Números 13

A missão de reconhecimento de Canaã

1 E o SENHOR falou a Moisés, dizendo:
2 “Envia homens que reconheçam a terra de Canaã, a qual eu dou aos filhos de Israel; de cada tribo de seus pais enviareis um homem, cada um líder entre eles.”

Comentário de R. Jamieson

O Senhor falou um Moisés: Compare Dt 1:22,  onde parece que o povo propôs delegar homens confidenciais  para explorar uma terra de Canaã e Deus concedeu seu pedido como um julgamento, e uma punição de sua desconfiança. [JFB, aguardando revisão]

3 E Moisés os enviou desde o deserto de Parã, conforme a palavra do SENHOR; e todos aqueles homens eram líderes dos filhos de Israel.

Os homens foram parados dos Filhos de Israel – Nm 10:14-16,18-20,22-27, mas chefes de homens, liderança, embora não seja .

4 Os nomes dos quais são estes: da tribo de Rúben, Samua, filho de Zacur.
5 Da tribo de Simeão, Safate, filho de Hori.
6 Da tribo de Judá, Calebe, filho de Jefoné.
7 Da tribo de Issacar, Jigeal, filho de José.
8 Da tribo de Efraim, Oseias, filho de Num.
9 Da tribo de Benjamim, Palti, filho de Rafu.
10 Da tribo de Zebulom, Gadiel, filho de Sodi.
11 Da tribo de José: pela tribo de Manassés, Gadi, filho de Susi.
12 Da tribo de Dã, Amiel, filho de Gemali.
13 Da tribo de Aser, Setur, filho de Micael.
14 Da tribo de Naftali, Nabi, filho de Vofsi.
15 Da tribo de Gade, Guel, filho de Maqui.
16 Estes são os nomes dos homens que Moisés enviou para reconhecer a terra; e a Oseias, filho de Num, Moisés lhe pôs o nome de Josué.

Comentário de R. Jamieson

Josué – isto é, “um desejo de salvação”. Jehoshua, prefixando o nome de Deus, significa “divinamente designado”, “cabeça de salvação”, “Salvador”, o mesmo que Jesus [Mt 1:21]. [JFB, aguardando revisão]

17 Então Moisés os enviou para reconhecer a terra de Canaã, dizendo-lhes: “Subi por aqui, pelo sul, e subi ao monte:

Comentário de R. Jamieson

“Subi por aqui, pelo sul, e subi ao monte –  (Dt 1:2), que se faz diretamente do Sinai através do deserto do Paraná, em direção ao nordeste, para as partes do sul da terra prometida. [JFB, aguardando revisão]

18 e observai a terra que tal é; e o povo que a habita, se é forte ou débil, se pouco ou numeroso;
19 qual é a terra habitada, se é boa ou má; e quais são as cidades habitadas, se de tendas ou de fortalezas;
20 e qual é o terreno, se é fértil ou fraco, se nele há ou não árvores; esforçai-vos, e colhei do fruto daquela terra.” E o tempo era o tempo das primeiras uvas.

Comentário de R. Jamieson

E o tempo era o tempo das primeiras uvas – Isso foi em agosto, quando os primeiros aglomerados estão reunidos. Os últimos são reunidos em setembro e o terceiro em outubro. As provas, por um período de um ano, determinam como que as origens de posse de Esclar para o segundo período. [JFB, aguardando revisão]

21 E eles subiram, e reconheceram a terra desde o deserto de Zim até Reobe, entrando em Hamate.
22 E subiram pelo sul, e vieram até Hebrom: e ali estavam Aimã, e Sesai, e Talmai, filhos de Anaque. Hebrom foi edificada sete anos antes de Zoã, a do Egito.
23 E chegaram até o ribeiro de Escol, e dali cortaram um ramo com um cacho de uvas, o qual trouxeram dois em uma vara, e das romãs e dos figos.

