Bíblia

Gênesis 19

Ló recebe os dois anjos em sua casa

1 Chegaram, pois, os dois anjos a Sodoma ao cair da tarde; e Ló estava sentado à porta de Sodoma. E vendo-os Ló, levantou-se a recebê-los, e inclinou-se até o chão;

Chegaram, pois, os dois anjos. Provavelmente dois dos que estiveram com Abraão, encarregados de executar o julgamento divino contra Sodoma.

Ló estava sentado à porta de Sodoma. Nas cidades orientais esse lugar é o mercado, e muitas vezes é também usado para outras atividades comerciais (Rt 4), para a prática da justiça e para o lazer, especialmente a noite. [JFU]

2 E disse: Agora, pois, meus senhores, vos rogo que venhais à casa de vosso servo e vos hospedeis, e lavareis vossos pés: e pela manhã vos levantareis, e seguireis vosso caminho. E eles responderam: Não, que na praça nos ficaremos esta noite.

meus senhores, vos rogo que venhais à casa de vosso servo e vos hospedeis. Ló mostra uma hospitalidade como a de Abraão, e como ele acolhe anjos sem saber.

lavareis vossos pés (compare com Gn 18:4). [Whedon]

3 Mas ele insistiu com eles muito, e se vieram com ele, e entraram em sua casa; e fez-lhes banquete, e cozeu pães sem levedura e comeram.

Mas ele insistiu com eles muito. A gentil coerção da cortesia oriental. Deixar um estranho dormir fora à noite seria contrário a todos os cânones da civilidade, compare com Jz 19:16-22.

fez-lhes banquete. Talvez possamos supor que os Anjos apareceram como homens pobres precisando de alimento e abrigo. A negligência dos pobres e necessitados faz parte da reprovação do profeta contra Sodoma em Ezequiel 16:49.

pães sem levedura. Pães preparados apressadamente sem fermento. [Cambridge]

4 E antes que se deitassem, cercaram a casa os homens da cidade, os homens de Sodoma, todo o povo junto, desde o mais jovem até o mais velho;

os homens da cidade. O incidente repulsivo registado nessa passagem (Gn 19:4-11) contrasta a conduta hospitaleira de Ló com o comportamento grosseiro do povo de Sodoma para com os estranhos, e associou para sempre o nome da cidade com o vício descarado (compare Is 3:9).

todo o povo junto, desde o mais jovem até o mais velho. O escritor insiste no fato de que “todos” de todas as idades e classes estavam envolvidos na mesma culpa. Compare com a situação de Jz 19:23. [Cambridge]

5 E chamaram a Ló, e lhe disseram: Onde estão os homens que vieram a ti esta noite? Tira-os a nós, para que os conheçamos.

Tira-os a nós, para que os conheçamos. Um eufemismo que indica a pederastia (prática sexual entre um homem e um rapaz mais jovem), uma abominação na qual as nações cananeias estavam afundadas e pelas quais foram eliminadas.

Lv 18:22-25; complemento Jz 19:22-25; Rm 1:27. Deste incidente, esta prática anti natural recebeu o nome de Sodomia. Comp. Is 3:9. [Whedon]

6 Então Ló saiu a eles à porta, e fechou as portas atrás de si,

e fechou as portas atrás de si. Esta precaução de fechá-la foi tomada para impedir os homens de Sodoma de entrarem apressadamente, e tirarem os homens pela força; e também para que Ló tivesse alguma oportunidade de tentar convence-los de desistirem do que queriam fazer. [Gill]

7 E disse: Eu vos rogo, meus irmãos, que não façais tal maldade.

meus irmãos. Não por parentesco ou nacionalidade, pois os sodomitas eram da raça de Cam, na linhagem de Canaã, e Ló era descendente de Sem, na linhagem de Arfaxade; nem por religião, pois um era idólatra, e o outro adorador do Deus verdadeiro, mas por compartilharem a mesma natureza; e ele os chamou assim principalmente por terem sido vizinhos por tempo considerável, e por causa da amizade (compare 1Rs 9:13); e com esta linguagem branda e afetuosa Ló esperava convencer os seus vizinhos, e persuadi-los a não seguirem com seu propósito perverso.

