Significado

Onipotência de Deus

A Onipotência de Deus é um atributo exclusivo à Ele e essencial à sua natureza como um Ser infinito, independente e perfeito. Entre as diversas declarações da Escritura que atribuem esse poder a Deus, estão as seguintes: Gn 17:1; Êx 15:11-12; Dt 3:24; 1Sm 14:6; Sl 62:11; 65:6; 147:5; Dn 4:35; Mt 6:13; 19:26; Ef 3:20; Ap 19:6. Sua onipotência é também  claramente expressa no epíteto Shaddai, frequentemente aplicado a Ele no Antigo Testamento. O poder de Deus é particularmente evidenciado:

1. Na criação (Gn 1:1; Rm 1:20);

2. Na preservação de suas criaturas (Hb 1:3; Cl 1:16-17);

3. Na redenção do mundo através do nosso Senhor Jesus Cristo (Lc 1:35,37; Ef 1:19);

4. Na conversão dos pecadores (Sl 110:3; 2Co 4:7);

5. Na prosseguimento e sucesso do Evangelho no mundo (Mt 13:31-32);

6. Na preservação dos santos (1Pe 1:5);

7. Na ressurreição dos mortos (1Co 15);

8. Em fazer os justos felizes para sempre, e em punir os iníquos (Mt 25:34; Fp 3:20-21).

Este poder só é limitado pela própria santa natureza de Deus, que torna impossível que ele faça o mal (Nm 23:19; Hb 6:18), e pelas leis da possibilidade que ele mesmo criou na natureza das coisas; em outras palavras, não se pode imaginar que ele realize uma contradição metafísica ou moral.

Adaptado de: Cyclopaedia of Biblical, Theological and Ecclesiastical Literature (Omnipotence)

Conteúdos recomendados