Salmo 62

1 (Salmo de Davi para o regente, conforme 'Jedutum') Somente em Deus a minha alma espera silenciosa; dele vem minha salvação.

Somente em Deus a minha alma espera silenciosa (compare com Salmo 25:5; 27:14; 33:20; 40:1; 123:3; 130:5-6; Isaías 30:18; 40:31; Lm 3:25; Tiago 5:7). Ou então, “A minha alma descansa somente em Deus” (NVI).

dele vem minha salvação (compare com Salmo 37:39; 68:19-20; 121:2; Isaías 12:2; Jeremias 3:23; Lucas 3:30-32).

2 Certamente ele é minha rocha, minha salvação e meu refúgio; não serei muito abalado.

Comentário Cambridge

Os mesmos títulos: minha rocha, minha salvação, meu refúgio, são combinados no Salmo 18:2. O título “rocha” é frequentemente usado para simbolizar a força, a fidelidade e a imutabilidade do SENHOR. [Cambridge, 1906]

ele é minha rocha (compare com Salmo 62:6; 21:1; 73:26; Deuteronômio 32:30-31; Isaías 26:4; 32:2).

minha salvação (compare com Salmo 27:1).

meu refúgio (compare com Salmo 59:9,17).

não serei muito abalado. Em outras palavras, “Quando cai, ele não fica derrubado” (Salmo 37:24; compare com Provérbios 24:16; Miqueias 7:8-9; 1Coríntios 10:13; 2Coríntios 4:8-9).

3 Até quando atacareis um homem para o derrubardes, como se fosse uma parede inclinada, uma cerca prestes a cair?

Até quando atacareis um homem para o derrubardes (compare com Salmo 82:2; 21:11; 38:12; Oséias 7:15).

4 Eles somente tomam conselhos sobre como derrubá-lo de sua alta posição; agradam-se de mentiras; falam bem com suas bocas, mas amaldiçoam em seus interiores. (Selá)

Comentário de A. R. Fausset

Eles somente tomam conselhos sobre como derrubá-lo de sua alta posição [como rei] – daí surge a sua necessidade de esperar apenas em Deus, sua rocha (Salmo 62:2). Compare com Salmo 2:1-3; Mateus 2:3-4,16; 22:15; 26:3-4; 27:1; Jo 11:47-50; Atos 4:25-28.

agradam-se de mentiras – em vez de as abominarem, como todos os homens de bem fazem. Compare com Salmo 4:2; 52:3; 63:10; 119:163; Provérbios 6:17; 13:5; Oséias 7:3; Romanos 1:32; Apocalipse 22:15.

falam bem com suas bocas (compare com Salmo 28:3; 55:21; Lucas 20:20).

mas amaldiçoam em seus interiores (compare com Salmo 5:9; Lucas 11:39). A hipocrisia foi um dos principais instrumentos de Absalão para atingir seus objetivos (compare com 2Samuel 15:7-9). [JFU, 1871]

5 Somente em Deus, ó minha alma, aquieta-te; porque ele é minha esperança.

ó minha alma (compare com Salmo 42:5,11; 43:5; 103:1-2; 104:1,35; 146:1).

aquieta-te em Deus (compare com Salmo 27:13-14; 37:34; 62:1-2; Lm 3:24-36; Miqueias 7:7; Habacuque 2:3; Sofonias 3:8; Jo 6:67-69). Ou então, “espere em silêncio diante de Deus” (NVT).

ele é minha esperança (Salmo 39:7; 71:5; Jeremias 17:17; Filipenses 1:10).

6 Certamente ele é minha rocha, minha salvação e meu refúgio; não serei abalado.

Comentário de A. R. Fausset

Os mesmos títulos: minha rocha, minha salvação, meu refúgio, são combinados no Salmo 18:2. O título “rocha” é frequentemente usado para simbolizar a força, a fidelidade e a imutabilidade do SENHOR. [Cambridge, 1906]

ele é minha rocha (compare com Salmo 62:2; 21:1; 73:26; Deuteronômio 32:30-31; Isaías 26:4; 32:2).

minha salvação (compare com Salmo 27:1).

meu refúgio (compare com Salmo 59:9,17).

não serei abalado (compare com Salmo 16:8; 112:6; Provérbios 10:30; 12:7).

7 Em Deus está minha salvação e minha glória; em Deus está minha rocha forme e meu refúgio.

Em Deus está minha salvação (compare com Isaías 45:25; Jeremias 3:23; 9:23-24; 1Coríntios 1:30-31).

e minha glória (compare com Salmo 3:3; 4:2).

minha rocha (compare com Salmo 18:2,46; 94:22; 95:1; Isaías 26:1).

