Bíblia, Revisar

Jeremias 9

Mensagem importante
Olá visitante do Apologeta! Vou direto ao ponto: peço que você me ajude a manter este projeto. Atualmente a renda gerada através dos anúncios são insuficientes para que eu me dedique exclusivamente a ele. Se cada pessoa que ler essa mensagem hoje, doar o valor de R$10.00, eu poderia me dedicar integralmente ao Apologeta pelo próximo ano e ainda remover todas as propagandas do site (que eu sei que são um pouco incômodas). Tenho um propósito ousado com este site: traduzir e disponibilizar gratuitamente conteúdo teológico de qualidade. O que inclui um dicionário bíblico completo (+4000 verbetes) e comentário de todos os 31.105 versículos da Bíblia. Faça parte deste projeto e o ajude a continuar crescendo. Obrigado!
1 Ah, se minha cabeça se tornasse em águas, e meus olhos em um manancial de águas! Então eu choraria dia e noite pelos mortos da filha de meu povo.

Jr 9: 1-26. A lamentação de Jeremias pelos pecados dos judeus e consequente punição.

Este verso é mais apropriadamente unido ao último capítulo, como Jr 9:23 no hebraico (compare Is 22:4; Lm 2:11; 3:48).

2 Ah, se houvesse para mim no deserto uma hospedaria para caminhantes! Então eu deixaria o meu povo, e me afastaria deles; pois todos eles são adúlteros, são um bando de traiçoeiros.

hospedaria para caminhantes – uma caravana de caravanas, ou empresas que viajam no deserto, longe das cidades. Era um prédio quadrado cercando uma quadra aberta. Apesar de ser uma casa solitária e muitas vezes imunda, Jeremias preferiria até mesmo ao conforto de Jerusalém, de modo a ser removido das poluições da capital (Sl 55:7-8).

3 Eles estendem suas línguas, como se lhes fossem arcos, para atirarem mentira; e se fortaleceram na terra, mas não por meio da verdade; porque se avançam de mal em mal, e não me conhecem, diz o SENHOR.

línguas … por mentiras – isto é, com mentiras como suas flechas; eles direcionam as suas mentiras como se fossem o arco (Sl 64:3-4).

não é valente para… a verdade – (Jr 7:28). Maurer traduz: “Eles não prevalecem pela verdade” ou fé (Sl 12:4). Sua língua, não a fé, é a arma deles.

sobre … terra – sim, “na terra”.

não me conheço – (Os 4:1).

4 Guardai-vos cada um de seu amigo, nem em irmão algum tende confiança: porque todo irmão só faz enganar, e todo amigo anda com falsidades.

porque todo irmão só faz enganar. Literalmente, “subir pelo calcanhar” (Os 12:3).

andai com calúnias – (Jr 6:28).

5 E cada um engana a seu amigo, e não falam a verdade; ensinaram sua língua a falar mentira, e agem perversamente até se cansarem.

cansados ​​de si mesmos – estão com dores laboriosas para agir perversamente (Maurer) O pecado é uma escravidão dura (Hb 2:13).

6 Tua habitação é em meio ao engano; por meio do engano se negam a me conhecer, diz o SENHOR.

Tua – Deus se dirige a Jeremias, que habitava no meio de homens enganosos.

se negam a me conhecer – Sua ignorância de Deus é voluntariosa (Jr 9:3; 5:4-5).

7 Portanto assim diz o SENHOR dos exércitos: Eis que que eu os fundirei, e os provarei; pois de que outra maneira agiria eu com a filha de meu povo?

experimentá-los – enviando calamidades sobre eles.

pois como farei – “Que mais posso fazer por causa da filha do Meu povo?” [Maurer], (Is 1:25; Ml 3:3).

8 A língua deles é uma flecha mortífera, que fala engano; com sua boca fala paz com seu próximo, mas em seu interior lhe arma ciladas.

flecha mortífera – em vez disso, “uma flecha assassina” [Maurer] (Jr 9:3).
fala pacificamente… no coração… layeth… espera – lança sua emboscada (Henderson), (Sl 55:21).

9 Por acaso eu não os puniria por estas coisas? Diz o SENHOR. Por acaso minha alma não se vingaria de tal nação?

(Jr 5: 9, Jr 5:29).

10 Sobre os montes levantarei choro e pranto, e lamentação as moradas do deserto; porque foram desoladas até não haver quem por ali passe, nem ali se ouve bramido de gado; desde as aves do céu e até os animais da terra fugiram, e foram embora.

