Bíblia

Cântico dos Cânticos

Cântico dos Cânticos é o vigésimo segundo livro inspirado do Antigo Testamento na Bíblia. Ele possui 8 capítulos e está dentro do grupo dos livros poéticos.

Autor de Cântico dos Cânticos

Houveram algumas dúvidas sobre o autor deste livro. Alguns rabinos supuseram que fosse obra do profeta Isaías, mas esse sentimento nunca ganhou muito crédito. A maioria, sem hesitação, atribui a autoria do livro ao rei Salomão, assim como também o livro do Eclesiastes, pois o estilo de escrita é exatamente o mesmo dentro dos temas tratados.

Título do livro

Em hebraico, o livro é chamado de Shir Hashshirim (שיר השירים), que traduzido significa “o Cântico dos Cânticos”. O título pode ser entendido de duas maneiras: “o cântico escolhido dentre outros” ou “o cântico mais superior do que todos os outros”. Esta é uma expressão comum na língua hebraica, por exemplo: o Deus dos deuses é o Deus supremo, o Senhor dos senhores, o Senhor supremo, o rei dos reis, o rei supremo, o céu dos céus, o céu supremo ou superior. O título pode, portanto, ter sido para expressar “uma canção de extrema perfeição, uma das melhores que existe ou tenha sido escrita”. É possível também que o título tenha o propósito destacar esta composição poética dentre todas as outras do rei Salomão, que foram mais de mil.

Estrutura de Cântico dos Cânticos

O livro Cântico dos Cânticos pode ser dividido em oito partes:

  1. Os amantes são apresentados (Ct 1:1-6)
  2. Primeira cena: Os amantes juntos (Ct 1:7-2:6)
  3. Segunda cena: Esperança, convite e sonho (Ct 2:7—3:5)
  4. A fortuna e a extravagância de Salomão (Ct 3:6-11)
  5. Terceira cena: Admiração e convite (Ct 4:1—5:1)
  6. Quarta cena: Sonho e busca (Ct 5:2—6:3)
  7. Quinta cena: Os deleites do amor (Ct 6:4—8:4)
  8. Conclusão: O amor é forte como a morte (Ct 8:5-14)

Adaptado de: Adam Clarke Commentary e Illustrated Bible Dictionary.