Spoiler title

Comentário de A. R. Fausset

Confiai nele em todo o tempo (compare com Salmo 22:4-5; Isaías 26:4; 50:10; 1João 2:28) – não apenas na prosperidade ou nas provações pequenas, mas em todas os momentos, mesmo nos mais difíceis.

derramai vosso coração diante dele – como um vaso completamente esvaziado de seu conteúdo (compare com 1Samuel 1:15; Lm 2:19; Salmo 42:4; 102:1; 142:2; Filipenses 4:6; 1Pedro 5:7). [JFU, 1871]

Deus é nosso refúgio (compare com Salmo 18:2; 46:11; Provérbios 14:26; Hebreus 6:16).

9 Somente vaidade são os homens de origem humilde, e mentira os de alta estirpe; pesados em balança, juntos são mais leves que um sopro.

e mentira os de alta estirpe (compare com Salmo 118:9; 1Samuel 18:21-26; 26:21-25; 2Samuel 15:31; Romanos 3:4).

pesados em balança (compare com Daniel 5:27).

juntos são mais leves que um sopro (compare com Isaías 40:15,17).

10 Não confieis na opressão, nem vos vanglorieis no roubo; se as vossas riquezas aumentarem, não ponhais nelas o coração.

Não confieis na opressão (compare com Jó 20:19,29; Isaías 28:15; 30:12; 59:4; Jeremias 13:25; 17:11), nem vos vanglorieis no roubo – ou seja, “Não ganhem a vida por meio da extorsão, nem ponham sua esperança em coisas roubadas” (NVT).

se as vossas riquezas aumentarem, não ponhais nelas o coração (compare com Salmo 39:6; 52:7; Deuteronômio 6:10-12; 8:12-14; Jó 27:16-23; 31:24-25; Marcos 8:36-37; 10:23; Lucas 12:15-21; 1Timóteo 6:17).

11 Deus falou uma vez; duas vezes eu ouvi: O poder pertence a Deus.

Comentário de A. R. Fausset

Deus falou uma vez; duas vezes eu ouvi – uma forma poética de dizer já ouvi mais de uma vez. De novo e de novo, no Seu governo providencial do mundo, e na Sua Palavra revelada, Deus repete o ensinamento, se pelo menos o homem o ouvir (compare com Jó 33:14; 40:5).

O poder pertence a Deus (compare com Salmo 68:34-35; Isaías 26:4; Mateus 6:13; 28:18; Jo 19:11; Apocalipse 19:1) – em contraste com fazer dos“homens de origem humilde…e de alta estirpe”  objetos de confiança (Salmo 62:9); este é o fundamento da instrução, “Confie nele em todo o tempo” (Salmo 62:8). [JFU, 1871]

12 Também é tua, Senhor, a bondade; pois tu pagarás a cada homem conforme sua obra.

Comentário de A. R. Fausset

Também é tua, Senhor, a bondade (compare com Salmo 86:15; 103:8,17; Ex 34:6-7; Daniel 9:9,18; Miqueias 7:18). Seu poder (Salmo 62:11) nos aterrorizaria, se Sua misericórdia não nos consolasse. Assim como o Seu poder nos assegura que Ele pode, assim a Sua bondade ou graça nos assegura que Ele irá salvar o Seu povo. [JFU, 1871]

pois tu pagarás a cada homem conforme sua obra (compare com Jó 34:11; Provérbios 24:12; Jeremias 32:19; Ezequiel 7:27; 18:30; 33:20; Mateus 16:27; Romanos 2:6; 1Coríntios 3:8; 2Coríntios 5:10; Efésios 6:8; Colossenses 3:5; 1Pedro 1:17; Apocalipse 22:12).

<Salmo 61 Salmo 63>

Introdução ao Salmo 62

O Salmo 62 é divido em três estrofes através marcação musical Selá (presente no verso 4 e no 8). Cada uma inicia, no original, com “Somente” (Salmo 62:1,5,9). Esperando somente em Deus, o salmista encontra descanso e salvação, enquanto o único objetivo de seus inimigos é derrubá-lo de sua dignidade (Salmo 62:1-4). Ele exorta a si mesmo, e aos outros, a esperar apenas por Deus (Salmo 62:5-8); advertindo contra a confiança no homem, muito menos na opressão ou na riqueza; porque o poder pertence a Deus; assim como também a bondade e a justa retribuição (Salmo 62:9-12). O salmo está relacionado ao tempo da rebelião de Absalão, quando os rebeldes procuraram derrubar o rei, porque não podiam suportar sua proeminência real e espiritual (Salmo 62:5; 3:1-8; 4:1-8). [JFU, 1871]

Visão geral de Salmos

“O livro dos Salmos foi projetado para ser o livro de orações do povo de Deus enquanto esperam o Messias e seu reino vindouro”. Tenha uma visão geral deste livro através de um breve vídeo produzido pelo BibleProject. (9 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – julho de 2020.