não façais tal maldade. Como tratar mal os convidados de um homem, abusar de estranhos, violar as regras da hospitalidade e, especialmente, cometer aquele pecado tão antinatural ao qual pretendiam. [Gill]

8 Eis aqui agora eu tenho duas filhas que não conheceram homem; eu as tirarei fora para vós, e fazei delas como bem vos parecer: somente a estes homens não façais nada, pois que vieram à sombra de meu telhado.

A hospitalidade era considerada um dever sagrado, e impunha a um anfitrião a obrigação de proteger as vidas de seus hóspedes em todos os perigos. Mas a oferta feita por Ló foi tão extrema que mostra claramente que ele estava os sentimentos muito perturbados, entre o medo da violência popular e a preocupação com a segurança dos estranhos que estavam sob o seu teto. [JFU]

9 E eles responderam: Sai daí: e acrescentaram: Veio este aqui para habitar como um estrangeiro, e haverá de levantar-se como juiz? Agora te faremos mais mal que a eles. E faziam grande violência ao homem, a Ló, e se aproximaram para romper as portas.

Veio este aqui. Ló é lembrado que é estrangeiro e está sozinho em Sodoma.

para habitar como um estrangeiro. As pessoas contrastam a posição de Ló como estrangeiro na cidade com a sua pretensão de fazer o papel de juiz. [Cambridge]

10 Então os homens estenderam a mão, e meteram a Ló em casa com eles, e fecharam as portas.

os homens. Os anjos.

11 E aos homens que estavam à porta da casa desde o menor até o maior, feriram com cegueira; mas eles se cansavam tentando achar a porta.

cegueira. A palavra סנורים é usada apenas aqui e 2Rs 6:18, e em ambos os casos indica uma milagrosa penalidade. A palavra parece significar um engano cognitivo, bem como incapacidade de ver. Assim, os sodomitas não reconheceram a verdadeira natureza do anomalia, mas se cansaram para encontrar a porta. Que maldade e perversidade são aqui mostradas! [Whedon]

12 E disseram os homens a Ló: Tens aqui alguém mais? Genros, e teus filhos e tuas filhas, e tudo o que tens na cidade, tira-o deste lugar:

A autoridade apostólica declarou Ló era “um homem justo” (2Pe 2:8), no fundo bom, embora ele se contentasse em lamentar os pecados que viu, em vez de agir sobre suas próprias convicções, e se retirar de tal poço de corrupção, bem como da família. Mas o favor lhe foi mostrado: e até mesmo seus parentes maus tinham, por causa dele, uma oferta de libertação, que foi ridicularizada e desprezada (2Pe 3:4). [JFB]

13 Porque vamos destruir este lugar, porquanto o clamor deles subiu demais diante do SENHOR; portanto o SENHOR nos enviou para destruí-lo.

vamos destruir. Veja Gênesis 19:24.

o SENHOR nos enviou. Definindo a posição dos homens neste e no capítulo anterior, como mensageiros de Jeová. [Cambridge]

14 Então saiu Ló, e falou a seus genros, os que haviam de se casar com suas filhas, e lhes disse: Levantai-vos, saí deste lugar; porque o SENHOR vai destruir esta cidade. Mas pareceu a seus genros como que se ridicularizava.

