Bíblia, Revisar

Êxodo 39

As vestes dos sacerdotes

1 E do material azul, e púrpura, e carmesim, fizeram as vestimentas do ministério para ministrar no santuário, e também fizeram as vestiduras sagradas para Arão; como o SENHOR o havia mandado a Moisés.

as vestimentas do ministério – vestes oficiais. O éfode do sumo sacerdote, o manto do éfode, o cinto de bordado e o casaco bordado eram todos de linho fino; pois em nenhum material menos delicado poderiam tais figuras simbólicas elaboradas terem sido retratadas em bordados, e todas embelezadas com as mesmas cores brilhantes. (Veja em Êx 28:1-43).

O colete sacerdotal

2 Fez também o éfode de ouro, de azul e púrpura e carmesim, e linho torcido.
3 E estenderam as placas de ouro, e cortaram cachos para tecê-los entre o azul, e entre a púrpura, e entre o carmesim, e entre o linho, com delicada obra.

corte o ouro em fios para trabalhá-lo – isto é, o metal foi batido com um martelo em placas finas, cortado com uma tesoura ou outro instrumento em longos pedaços, depois arredondados em filamentos ou fios. “Pano de tecido dourado não é incomum nos monumentos, e espécimes dele foram encontrados enrolados em múmias; mas não é fácil determinar se o fio de ouro foi originalmente entrelaçado ou subsequentemente inserido pela bordadeira ”[Taylor].

4 Fizeram-lhe as ombreiras que se juntassem; e uniam-se em seus dois lados.
5 E o cinto do éfode que estava sobre ele, era do mesmo, conforme sua obra; de ouro, material azul, e púrpura, e carmesim, e linho torcido; como o SENHOR o havia mandado a Moisés.
6 E lavraram as pedras de ônix cercadas de engastes de ouro, gravada de gravura de selo com os nomes dos filhos de Israel:
7 E as pôs sobre as ombreiras do éfode, por pedras de memória aos filhos de Israel; como o SENHOR o havia a Moisés mandado.

O peitoral

8 Fez também o peitoral de primorosa obra, como a obra do éfode, de ouro, azul, e púrpura, e carmesim, e linho torcido.
9 Era quadrado; dobrado fizeram o peitoral: sua comprimento era de um palmo, e de um palmo sua largura, dobrado.
10 E engastaram nele quatro ordens de pedras. A primeira ordem era um sárdio, um topázio, e um carbúnculo: este a primeira ordem.
11 A segunda ordem, uma esmeralda, uma safira, e um diamante.
12 A terceira ordem, um jacinto, uma ágata, e uma ametista.
13 E a quarta ordem, um berilo, um ônix, e um jaspe: cercadas e encaixadas em seus engastes de ouro.
14 As quais pedras eram conforme os nomes dos filhos de Israel, doze segundo os nomes deles; como gravuras de selo, cada uma com seu nome segundo as doze tribos.
15 Fizeram também sobre o peitoral as correntes pequenas de feitura de trança, de ouro puro.
16 Fizeram também os dois engastes e os dois anéis, de ouro; os quais dois anéis de ouro puseram nas duas extremidades do peitoral.
17 E puseram as duas tranças de ouro naqueles dois anéis aos extremos do peitoral.
18 E fixaram as duas extremidades das duas tranças nos dois engastes, que puseram sobre as ombreiras do éfode, na parte dianteira dele.
19 E fizeram dois anéis de ouro, que puseram nas duas extremidades do peitoral, em sua orla, à parte baixa do éfode.
20 Fizeram também dois anéis de ouro, os quais puseram nas duas ombreiras do éfode, abaixo na parte dianteira, diante de sua juntura, sobre o cinto do éfode.
21 E ataram o peitoral de seus anéis aos anéis do éfode com um cordão de material azul, para que estivesse sobre o cinto do mesmo éfode, e não se separasse o peitoral do éfode; como o SENHOR o havia mandado a Moisés.

