Bíblia

Salmo 119

Álefe

1 א (álefe) Bem-aventurados são os puros em seus caminhos, os que andam na lei do SENHOR.

puros… literalmente, “completo”, perfeito ou sincero (compare Sl 37:37).

seus caminhos… curso da vida.

andam na lei… agir de acordo com ela (compare com Lc 1:6).

lei… de uma palavra que significa “ensinar”, é um termo de significado bastante geral, denotando a instrução da Palavra de Deus.

2 Bem-aventurados são os que guardam os testemunhos dele, e o buscam com todo o coração;

testemunhos… A palavra de Deus é assim chamada, porque nela Ele testifica a verdade e contra o pecado.

o buscam… isto é, um conhecimento Dele, com desejo de conformidade com a Sua vontade.

3 E não praticam perversidade, mas andam nos caminhos dele.

caminhas dele… a direção que Ele revela como certa.

4 Tu mandaste que teus mandamentos fossem cuidadosamente obedecidos.

mandamentos… são aquelas direções que dizem respeito à conduta especial, de uma palavra que significa “inspecionar”.

5 Ah! Como gostaria que meus caminhos fossem dirigidos a guardar teus estatutos!

estatutos… ou ordenanças, leis positivas de natureza permanente. Ambas as palavras originalmente denotam leis positivas, mais do que morais, como derivar a força da designação divina, se sua natureza ou as razões para elas são apreendidas por nós ou não.

6 Então não me envergonharia, quando eu observasse todos os teus mandamentos.

mandamentos… ou instituições. O termo é abrangente, mas denota direções fundamentais para a conduta, tanto proibindo quanto orientando.

eu observasse todosou considere cuidadosamente quanto a todo o seu significado.

7 Louvarei a ti com um coração correto, enquanto aprendo os juízos de tua justiça.

juízos. Regras de conduta formadas pelas decisões judiciais de Deus; daí o sentido amplo da palavra nos Salmos, de modo que inclui decisões de aprovação e condenação. [JFB]

8 Eu guardarei teus estatutos; não me abandones por completo.

Reconhece a necessidade da graça divina.

Bete

Devemos entesourar cuidadosamente a palavra de Deus, declará-la aos outros, meditar nela e alegremente deleitar-nos com ela; e então, por Sua graça, agiremos de acordo com ela.

9 ב (bete) Com que um rapaz purificará o seu caminho? Sendo obediente conforme a tua palavra.

Com que um rapaz purificará o seu caminho? As ambições dos jovens são naturalmente fortes e propensas a contaminarem a alma (compare com Pv 1:4; 20:11).

Sendo obediente conforme a tua palavra. Comapre com Salmo 17:4. [JFU]

10 Eu te busco como todo o meu coração; não me deixes desviar de teus mandamentos.

Eu te busco como todo o meu coração. Assim todo o Judá, sob o reinado de Asa, “entraram em concerto de que buscariam ao SENHOR o Deus de seus pais, de todo seu coração e de toda sua alma” (2Cr 15:12,15).

não me deixes desviar de teus mandamentos. Como penalidade das minhas andanças: Deus acrescenta, “maldade a maldade” dos rebeldes (Sl 69:27). Não me desampares quando de coração te busco, mas ajuda-me pela tua graça. Assim, Israel suplica em Is 63:17: “Ó Senhor, por que nos fizeste errar dos teus caminhos?” [JFU]

11 Guardei a tua palavra em meu coração, para eu não pecar contra ti.

A segurança contra a queda (Sl 37:31). Assim fez Maria (Lc 2:19,51; Pv 7:1). Ele está seguro de que escorregará quem deixa escapar do seu coração a Palavra de Deus, o antídoto para o pecado. [JFU]

12 Bendito és tu, SENHOR; ensina-me os teus estatutos.

Ensinaste-me a conhecer-te e a louvar-te como Bendito; continua a ensinar-me ainda. Tu, que tens uma provisão de graça tão rica, como o Bendito, dá-me o ensinamento dela. [JFU]

13 Com meus lábios contei todos os juízos de tua boca.

(Dt 6:6-7) Embora eu tenha “escondido a tua Palavra no meu coração” (Sl 119:11), eu não a confino ali, mas a pronuncio com meus lábios.

contei. Literalmente, enumerei (Sifarti) em detalhes todos os juízos de tua boca. Faço tanto para ser mais familiarizado com eles, como também para ensiná-los aos outros. Assim como eu o ensino aos outros, assim tu os “ensina-me” (Sl 119:12). [JFU]

14 Eu me alegro mais com o caminho de teus estatutos, do que com todas as riquezas.
15 Meditarei em teus mandamentos, e darei atenção aos teus caminhos.