Jeremias invade as ameaças de ira de Jeová com lamentação por seu país desolado.

montes – uma vez cultivadas e frutíferas: as encostas foram cultivadas em terraços entre as rochas.

moradas do deserto – em vez disso, “a agradável erva (literalmente, ‘as partes escolhidas’ de qualquer coisa) da planície do pasto.” O hebraico para “deserto” não expressa um deserto estéril, mas uma planície não cultivada, apropriada para pastagem.

queimado – porque ninguém os molha, os habitantes foram todos embora.

ninguém pode passar por eles – muito menos habitá-los.

ave – (Jr 4:25).

11 E tornarei Jerusalém em amontoados de pedras ,para morada de chacais; e tornarei as cidades de Judá em ruínas, de modo que não haja morador.

E – omitir “E”. Jeová aqui retoma Sua fala em Jr 9:9.

montes – (veja em Is 25:2).

dragões – chacais.

12 Quem é homem sábio, que entenda isto? E a quem falou a boca do SENHOR, para que possa anunciá-lo? Por que razão a terra pereceu, queimada como deserto, de modo que não há quem nela passe?

Antes, “quem é um homem sábio? (isto é, Todo aquele que inspirou sabedoria, 2Pe 3:11); que ele entenda isso (pese bem os males que estão ocorrendo e as causas de serem enviados); e aquele a quem a boca do Senhor falou (isto é, aquele que é profeticamente inspirado), declare-o aos seus compatriotas ”, se por acaso eles podem ser despertados para o arrependimento, a única esperança de segurança.

13 E disse o SENHOR: Foi porque abandonaram minha lei, que dei diante deles, nem deram ouvidos a minha voz, nem caminharam conforme a ela;

Responda ao “porque o que a terra perece” (Jr 9:12).

14 Ao invés disso, eles seguiram atrás da teimosia de seu coração, e atrás dos Baalins, que seus pais lhes ensinaram.

(Jr 7:24).

Baalins – plural de Baal, para expressar seus supostos múltiplos poderes.

seus pais lhes ensinaram – (Gl 1:14; 1Pe 1:18). Não devemos seguir os erros dos pais, mas a autoridade da Escritura e de Deus (Jerônimo).

15 Por isso assim diz o SENHOR dos exércitos, Deus de Israel: Eis que a este povo eu lhes darei de comer absinto, e lhes darei de beber água de fel.

alimentar – (Jr 8:14; 23:15; Sl 80:5).

16 E os espalharei entre nações que nem eles, nem seus pais conheceram; e mandarei espada atrás deles, até que eu os acabe.

nem seus pais conheceram – aludindo a Jr 9:14: “Seus pais lhes ensinaram” idolatria; portanto os filhos serão espalhados a uma terra que nem seus pais nem eles conheceram.

Envie uma espada atrás deles – Nem mesmo em vôo eles estarão seguros.

17 Assim diz o SENHOR dos exércitos: Considerai, e chamai carpideiras, que venham; e enviai as mais hábeis, que venham:

mulheres de luto – contratadas para aumentar a lamentação por gritos melancólicos, desnudando o peito, batendo os braços e fazendo o cabelo desarrumar (2Cr 35:25; Ec 12:5; Mt 9:23).

astúcia – hábil em lamentar.

18 E se apressem, e levantem pranto sobre nós, e desfaçam-se nossos olhos em lágrimas, e nossas pálpebras se destilem em águas.

(Jr 14:17).

19 Porque uma voz de pranto foi ouvida de Sião: Como fomos destruídos! Nós nos tornamos muito envergonhados, por termos deixado a terra, por nossas moradas terem sido arruinadas.

O grito das “mulheres de luto”.

Lixo estragado.

moradas nos expulsam – cumprindo Lv 18:28; 20:22. Calvino traduz: “O inimigo derrubou nossas habitações”.

20 Ouvi pois, vós mulheres, a palavra do SENHOR, e vossos ouvidos recebam a palavra de sua boca; e ensinai pranto a vossas filhas, e cada uma lamentação a sua companheira.

Ainda sim, “Só” (Henderson). Essa partícula chama a atenção para o que segue.

ensinai pranto a vossas filhas – As mortes serão tantas que haverá falta de mulheres de luto para lamentá-las. As mães, portanto, devem ensinar às filhas a ciência para suprir o desejo.

21 Porque a morte subiu a nossas janelas, e entrou em nossos palácios; para arrancar os meninos das ruas, os rapazes das praças.

Janelas – A tropa de morte, encontrando as portas fechadas, entrou pelas janelas.

para arrancar os meninos das ruas – Não se pode dizer que a morte entra nas janelas para cortar as crianças nas ruas, mas para cortá-las, de modo a não mais brincar nas ruas sem (Zc 8:5).

