Bíblia, Revisar

Gênesis 46

Sacrifício em Berseba

1 E partiu-se Israel com tudo o que tinha, e veio a Berseba, e ofereceu sacrifícios ao Deus de seu pai Isaque.

E partiu-se Israel com tudo o que tinha – isto é, sua casa; por estar de acordo com a recomendação do faraó, ele deixou sua mobília pesada para trás. Ao contemplar um passo tão importante como o de deixar Canaã, que em sua época de vida ele nunca poderia revisitar, um patriarca tão piedoso pediria a orientação e o conselho de Deus. Com toda a sua ansiedade em ver José, ele preferiria ter morrido em Canaã sem a mais alta gratificação terrena do que deixá-lo sem a consciência de levar a bênção divina junto com ele.

e veio a Berseba – Esse lugar, que estava em sua rota direta para o Egito, tinha sido um acampamento favorito de Abraão (Gn 21:33) e Isaac (Gn 26:25), e foi memorável por sua experiência da bondade divina ; e Jacó parece ter adiado suas devoções públicas até alcançar um lugar assim consagrado pela aliança com seu próprio Deus e o Deus de seus pais.

2 E falou Deus a Israel em visões de noite, e disse: Jacó, Jacó. E ele respondeu: Eis-me aqui.

E falou Deus a Israel – Aqui está uma renovação virtual da aliança e uma garantia de suas bênçãos. Além disso, aqui está uma resposta sobre o assunto principal da oração de Jacó e uma remoção de qualquer dúvida quanto ao curso que ele estava meditando. A princípio, a perspectiva de fazer uma visita pessoal a Joseph fora vista com alegria irrefletida. Mas, com uma consideração mais calma, muitas dificuldades pareciam estar no caminho. Ele deve ter se lembrado da profecia a Abraão de que sua posteridade deveria ser afligida no Egito e também que seu pai tinha sido expressamente instruído a não ir [Gn 15:1326:2]; ele pode ter temido a contaminação da idolatria à sua família e seu esquecimento da terra da promessa. Essas dúvidas foram removidas pela resposta do oráculo e uma certeza dada a ele de grande e crescente prosperidade.

3 E disse: Eu sou Deus, o Deus de teu pai; não temas de descer ao Egito, porque eu te farei ali em grande nação.

porque eu te farei ali em grande nação – Como verdadeiramente esta promessa foi cumprida, aparece no fato de que as setenta almas que desceram ao Egito aumentaram [Êx 1:5-7], no espaço de duzentos e quinze anos, para cento e oitenta mil.

4 Eu descerei contigo ao Egito, e eu também te farei voltar; e José porá sua mão sobre teus olhos.

eu também te farei voltar – Como Jacó não poderia esperar para viver até que a promessa anterior fosse realizada, ele deve ter visto que este último seria realizado apenas para sua posteridade. Para si mesmo, foi literalmente verificado na remoção de seus restos para Canaã; mas, no sentido amplo e liberal das palavras, foi feito apenas no estabelecimento de Israel na terra da promessa.

José porá sua mão sobre teus olhos – executará o último ofício de piedade filial; e isso implicava que ele deveria doravante desfrutar, sem interrupção, da sociedade daquele filho favorito.

Jacó emigra para o Egito

5 E levantou-se Jacó de Berseba; e tomaram os filhos de Israel a seu pai Jacó, e a seus filhos, e a suas mulheres, nos carros que Faraó havia enviado para levá-lo.

E levantou-se Jacó de Berseba – para atravessar a fronteira e se estabelecer no Egito. Por mais revigorado e revigorado em espírito pelos serviços religiosos de Beer-Seba, ele foi agora levado pelas enfermidades da idade avançada; e, portanto, seus filhos empreenderam todos os problemas e labutas dos arranjos, enquanto o enfraquecido velho patriarca, com as esposas e filhos, foi conduzido por estágios lentos e vagarosos nos veículos egípcios enviados para sua acomodação.

6 E tomaram seus gados, e sua riqueza que havia adquirido na terra de Canaã, e vieram-se ao Egito, Jacó, e toda sua descendência consigo;

e sua riqueza que havia adquirido na terra – não móveis, mas substância – coisas preciosas.

7 Seus filhos, e os filhos de seus filhos consigo; suas filhas, e as filhas de seus filhos, e a toda sua descendência trouxe consigo ao Egito.

filhas – Como Diná era sua única filha, isso deve significar noras.

toda sua descendência trouxe consigo – Embora fosse incapacitado pela idade da superintendência ativa, ainda assim, como o venerável xeque da tribo, ele era visto como seu chefe comum e consultado em cada passo.