Meditarei em teus mandamentos. Pensarei neles; encontrarei minha felicidade neles.

e darei atenção aos teus caminhos. E olharei para os teus caminhos – os teus mandamentos. Eu os observo continuamente, ou me refiro a eles em minha mente como o guia de minha vida. [Barnes]

16 Terei prazer em teus estatutos; não me esquecerei de tua palavra.

Terei prazer em teus estatutos. Encontrarei a minha felicidade nas tuas leis (Sl 1:2; 112:1)

não me esquecerei de tua palavra. Não deixarei que o mundo a tire da minha mente. [Barnes]

Gimel

Deus repreenderá aqueles que desprezam a Sua palavra e liberta os Seus servos do seu opróbrio, dando-lhes ousadia na e pela Sua verdade, mesmo antes dos maiores homens.

17 ג (guímel) Trata bem o teu servo, para que eu viva, e obedeça tua palavra.
18 Abre meus olhos, para que eu veja as maravilhas de tua lei.

Abre. Literalmente, “Descobre”. A visão natural é incapaz de discernir os mistérios (Sl 119:27) da revelação divina; daí esta oração pela remoção do véu de seus olhos. Compare com 2Rs 6:17; Ef 1:17-18. [Cambridge]

19 Eu sou peregrino na terra, não escondas de mim os teus mandamentos.

Como estrangeiro na terra, não sei o que devo fazer, o que devo evitar; ensina-me ambos, revelando os teus mandamentos. Esta terra não é a casa do crente, mas a sua habitação. Como os estrangeiros devem esperar muitos inconvenientes, tu, que te preocupas com o estrangeiro, me levantas (Gejer). O caminho dos mandamentos de Deus é o caminho para a cidade celestial, onde o povo de Deus não será peregrino, mas filho na casa do Pai. Não escondas de mim o caminho. Até mesmo na terra de Canaã os verdadeiros israelitas se sentiram, como seus pais antes deles (Hb 11:13), “estrangeiros e peregrinos” (1Cr 29:15; Sl 39:12). Muito mais ainda os cristãos (1Pe 2:11). [JFU]

20 Minha alma está despedaçada de tanto desejar os teus juízos em todo tempo.

Um pedido de resposta à oração de Salmo 119:19. Sua alma se rompe, é esmagada, oprimida e consumida pelo desejo de um conhecimento mais pleno dos julgamentos de Deus, ou seja, a declaração confiável de Sua Vontade. [Cambridge]

21 Tu repreendes aos malditos arrogantes, que se desviam de teus mandamentos.
22 Tira-me de minha humilhação e desprezo, pois eu guardei teus testemunhos.
23 Até mesmo os príncipes se sentaram, e falaram contra mim; porém o teu servo estava meditando em teus estatutos.

(Sl 119:161) O escudo do Israel de Deus contra as calúnias dos grandes homens deste mundo é meditação amorosa na Palavra de Deus. Não apenas em particular, mas “sentados” em deliberado “conselho” público (Sl 1:1), os príncipes do mundo falam contra o povo de Deus. Mas este não deve ser dissuadido de continuar em obediência aos estatutos de Deus, especialmente no caso de Jesus (At 4:5-7,25-27). [JFU]

24 Pois teus testemunhos são meus prazeres e meus conselheiros.

A vida é desejável para servir a Deus; para que possamos fazê-lo corretamente, devemos procurar ter os olhos abertos para contemplar Sua verdade e sinceramente desejar compreendê-la plenamente.

Dálete

25 ד (dálete) Minha alma está grudada ao pó; vivifica-me conforme tua palavra.

A primeira sentença é de Salmo 44.25; compare com Salmo 22:15; Is 26.19. O pó é o lugar dos aflitos, dos feridos e dos mortos. Vivifica-me – ou seja, à paz e à alegria. [JFU]

26 Eu te contei os meus caminhos, e tu me respondeste; ensina-me conforme teus estatutos.
27 Faze-me entender o caminho de teus preceitos, para eu falar de tuas maravilhas.