Mas pareceu a seus genros como que se ridicularizava. Ou seja, os genros de Ló pensaram que ele estivesse zombando dele com essa história da destruição de Sodoma (compare com Lucas 17:28-29). [JFU]

15 E ao raiar do dia, os anjos apressavam a Ló, dizendo: Levanta-te, toma tua mulher, e teus dois filhas que se acham aqui, para que não pereças no castigo da cidade.

ao raiar do dia. Ao amanhecer. A destruição viria antes do nascer do sol (compare com Gn 19:23). Se Ló ainda estivesse na cidade, ele também pereceria: por isso a pressa dos homens. [Cambridge]

16 E demorando-se ele, os homens pegaram por sua mão, e pela mão de sua mulher, e pelas mãos de suas duas filhas segundo a misericórdia do SENHOR para com ele; e o tiraram, e o puseram fora da cidade.

E demorando-se ele. Foi difícil para Ló perceber a natureza imediata e avassaladora da desgraça anunciada por seus visitantes. Seus sentimentos pelo lar e suas coisas o fizeram hesitar.

segundo a misericórdia do SENHOR para com ele. Uma observação interessante, mostrando que os homens eram agentes da ternura do SENHOR, bem como da Sua severidade, compare com Sl 34:22. [Cambridge]

17 E foi que quando os tirou fora, disse: Escapa por tua vida; não olhes atrás de ti, nem pares toda esta planície; escapa ao monte, não seja que pereças.

ao monte. Ou seja, a região montanhosa a leste do Mar Morto, as montanhas de Moabe.

18 E Ló lhes disse: Não, eu vos rogo, senhores meus;

Que estranha falta de fé e gratidão, como se Aquele que interviu para resgatá-lo não pudesse protegê-lo na solidão da montanha. Aquele que o resgatou do mal maior não o salvaria de perigos menores? [JFU]

19 Eis que agora achou teu servo favor em teus olhos, e engrandeceste tua misericórdia que fizeste comigo dando-me a vida; mas eu não poderei escapar ao monte, não seja caso que me alcance o mal e morra.

eu não poderei escapar ao monte. Ele viu a destruição tão perto, que imaginou que não teria tempo suficiente para chegar à montanha antes que ela chegasse. [Clarke]

20 Eis que agora esta cidade está próxima para fugir ali, a qual é pequena; escaparei agora ali, (não é ela pequena?) e viverá minha alma.

não é ela pequena? (miz’ar). Há duas interpretações; que a concessão para ir a Zoar é “pequena”; ou a distância para percorrer é “pequena”. Evidentemente, no original é um trocadilho com a pronúncia da palavra Zoar. O pedido de Ló de que ele se refugie em Zoar causa a isenção dessa cidade da catástrofe.

e viverá minha alma. Uma forma vívida de expressar o pronome pessoal (em outras palavras, “eu viverei”). Compare com Gênesis 12:13. [Cambridge]

21 E lhe respondeu: Eis que recebi também tua súplica sobre isto, e não destruirei a cidade de que falaste.

Eis que recebi também tua súplica sobre isto. No original hebraico é, “eu levantei o teu rosto”: e a metáfora, muito provavelmente, é tirada do costume oriental de prostrar o corpo, e colocar o rosto no chão, ao pedir favores; quando a ordem, para levantar o rosto, era geralmente considerada um prenúncio de que o pedido seria atendido. [Coke]

22 Apressa-te, escapa-te ali; porque nada poderei fazer até que ali tenhas chegado. Por isto foi chamado o nome da cidade, Zoar.

porque nada poderei fazer até que ali tenhas chegado. Observe as limitações do julgamento pelos propósitos da graça! O anjo da destruição é impedido de cumprir sua terrível missão enquanto Ló não estivesse seguro. [Whedon]

23 O sol saía sobre a terra, quando Ló chegou a Zoar.

Ou seja, o sol nasceu antes que Ló chegasse ao destino. Do amanhecer (Gn 19:15) até o nascer do sol eles tiveram pouquíssimo tempo para fugirem de Sodoma. [Whedon]

