E falou o SENHOR a Moisés, dizendo:
17 Estes são os nomes dos homens que vos possuirão a terra: Eleazar o sacerdote, e Josué filho de Num.

Estes são os nomes dos homens que vos possuirão a terra – Esta designação do Senhor perante o Jordão tendia não só a animar a fé dos israelitas na certeza da conquista, mas a evitar toda disputa e descontentamento subsequentes, que poderiam ser perigosos na presença dos nativos. Os nomeados eram dez príncipes das nove tribos e meia, um deles sendo selecionado da parte ocidental de Manassés, e todos subordinados aos grandes chefes militares e eclesiásticos, Josué e Eleazar. Os nomes são mencionados na ordem exata em que as tribos obtiveram a posse da terra e de acordo com a conexão fraternal.

18 Tomareis também de cada tribo um príncipe, para dar a possessão da terra.
19 E estes são os nomes dos homens: Da tribo de Judá, Calebe filho de Jefoné.
20 E da tribo dos filhos de Simeão, Samuel filho de Amiúde.
21 Da tribo de Benjamim; Elidade filho de Quislom.
22 E da tribo dos filhos de Dã, o príncipe Buqui filho de Jogli.
23 Dos filhos de José: da tribo dos filhos de Manassés, o príncipe Haniel filho de Éfode.
24 E da tribo dos filhos de Efraim, o príncipe Quemuel filho de Siftã.
25 E da tribo dos filhos de Zebulom, o príncipe Elizafã filho de Parnaque.
26 E da tribo dos filhos de Issacar, o príncipe Paltiel filho de Azã.
27 E da tribo dos filhos de Aser, o príncipe Aiúde filho de Selomi.
28 E da tribo dos filhos de Naftali, o príncipe Pedael filho de Amiúde.
29 Estes são aos que mandou o SENHOR que fizessem a partição da herança aos filhos de Israel na terra de Canaã.
<Números 33 Números 35>

Leia também uma introdução ao livro dos Números.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.