Submetendo-nos a Deus, Ele nos ressuscitará por Suas promessas e nos levará a declarar Sua misericórdia para com os outros.

28 Minha alma se derrama de tristeza; levanta-me conforme tua palavra.

Para aderir à Sua palavra, devemos buscar a libertação das tentações do pecado, bem como do desânimo.

29 Desvia de mim o caminho de falsidade; e sê piedoso dando-me tua lei.
30 Eu escolhi o caminho da fidelidade; e pus diante de mim os teus juízos.
31 Estou apegado a teus testemunhos; ó SENHOR, não me envergonhes.
32 Correrei pelo caminho de teus mandamentos, porque tu alargaste o meu coração.

Nossa esperança de liberdade do opróbrio da inconsistência está no poder de Deus, nos estimulando a viver de acordo com a Sua Palavra, que Ele nos leva a amar.

33 Hê :Ensina-me, SENHOR, o caminho de teus estatutos, e eu o guardarei até o fim.
34 Dá-me entendimento, e eu guardarei a tua lei, e a obedecerei de todo o meu coração.
35 Faze-me andar na trilha de teus mandamentos, porque nela tenho prazer.

trilha de teus mandamentos: isto é, o caminho ou modo de vida prescrito por eles. A ajuda que esperamos obter pela oração é a base sobre a qual nossas resoluções devem repousar.

36 Inclina meu coração a teus testemunhos, e não à ganância.
37 Desvia meus olhos para que não olhem para coisas inúteis; vivifica-me pelo teu caminho.

Desvia meus olhosliteralmente, “Faça meus olhos passarem, não percebendo o mal”.

inúteis…literalmente, “falsidade”; todos os outros objetos de confiança que Deus; ídolos, poder humano, etc. (Salmo 31: 6; Salmo 40: 4; Salmo 60:11; Salmo 62: 9).

vivifica-me pelo teu caminhofaze-me com energia viva para perseguir o caminho marcado por Ti. Revive-me da morte do desamparo espiritual (Salmo 119: 17, Salmo 119: 25, Salmo 119: 40, Salmo 119: 50; Salmo 116: 3).

38 Confirma tua promessa a teu servo, que tem temor a ti.
39 Desvia de mim a humilhação que eu tenho medo, pois teus juízos são bons.
40 Eis que amo os teus mandamentos; vivifica-me por tua justiça.

Ou então, Segundo a tua justiça, pela qual salvas os que confiam em ti. “O anseio pelos mandamentos de Deus é a marca distintiva do piedoso e o penhor da salvação”. (Hengstenberg) [JFU]

Vau

41 ו (vau) E venham sobre mim tuas bondades, SENHOR; e também a tua salvação, segundo tua promessa.

tuas bondades. Bondades manifestadas em livramentos, segundo a tua promessa.

42 Para que eu tenha resposta ao que me insulta; pois eu confio em tua palavra.

A posse do dom de Deus de “salvação” (Sl 119:41) será a resposta do salmista ao insulto do inimigo, que sua esperança era falaciosa.

43 E nunca tires de minha boca a palavra da verdade, pois eu espero em teus juízos.
44 Assim obedecerei a tua lei continuamente, para todo o sempre.

O sentimento mais plenamente realizado. As misericórdias e a salvação de Deus, conforme reveladas em Sua Palavra, fornecem esperança de perdão para o passado e segurança em um proceder justo para o futuro.

45 E andarei livremente por longas distâncias, pois busquei teus preceitos.

Para libertar-se do opróbrio, quando imbuído da verdade de Deus, acrescenta-se “grande ousadia na fé” (1Tm 3:13), acompanhada de crescente deleite na santa lei em si, que se torna um elemento de felicidade.

46 Também falarei de teus testemunhos perante reis, e não me envergonharei.

Assim como Paulo diante do Rei Agripa e Festo (At 26:1-2). Compare o aviso prévio de Jesus, Mateus 10:18-19. Em vez de se envergonharem, os seguidores de Cristo se gloriam de sofrer vergonha pelo Seu nome (At 5:41). Não são eles, mas seus adversários, que serão envergonhados (At 4:14; 6:10; 1Pe 3:16). [JFU]

Leia também Salmo 138:1.