A destruição de Sodoma e Gomorra

24 Então choveu o SENHOR sobre Sodoma e sobre Gomorra enxofre e fogo da parte do SENHOR desde os céus;

enxofre e fogodesde os céus. Deus, no cumprimento de seus propósitos, age diretamente ou mediatamente através da ação de meios; e há fortes razões para acreditar que foi na última maneira que Ele efetuou a destruição das cidades da planície – que foi, de fato, por uma erupção vulcânica. A chuva de fogo e enxofre do céu está perfeitamente de acordo com esta ideia, uma vez que essas mesmas substâncias, sendo levantadas no ar pela força do vulcão, cairiam em uma chuva de fogo sobre a região vizinha. Se foi milagrosamente produzido, ou a operação natural empregada por Deus, não é de muita importância determinar: foi um julgamento divino, predito e destinado para a punição daqueles que eram excessivamente pecadores. [JFB]

25 E destruiu as cidades, e toda aquela planície, com todos os moradores daquelas cidades, e o fruto da terra.

destruiu as cidadesaquela planícieos moradoreso fruto da terra. Observe a quádrupla destruição.

A repentina e terrível destruição dessas cidades é citada repetidamente como um exemplo dos temíveis julgamentos de Deus sobre os ímpios. Comp. Dt 29:23; Jr 49:18; 40:40; Sf 2:9; 2Pe 2:6. [Whedon]

26 Então a mulher de Ló olhou atrás, às costas dele, e se tornou estátua de sal.

estátua de sal (“coluna de sal” em algumas versões). Existe até hoje um rochedo peculiar no extremo sul do Mar Morto, perto de Qunram, que os árabes chamam de Bint Sheik Ló, ou seja, a esposa de Ló. É “uma ponta alta e isolada de rocha, que realmente tem uma curiosa semelhança com uma mulher com uma criança em seu ombro”. [Easton]

27 E subiu Abraão pela manhã ao lugar onde havia estado diante do SENHOR:

onde havia estado diante do SENHOR. Veja Gênesis 18:12.

28 E olhou até Sodoma e Gomorra, e até toda a terra daquela planície olhou; e eis que a fumaça subia da terra como a fumaça de um forno.

olhou até Sodoma e Gomorrae eis que a fumaça subia da terra. A assustadora visão mostra-lhe que não haviam nem mesmo dez pessoas justas para serem encontradas em Sodoma. Mas a intercessão de Abraão teve uma resposta na salvação de Ló. Ver Gn 19:29. [Whedon]

29 Assim foi que, quando destruiu Deus as cidades da planície, lembrou-se Deus de Abraão, e enviou fora a Ló do meio da destruição, ao assolar as cidades onde Ló estava.

quando destruiu Deus as cidades da planície… – Isso é muito bem-vindo e instrutivo depois de uma narrativa tão dolorosa. Mostra se Deus é um “fogo consumidor” para os ímpios (Dt 4:24; Hb 12:29), Ele é amigo dos justos. Ele “lembrou” das intercessões de Abraão, e que confiança isso não deveria nos dar de que Ele se lembrará das intercessões de um maior que Abraão em nosso favor. [JFB]

Os descendentes de Ló

30 Porém Ló subiu de Zoar, e assentou no monte, e suas duas filhas com ele; porque teve medo de ficar em Zoar, e se abrigou em uma caverna ele e suas duas filhas.

no monte. Uma das montanhas a leste do Mar Morto, depois conhecidas como as montanhas de Moabe. Aquele que cobiçosamente escolheu a planície convidativa (Gn 13:11), agora procura de bom grado a montanha.

teve medo de ficar em Zoar. O terror da queda de Sodoma entrou em sua alma, e ele temeu morar tão perto da cena de ruína quanto Zoar. Ló sabia, também, que mesmo aquela pequena cidade estava inicialmente entre as condenadas à destruição.

se abrigou em uma caverna. As rochas e montanhas a leste do Mar Morto abundam em cavernas, muitas delas, talvez, as moradias originais dos horeus. Veja em Gênesis 14:6. [Whedon]

31 Então a maior disse à menor: Nosso pai é velho, e não resta homem na terra que entre a nós, conforme o costume de toda a terra:

não resta homem na terra. Ou seja, naquela região. Por isso, não devemos entender, como alguns dos antigos intérpretes, que as filhas de Ló acreditavam que toda a raça humana havia sido destruída, mas sim que elas não tinham esperança de se casar com nenhum dos homens da região para a qual haviam fugido. [Whedon]

32 Vem, demos a beber vinho a nosso pai, e durmamos com ele, e conservaremos de nosso pai geração.

demos a beber vinho. A menos que estivesse bêbado, Ló nunca teria feito isso.