8 E estes são os nomes dos filhos de Israel, que entraram no Egito, Jacó e seus filhos: Rúben, o primogênito de Jacó.
9 E os filhos de Rúben: Enoque, e Palu, e Hezrom, e Carmi.
10 E os filhos de Simeão: Jemuel, e Jamim, e Oade, e Jaquim, e Zoar, e Saul, filho da cananeia.
11 E os filhos de Levi: Gérson, Coate, e Merari.
12 E os filhos de Judá: Er, e Onã, e Selá, e Perez, e Zerá: mas Er e Onã, morreram na terra de Canaã. E os filhos de Perez foram Hezrom e Hamul.
13 E os filhos de Issacar: Tola, e Puva, e Jó, e Sinrom.
14 E os filhos de Zebulom: Serede e Elom, e Jaleel.
15 Estes foram os filhos de Lia, os que deu a Jacó em Padã-Arã, e além de sua filha Diná: trinta e três as almas todas de seus filhos e filhas.
16 E os filhos de Gade: Zifiom, e Hagi, e Suni, e Ezbom, e Eri, e Arodi, e Areli.
17 E os filhos de Aser: Imna, e Isva, e Isvi y Berias, e Sera, irmã deles. Os filhos de Berias: Héber, e Malquiel.
18 Estes foram os filhos de Zilpa, a que Labão deu a sua filha Lia, e deu estes a Jacó; todas dezesseis almas.
19 E os filhos de Raquel, mulher de Jacó: José e Benjamim.
20 E nasceram a José na terra do Egito Manassés e Efraim, os que lhe deu Azenate, filha Potífera, sacerdote de Om.
21 E os filhos de Benjamim foram Belá, e Bequer e Asbel, e Gera, e Naamã, e Eí, e Rôs e Mupim, e Hupim, e Arde.
22 Estes foram os filhos de Raquel, que nasceram a Jacó: ao todo, catorze almas.
23 E os filhos de Dã: Husim.
24 E os filhos de Naftali: Jazeel, e Guni, e Jezer, e Silém.
25 Estes foram os filhos de Bila, a que deu Labão a Raquel sua filha, e ela deu à luz estes a Jacó; todas sete almas.
26 Todas as pessoas que vieram com Jacó ao Egito, procedentes de seus lombos, sem as mulheres dos filhos de Jacó, todas as pessoas foram sessenta e seis.
27 E os filhos de José, que lhe nasceram no Egito, duas pessoas. Todas as almas da casa de Jacó, que entraram no Egito, foram setenta.
28 E enviou a Judá adiante de si a José, para que lhe viesse a ver a Gósen; e chegaram à terra de Gósen.

E enviou a Judá adiante de si a José – Esta medida de precaução era obviamente apropriada para informar o rei da entrada de uma companhia tão grande dentro de seus territórios; além disso, era necessário receber instruções de Joseph quanto ao local de seu futuro assentamento.

29 E José preparou seu carro e veio a receber a Israel seu pai a Gósen; e se manifestou a ele, e lançou-se sobre seu pescoço, e chorou sobre seu pescoço bastante.

José preparou seu carro – A diferença entre a carruagem e a carroça não estava apenas na construção mais leve e elegante da primeira, mas na que estava sendo puxada por cavalos e a outra por bois. Sendo um homem público no Egito, Joseph era obrigado a aparecer em todos os lugares em uma equipagem adequada à sua dignidade; e, portanto, não era devido ao orgulho ou ao desfile ostensivo que ele dirigia sua carruagem, enquanto a família de seu pai era acomodada apenas em vagões rudes e humildes.

se manifestou a ele – em uma atitude de reverência filial (compare Êx 22:17). A entrevista foi a mais afetiva – a felicidade do pai deleitado estava agora no auge; e a vida não possuindo mais encantamentos, ele pôde, no próprio espírito do idoso Simeão, partir em paz [Lc 2:25,29].

30 Então Israel disse a José: Morra eu agora, já que vi teu rosto, pois ainda vives.
31 E José disse a seus irmãos, e à casa de seu pai: Subirei e farei saber a Faraó, e lhe direi: Meus irmãos e a casa de meu pai, que estavam na terra de Canaã, vieram a mim;

Subirei e farei saber a Faraó – Foi um tributo de respeito devido ao rei para informá-lo de sua chegada. E as instruções que ele lhes deu eram dignas de seu caráter tanto quanto um irmão afetuoso e um homem religioso.

32 E os homens são pastores de ovelhas, porque são homens criadores de gado: e trouxeram suas ovelhas e suas vacas, e tudo o que tinham.
33 E quando Faraó vos chamar e disser: qual é vosso ofício?
34 Então direis: Homens de criação de gado foram teus servos desde nossa juventude até agora, nós e nossos pais; a fim que moreis na terra de Gósen, porque os egípcios abominam todo pastor de ovelhas.
<Gênesis 45 Gênesis 47>

Leia também uma introdução ao livro do Gênesis.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.