47 E terei prazer em teus mandamentos, que eu amo.

Aqui ele expressa seu deleite pessoal (Sl 119:16) no estudo privado da palavra de Deus, como em Salmos 119:46 ele expressou sua profissão pública de fé nela. [JFU]

48 E levantarei as minhas mãos a teus mandamentos, que eu amo; e meditarei em teus estatutos.

levantarei as minhas mãos a teus mandamentosisto é, eu vou em oração (Sl 28:2) direcionar meu coração para guardar Teus mandamentos.

Záin

Os piedosos se consolam quando atormentados e angustiados pela maldade dos homens que abandonam a lei de Deus, lembrando que os grandes princípios da verdade de Deus ainda permanecem; e também de Deus

49 ז (záin) Lembra-te da palavra dada a teu servo, à qual mantenho esperança.

A palavra da promessa de Deus deu-lhe esperança, e ele implora que Deus não se esqueça disso. Como servo fiel, ele se atreve a reivindicar uma fidelidade correspondente de seu Senhor. [Cambridge]

50 Isto é meu consolo na minha aflição, porque tua promessa me vivifica.

vivifica…O que a Palavra já fez é para a fé uma garantia do que ela ainda fará.

51 Os arrogantes têm zombado de mim demasiadamente; porém não me desviei de tua lei.
52 Eu me lembrei de teus juízos muito antigos, SENHOR; e assim me consolei.

teus juízos muito antigosisto é, Suas interposições passadas em favor de Seu povo são uma garantia de que Ele irá novamente interpor-se para libertá-los; e eles se tornam o tema da constante e deliciosa meditação. Quanto mais nos mantemos, mais amamos a lei de Deus.

53 Eu me enchi de ira por causa dos perversos, que abandonam tua lei.
54 Teus estatutos foram meus cânticos no lugar de minhas peregrinações.

cânticos…Como o exílio canta canções de sua casa (Salmo 137: 3), assim o filho de Deus, “um estranho na terra”, canta os cânticos do céu, seu verdadeiro lar (Salmo 39:12). Nos tempos antigos, as leis eram postas em verso, para imprimi-las mais na memória do povo. Então, as leis de Deus são as canções do crente.

lugar de minhas peregrinaçõesvida presente (Gn 17:847:9; Hb 11:13).

55 De noite tenho me lembrado de teu nome, SENHOR; e tenho guardado tua lei.
56 Isto eu tenho feito, porque guardo teus mandamentos.

Hete

Sinceros desejos do favor de Deus, arrependimento e atividade em uma nova obediência, verdadeiramente evidenciam a sinceridade daqueles que professam encontrar uma porção de Deus (Nm 18:20; Sl 16:5; Lm 3:24).

57 Hete :O SENHOR é minha porção; eu disse que guardaria tuas palavras.
58 Busquei a tua face com todo o meu coração; tem piedade de mim segundo tua palavra.
59 Eu dei atenção a meus caminhos, e dirigi meus pés a teus testemunhos.

Assim, o filho pródigo, quando reduzido a um estado de miséria (Lc 15:17-18).

60 Eu me apressei, e não demorei a guardar os teus mandamentos.
61 Bandos de perversos me roubaram; porém não me esqueci de tua lei.

Quanto mais, se a oposição dos inimigos, ou o amor à facilidade, for vencido, honrando assim a lei de Deus.

me roubaram…melhor, me rodearam, seja como restrições forçadas, como grilhões, seja como cordas de suas redes.

62 No meio da noite eu me levanto para te louvar, por causa dos juízos de tua justiça.

No meio da noite. Hengstenberg supõe uma referência ao tempo quando o Senhor saiu para matar os primogênitos egípcios (Êx 11:412:29; compare Jó 34:20). Mas antes se refere aos próprios louvores e orações do salmista no período noturno. Compare Paulo e Silas (At 16:25; compare com Sl 63:6). [JFB]

63 Sou companheiro de todos os que te temem, e dos que guardam os teus mandamentos.

A comunhão dos santos. O prazer em sua companhia é uma evidência de pertencer a eles (Sl 16:3; Am 3:3; Ml 3:16).