22 Fala: Assim disse o SENHOR: Os cadáveres dos homens cairão como esterco sobre a face do campo, e como espigas de cereal atrás do ceifeiro, que não há quem as recolha.

diz o Senhor – continuando o fio do discurso de Jr 9:20.

esterco – (Jr 8:2).

punhado… nenhum… ajuntá-los – implicando que o punhado foi tão pisoteado a ponto de não valer nem mesmo o esforço do pobre coitado em recolhê-lo. Ou o costume oriental pode ser referido: o ceifador corta o grão e é seguido por outro que o reúne. Este grão não valerá a pena. Quão irritante é para o orgulho dos judeus de ouvir que as suas carcaças serão pisadas com desprezo sob os pés!

23 Assim diz o SENHOR: Não se orgulhe o sábio em sua sabedoria, nem o valente se orgulhe em sua valentia, nem o rico se orgulhe em suas riquezas.

sabedoria – sagacidade política; como se pudesse resgatar das calamidades iminentes.

poder – proezas militares.

24 Mas aquele que se orgulhar, orgulhe-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o SENHOR, que faço bondade, juízo, e justiça na terra; porque destas coisas eu me agrado, diz o SENHOR.

Mas aquele que se orgulhar, orgulhe-se nisto: emme conhecer. Nada além de um conhecimento experimental de Deus salvará a nação.

me entender. Teoricamente; no intelecto.

me conhecer. Na prática: andando nos Meus caminhos (Jr 22:16, “Ele julgou a causa do aflito e do necessitado, e então esteve bem. Por acaso conhecer a mim não é isto?diz o SENHOR”; Jó 22:21, “Reconcilia-te, pois, com Deus ,e terás paz; assim o bem virá a ti”; 1Co 1:31, “para que, assim como está escrito: ‘Aquele que se orgulha, orgulhe-se no Senhor'”).

eu sou o SENHOR, que faço bondade. A benignidade de Deus é colocada no primeiro e mais alto lugar, porque sem ela fugiríamos de Deus com medo e desespero.

juízo, e justiça. Bondade amorosa para com os piedosos; julgamento para o ímpio; justiça a mais perfeita em todos os casos (Grotius). A fidelidade às Suas promessas de preservar o piedoso, bem como a severa execução do julgamento sobre os ímpios, está incluída na “justiça”.

Leia também um estudo sobre a justiça de Deus.

na terra. Contrariando o dogma de alguns filósofos, principalmente teístas, que Deus não interfere nas preocupações terrenas (Sl 58:11).

destas coisas eu me agrado. Tanto em fazê-las como em vê-las feitas por outros (Mq 6:8; 7:18, “Ele não retém para sempre a sua ira, porque tem prazer na misericórdia”). [JFU]

25 Eis que vêm dias, diz o SENHOR, em que castigarei todo circunciso e todo incircunciso:

todo incircunciso – antes, “todos os que são circuncidados na incircuncisão” (Henderson). O hebraico é um termo abstrato, não concreto, como traduz a versão em inglês e como o piedoso “circuncidado” é. As nações especificadas, Egito, Judá, etc., eram exteriormente “circuncidadas”, mas no coração eram “incircuncisos”. As nações pagãs eram contaminadas, apesar de sua circuncisão literal, pela idolatria. Os judeus, com toda a sua glória em seus privilégios espirituais, não eram melhores (Jr 4:4; Dt 10:16; 30:6; Rm 2:28-29; Cl 2:11). No entanto, Ez 31:18; 32:19, pode implicar que os egípcios eram incircuncisos; e é incerto quanto às outras nações especificadas se elas eram naquela época circuncidadas. Heródoto diz que os egípcios eram assim; mas outros pensam que isso se aplica apenas aos sacerdotes e a outros que têm um caráter sagrado, não à massa da nação; Assim, a versão inglesa pode estar certa (Rm 2:28-29).

26 A Egito, a Judá, a Edom, aos filhos de Amom e de Moabe, e a todos os dos cantos mais distantes, que moram no deserto; pois todas as nações são incircuncisas; mas toda a casa de Israel é incircuncisa no coração.

Egito – colocou primeiro a degradar Judá, que, embora em privilégios acima dos gentios, por infidelidade afundou abaixo deles. O Egito também era o poder em que os judeus eram tão propensos a confiar, e por cuja instigação eles, assim como os outros povos, se revoltaram da Babilônia.

dos cantos mais distantes – em vez disso, “ter o cabelo barbeado (ou cortado) em ângulos”, isto é, ter a barba na bochecha apertada ou cortada: um costume cananeu, proibido aos israelitas (Lv 19:27; 21:5). Os árabes são aqui referidos (compare Jr 25:23; Jr 49:32), como as palavras em aposição mostram, “que habitam no deserto”.

incircuncisasincircuncisa no coração – A adição de “no coração” no caso de Israel marca sua maior culpa em proporção aos seus maiores privilégios, em comparação com o resto.

<Jeremias 8 Jeremias 10>

Leia também uma introdução ao Livro de Jeremias.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.

Conteúdos recomendados