Outra vestes sacerdotais

22 Fez também o manto do éfode de obra de tecelão, todo de azul.
23 Com sua abertura em meio dele, como a abertura de um colarinho, com uma borda em derredor da abertura, para que não se rompesse.
24 E fizeram nas orlas do manto as romãs de azul, e púrpura, e carmesim, e linho torcido.
25 Fizeram também os sinos de ouro puro, os quais sinos puseram entre as romãs pelas orlas do manto ao redor entre as romãs:
26 Um sino e uma romã, um sino e uma romã ao redor, nas orlas do manto, para ministrar; como o SENHOR o mandou a Moisés.
27 Igualmente fizeram as túnicas de linho fino de obra de tecelão, para Arão e para seus filhos;
28 Também a mitra de linho fino, e os adornos das tiaras de linho fino, e os calções de linho, de linho torcido;
29 Também o cinto de linho torcido, e de material azul, e púrpura, e carmesim, de obra de bordador; como o SENHOR o mandou a Moisés.
30 Fizeram também a prancha da coroa santa de ouro puro, e escreveram nela de gravura de selo, o rótulo, SANTIDADE AO SENHOR.

e escreveram nela de gravura de selo – O anel de selo usado tanto por antigos e modernos egípcios no dedo mínimo da mão direita, contido, inscrito em uma cornalina ou outra pedra preciosa, juntamente com o nome do proprietário, um sentimento religioso ou símbolo sagrado, insinuando que ele era o servo de Deus, ou expressivo de confiança Nele. E foi a essa prática que a inscrição no sumo sacerdote alude (compare com Jo 3:33).

31 E puseram nela um cordão de azul, para colocá-la em alto sobre a mitra; como o SENHOR o havia mandado a Moisés.

A condução do trabalho

32 E foi acabada toda a obra do tabernáculo, do tabernáculo do testemunho: e fizeram os filhos de Israel como o SENHOR o havia mandado a Moisés: assim o fizeram.
33 E trouxeram o tabernáculo a Moisés, o tabernáculo e todos os seus utensílios; seus colchetes, suas tábuas, suas barras, e suas colunas, e suas bases;
34 E a coberta de peles vermelhas de carneiros, e a coberta de peles finas, e o véu da cortina;

a coberta de peles vermelhas de carneiros – (Êx 25:5). Era provavelmente couro de Marrocos vermelho e “peles de texugo”, em vez “as peles do {tahash}, supostamente o dugongo, ou golfinho do Mar Vermelho, cuja pele ainda é usada pelos árabes sob a mesma denominação. [Goss]

35 A arca do testemunho, e suas varas, e o propiciatório;
36 A mesa, todos os seus utensílios, e o pão da proposição;
37 O candelabro limpo, suas lâmpadas, as lâmpadas que deviam manter-se em ordem, e todos os seus utensílios, e o azeite para a luminária;
38 E o altar de ouro, e o azeite da unção, e o incenso aromático, e a cortina para a porta do tabernáculo;
39 O altar de bronze, com sua grelha de bronze, suas varas, e todos os seus utensílios; e a pia, e sua base;
40 As cortinas do átrio, e suas colunas, e suas bases, e a cortina para a porta do átrio, e suas cordas, e suas estacas, e todos os vasos do serviço do tabernáculo, do tabernáculo do testemunho;
41 As vestimentas do serviço para ministrar no santuário, as sagradas vestiduras para Arão o sacerdote, e as vestiduras de seus filhos, para ministrar no sacerdócio.
42 Em conformidade a todas as coisas que o SENHOR havia mandado a Moisés, assim fizeram os filhos de Israel toda a obra.
43 E viu Moisés toda a obra, e eis que a fizeram como o SENHOR havia mandado; e abençoou-os.

Uma inspeção formal foi feita na conclusão do tabernáculo, não apenas com a intenção de ter a obra transferida da carga dos operários. , mas para averiguar se correspondia com “o padrão”. O resultado de uma minuciosa e minuciosa pesquisa mostrou que cada tábua, cortina, altar e vaso tinham sido feitos de forma mais precisa da forma, e no lugar projetado pelo Arquiteto Divino. – e Moisés, ao aceitá-lo de suas mãos, agradeceu a Deus por eles e implorou a Ele para abençoá-los.

<Êxodo 38 Êxodo 40>

Leia também uma introdução ao livro do Êxodo.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.