64 A terra está cheia de tua bondade, SENHOR; ensina-me os teus estatutos.

Apesar de opostos pelos ímpios e opostos a eles, o prazer piedoso naqueles que temem a Deus, mas, afinal, dependem de favor e orientação não por mérito, mas por misericórdia.

Tete

A confiança nas promessas (Sl 119:49) é fortalecida pela experiência de tratos anteriores, de acordo com promessas, e uma oração por orientação, encorajada pela aflição santificada.

65 ט (tete) Tu fizeste bem a teu servo, SENHOR, conforme tua palavra.
66 Ensina-me bom senso e conhecimento, pois tenho crido em teus mandamentos.

Ensina-me bom senso e conhecimentoa saber, em Tua palavra (de modo a sondar sua profunda espiritualidade); pois a expressão correspondente (Sl 119:12,64,68) é: “Ensina-me os teus estatutos”.

67 Antes de ter sido afligido, eu andava errado; mas agora guardo tua palavra.

Referido por Hengstenberg para o efeito de castigo produzido sobre as mentes dos judeus pelo cativeiro (Jr 31:18-19). A verdade é geral (Jó 5:6; Jo 15:2; Hb 12:11).

68 Tu és bom, e fazes o bem; ensina-me os teus estatutos.

Compare com o Senhor Jesus (At 10:38).

69 Os arrogantes forjaram mentiras contra mim; mas eu com todo o meu coração guardo os teus mandamentos.

A malícia astuta dos ímpios, em calunia-lo, longe de afastá-lo, mas o aproxima mais perto da Palavra de Deus, que eles são muito estúpidos em pecado para apreciar. Hengstenberg refere a “mentira” a tais calúnias contra os judeus durante o cativeiro, como em Ed 4:1-6.

70 O coração deles se incha como gordura; mas eu tenho prazer em tua lei.

incha como gordura…espiritualmente insensível (Sl 17:10; 73:7; Is 6:10).

71 Foi bom pra mim ter sido afligido, para assim eu aprender os teus estatutos.

Assim também a aflição de qualquer tipo age como uma disciplina saudável, levando os piedosos a valorizar mais a verdade e as promessas de Deus.

72 Melhor para mim é a lei de tua boca, do que milhares de peças de ouro ou prata.

Iode

Como Deus fez, então Ele pode nos controlar melhor. Assim, quanto a Israel, ele devia a Deus toda a sua existência interna e externa (Dt 32:6).

73 Iode :Tuas mãos me fizeram e me formaram; faze-me ter entendimento, para que eu aprenda teus mandamentos.
74 Os que te temem olham para mim e se alegram, porque eu mantive esperança em tua palavra.

Então, quando Ele nos levou a confiar em Sua verdade, Ele nos “fará louvar a Sua graça” por outros. “Os que te temem se alegrarão da minha prosperidade, como consideram a minha causa a causa deles” (Sl 34:2; 142:7).

75 Eu sei, SENHOR, que teus juízos são justos; e que tu me afligiste por tua fidelidade.

tua fidelidade…isto é, sem, no mínimo, violar a sua fidelidade; porque meus pecados mereciam e precisavam de castigo paterno. O castigo duradouro com um temperamento de piedade filial (Hb 12:6-11), as promessas de misericórdia de Deus (Rm 8:28) serão cumpridas, e Ele confortará na tristeza (Lm 3:22; 2Co 1:3-4).

76 Seja agora tua bondade para me consolar, segundo a promessa que fizeste a teu servo.

(Sl 119:17,24) Esta última é a reivindicação da minha vida espiritual; por isso peço com confiança a tua terna misericórdia para preservar-me na vida física e espiritual, para que eu possa ainda alegrar-me na tua lei, como já é o meu deleite. [JFU]

77 Venham tuas misericórdias sobre mim, para que eu viva; pois tua lei é o meu prazer.

Venham tuas misericórdias sobre mimcomo não posso chegar a elas. Mas os ímpios serão confundidos.

78 Sejam envergonhados os arrogantes, porque eles me prejudicaram com mentiras; porém eu medito em teus mandamentos.

medito em teus mandamentose assim não será “envergonhado” (Sl 119:80).

79 Virem-se a mim os que te temem e conhecem os teus testemunhos.

Aqueles que podem ter pensado que suas aflições são uma evidência da rejeição de Deus serão então levados a retornar a Ele; como os amigos de Jó fizeram em sua restauração, tendo sido previamente levado através de suas aflições para duvidar da realidade de sua religião.