33 E deram a beber vinho a seu pai aquela noite: e entrou a maior, e dormiu com seu pai; mas ele não sentiu quando se deitou com ela nem quando se levantou.

ele não sentiu quando se deitou com ela. “Essas palavras não afirmam que ele estava inconsciente; elas meramente significam que, em seu estado embriagado, embora não inteiramente inconsciente, ele se deitou com suas filhas sem saber claramente o que estava fazendo… Mas as filhas de Ló tinham tão pouca vergonha em relação à sua conduta, que deram nomes aos filhos que tiveram que imortalizaram a sua paternidade” (Keil). [Whedon]

34 O dia seguinte disse a maior à menor: Eis que eu dormi a noite passada com meu pai; demos a ele de beber vinho também esta noite, e entra e dorme com ele, para que conservemos de nosso pai geração.

demos a ele de beber vinho também esta noite. A menos que estivesse bêbado, Ló nunca teria feito isso.

35 E deram a beber vinho a seu pai também aquela noite: e levantou-se a menor, e dormiu com ele; mas não conseguiu perceber quando se deitou com ela, nem quando se levantou.

não conseguiu perceber quando se deitou com ela. “Essas palavras não afirmam que ele estava inconsciente; elas meramente significam que, em seu estado embriagado, embora não inteiramente inconsciente, ele se deitou com suas filhas sem saber claramente o que estava fazendo… Mas as filhas de Ló tinham tão pouca vergonha em relação à sua conduta, que deram nomes aos filhos que tiveram que imortalizaram a sua paternidade” (Keil). [Whedon]

36 E conceberam as duas filhas de Ló, de seu pai.

A lei mosaico sobre o incesto:“Ninguém poderá se aproximar de uma parenta próxima para se envolver sexualmente com ela. Eu sou o Senhor. Não desonre o seu pai, envolvendo-se sexualmente com a sua mãe. Ela é sua mãe; não se envolva sexualmente com ela.” (Lv 18:6-7, NVI)

37 E deu à luz a maior um filho, e chamou seu nome Moabe, o qual é pai dos moabitas até hoje.

chamou seu nome Moabe. Que significa, “do pai”. De acordo com as informações de que dispomos, esta foi a origem dos moabitas, que ocuparam o território a leste da metade sul do Mar Morto, anteriormente ocupada pelos emins (Dt 2:11). [Whedon]

38 A menor também deu à luz um filho, e chamou seu nome Ben-Ami, o qual é pai dos amonitas até hoje.

Ben-Ami. No original hebraico Ben- ÌAmmiy (בן עמי), provavelmente significa “filho do meu povo”. [Easton]

<Gênesis 18 Gênesis 20>

Introdução à Gênesis 19

Gênesis 19 é a continuação e conclusão do capítulo anterior. Ele contém a punição de Deus sobre as cidades de Sodoma e Gomorra. Essa história está intimamente ligada à de Abraão, uma vez que é uma prova que a maldade é castigada, um memorial do justo julgamento de Deus a toda sua descendência, e ao mesmo tempo uma notável resposta ao espírito, se não à letra, de sua oração intercessória. Seu parente Ló, o único homem justo em Sodoma, com sua esposa e duas filhas, é salvo da destruição, conforme seu apelo sincero em favor dos justos.

Leia também uma introdução ao livro do Gênesis.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible e Notes on the Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.