Comentário de R. Jamieson

Chegaram até o ribeiro de Escol – isto é, “uma torrente do agrupamento”. Sua localização era um pouco ao sudoeste de Hebrom. O vale e suas colinas inclinadas ainda estão cobertos de vinhedos, com essa característica corresponde à sua antiga fama. [JFB, aguardando revisão]

24 E chamou-se aquele lugar vale de Escol pelo cacho que cortaram dali os filhos de Israel.
25 E voltaram de reconhecer a terra ao fim de quarenta dias.

O relatória da expedição

26 E andaram e vieram a Moisés e a Arão, e a toda a congregação dos filhos de Israel, no deserto de Parã, em Cades, e deram-lhes a resposta, e a toda a congregação, e lhes mostraram o fruto da terra.
27 E lhe contaram, e disseram: Nós chegamos à terra à qual nos enviaste, a que certamente flui leite e mel; e este é o fruto dela.
28 Mas o povo que habita aquela terra é forte, e as cidades muito grandes e fortes; e também vimos ali os filhos de Anaque.
29 Amaleque habita a terra do sul; e os heteus, e os jebuseus, e os amorreus, habitam no monte; e os cananeus habitam junto ao mar, e à beira do Jordão.

Comentário de R. Jamieson

Amaleque habita a terra do sul- Seu território fica entre os mortos e os mares vermelhos, contornando as fronteiras de Canaã.

e os heteus,… habitam no monte – Seus assentamentos estavam na parte meridional e montanhosa da Palestina (Gênesis 23:7).

os cananeus habitam junto ao mar – Os remanescentes dos habitantes originais, que foram despojados pelos filisteus, foram divididos em duas hordas nômades – uma estabelecida para o leste, perto do Jordão; o outro para o oeste, junto ao Mediterrâneo. [JFB, aguardando revisão]

30 Então Calebe fez calar o povo diante de Moisés, e disse: Subamos logo, e passemos a ela; que mais poderemos que ela.
31 Mas os homens que subiram com ele, disseram: Não poderemos subir contra aquele povo; porque é mais forte que nós.
32 E falaram mal entre os filhos de Israel da terra que haviam reconhecido, dizendo: A terra por de onde passamos para reconhecê-la, é terra que consome a seus moradores; e todo o povo que vimos em meio dela, são homens de grande estatura.

Comentário de R. Jamieson

é terra que consome a seus moradores – isto é, um clima e país insalubres. Escritores judeus dizem que no curso de suas viagens eles viram um grande número de funerais, um vasto número de cananeus sendo cortados naquele tempo, na providência de Deus, por uma praga ou vespão (Js 24:12).

homens de grande estatura – Este foi, evidentemente, um relatório falso e exagerado, representando, por timidez ou artifício malicioso, o que era verdade de alguns como descritivo do povo em geral. [JFB, aguardando revisão]

33 Também vimos ali gigantes, filhos de Anaque, raça dos gigantes: e éramos nós, à nossa aparência, como gafanhotos; e assim lhes parecíamos a eles.

Comentário de R. Jamieson

vimos ali gigantes, filhos de Anaque – O nome é derivado do filho de Arba, um grande homem entre os árabes (Js 15:14), que provavelmente obteve sua denominação de usar um colar ou corrente esplêndida em volta do pescoço. O epíteto “gigante” refere-se evidentemente aqui à estatura. (Veja em Gênesis 6:4). E é provável que os anaquins fossem uma família distinta, ou talvez um corpo seleto de guerreiros, escolhidos por seu extraordinário tamanho.

à nossa aparência, como gafanhotos; e assim lhes parecíamos a eles. – um forte orientalismo, pelo qual os espiões traiçoeiros davam um relato exagerado da força física do povo de Canaã. [JFB, aguardando revisão]

<Números 12 Números 14>

Visão geral de Números

Em Números, “Israel viaja no deserto a caminho da terra prometida a Abraão. A sua repetida rebelião é retribuída pela justiça e misericórdia de Deus”. Tenha uma visão geral deste livro através do vídeo a seguir produzido pelo BibleProject. (7 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução ao livro dos Números.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.