80 Seja meu coração correto em teus estatutos, para eu não ser envergonhado.

Seja meu coração corretoisto é, perfeito, sincero.

envergonhado…desapontado na minha esperança de salvação.

Cafe

Na tristeza, o coração piedoso anseia pelo conforto das promessas de Deus (Sl 73:26; 84:2).

81 כ (cafe) Minha alma desfalece por tua salvação; em tua palavra mantenho esperança.

Minha alma desfalece por tua salvação. Está agarrada a ela (Sl 119:123; 84:2).

em tua palavra mantenho esperança. Ainda que dolorosamente tentado, eu não perco a minha esperança. [JFU]

82 Meus olhos desfaleceram por tua promessa, enquanto eu dizia: Quando tu me consolarás?

Meus olhos desfaleceram por tua promessa…isto é, com desejo ardente por Tua palavra. Quando os olhos falham, a fé não deve.

83 Porque fiquei como um odre na fumaça, porém não me esqueci teus testemunhos.

odre na fumaça…como uma garrafa de pele seca e encolhida em fumaça, assim ele é definhado pela tristeza. Garrafas de vinho de pele costumavam ser penduradas na fumaça para secá-las, antes que o vinho fosse colocado nelas (Maurer)

84 Quantos serão os dias de teu servo? Quando farás julgamento aos meus perseguidores?

A falta de minha vida requer que o alívio que me proporcionam dos meus inimigos seja rápido.

85 Os arrogantes me cavaram covas, aqueles que não são conforme a tua lei.

covas…conspiram para minha destruição.

86 Todos os teus mandamentos são verdade; com mentiras me perseguem; ajuda-me.

Todos os teus mandamentos são verdade. Literalmente, fidelidade (Sl 119:75); a eles tens ligado promessas ao obediente que certamente serão cumpridas. [JFU]

87 Estou quase que destruído por completo sobre a terra; porém eu não deixei teus mandamentos.

destruído por completo sobre a terraHengstenberg traduz “na terra”; entendendo “eu” da nação de Israel, da qual apenas um pequeno remanescente foi deixado. Mas a versão em inglês é mais simples; ou: “Eles me consumiram para não deixar quase nada de mim na terra”; ou, “Eles quase me destruíram e me prostraram na terra” (Maurer)

eu não deixarei…o que quer que eu seja abandonado, eu não abandone os Teus preceitos, e assim não estou enganado por Ti (Sl 39:5,13; 2Co 4:8-9), e os ferimentos e insultos dos ímpios aumentam a necessidade disso. Mas, no entanto, eles agem independentemente da lei de Deus, os piedosos, aderindo ao seu ensinamento, recebem graça, e são sustentados ​​firmes.

88 Vivifica-me conforme tua bondade, então guardarei o testemunho de tua boca.

Se ele quiser continuar a glorificar a Deus pela observância de Sua lei, Deus deve preservar sua vida e libertá-la dos obstáculos que impedem sua devoção ao Seu serviço. [JFU]

Lâmede

Em todas as mudanças, a Palavra de Deus permanece firme (1Pe 1:25). Como os céu, continuamente atesta o poder infalível e o cuidado imutável de Deus (Sl 89:2).

89 Lâmede :Para sempre, SENHOR, tua palavra permanece nos céus.

tua palavra permanece…isto é, permanece tão firmemente quanto o céu em que habita, e de onde emanou.

90 Tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e assim ela permanece.

tu firmaste a terra, e assim ela permanece (Sl 33:9).

91 Elas continuam por tuas ordens até hoje, porque todos são teus servos.

Elas…o céu (Sl 119:89) e a terra (Sl 119:90). Hengstenberg traduz: “Eles representam o teu julgamento”, isto é, prontos, como servos obedientes, para executá-los. O uso deste salmo favorece essa visão. Mas veja Jr 33:25.

92 Se a tua lei não fosse meu prazer, eu já teria perecido em minha aflição.

Daí os piedosos são encorajados e inclinados a buscar um conhecimento disso, e perseveram em meio aos esforços daqueles que planejam e esperam para destruí-los.

93 Nunca esquecerei de teus mandamentos, porque tu me vivificaste por eles.

Os limites da perfeição criada podem ser definidos, mas os da lei de Deus, em sua natureza, aplicação e influência, são infinitos. Não há coisa humana tão perfeita, mas que algo está querendo isso; seus limites são estreitos, ao passo que a lei de Deus é infinita, alcançando todos os casos, satisfazendo perfeitamente o que cada um requer e para todos os tempos (Salmo 19: 3, Salmo 19: 6, Salmo 19: 7-11; Eclesiastes 3). : 11). Não pode ser limitado dentro de quaisquer definições dos sistemas dogmáticos do homem. O homem nunca supera a Palavra. Não choca o homem ignorante com antecipações declaradas de descobertas que ele ainda não havia feito; enquanto nele o homem da ciência encontra suas mais recentes descobertas por antecipações tácitas fornecidas.

94 Eu sou teu, salva-me, porque busquei teus preceitos.
95 Os perversos me esperaram, para me destruírem; porém eu dou atenção a teus testemunhos.
96 A toda perfeição eu vi fim; mas teu mandamento é extremamente grande.

Mem

Esse amor característico pela lei de Deus (compare Sl 1:2) garante crescimento do conhecimento, tanto da questão de toda verdade moral quanto útil, e uma experiência de sua aplicação.

97 Mem: Ah, como eu amo a tua lei! O dia todo eu medito nela.
98 Ela me faz mais sábio do que meus inimigos por meio de teus mandamentos, porque ela está sempre comigo.

mais sábio do que meus inimigos…com toda a sua astúcia carnal (Dt 4:6,8).

porque ela está sempre comigo…O hebraico é singular, “está sempre comigo”; os mandamentos formando um todo completo, a tua lei.

99 Sou mais inteligente que todos os meus instrutores, porque medito em teus testemunhos.

inteligente….é habilidade prática (Sl 2:1032:8).

100 Sou mais prudente que os anciãos, porque guardei teus mandamentos.

mais prudente que os anciãos…A antiguidade não ajuda contra a estupidez, onde ela não está de acordo com a palavra de Deus (Lutero) (Jó 32:7-9). A Bíblia é a chave de todo conhecimento, a história do mundo, passado, presente e futura (Sl 111:10). Aquele que faz a vontade de Deus deve conhecer a doutrina (Jo 7:17).

101 Afastei meus pés de todo mau caminho, para guardar tua palavra.

Evitar caminhos pecaminosos é tanto o efeito quanto o meio de aumentar o conhecimento divino (compare Sl 19:10).

102 Não me desviei de teus juízos, porque tu me ensinaste.
103 Como são doces tuas palavras ao meu paladar! Mais que o mel em minha boca.
104 Obtenho conhecimento por meio de teus preceitos; por isso odeio todo caminho de mentira.

Num

A Palavra de Deus não apenas nos informa sobre Sua vontade, mas, como uma luz em um caminho na escuridão, mostra-nos como seguir a direita e evitar o caminho errado. A lâmpada da Palavra não é o sol. Ele cegaria nossos olhos em nosso presente estado caído; mas podemos abençoar a Deus pela luz que brilha como em um lugar escuro, para nos guiar até que o Sol da Justiça venha, e seremos feitos capazes de vê-Lo (2Pe 1:19; Ap 22:4). A lâmpada é alimentada com o óleo do Espírito. A alusão é para as lâmpadas e tochas realizadas à noite antes de uma caravana oriental.

105 Nun :Tua palavra é lâmpada para meus pés e luz para meu caminho.
106 Eu jurei, e assim cumprirei, de guardar os juízos de tua justiça.

Essa foi a aliança nacional no Sinai e nos campos de Moabe.

107 Eu estou muito aflito, SENHOR; vivifica-me conforme a tua palavra.

A vida foi prometida na condição de obediência (Lv 18:5; Dt 6:24).

108 Agrada-te das ofertas voluntárias de minha boca, SENHOR; e ensina-me teus juízos.

ofertas voluntárias…as expressões espontâneas de sua gratidão, em contraste com as “ofertas” nomeadas do templo (Os 14:2; Hb 13:15). Ele determina seguir este caminho, confiando no poder vivificador de Deus (Sl 119: 50) em aflição, e uma aceitação graciosa de seus “sacrifícios espirituais de oração e louvor” (Sl 50:5,14,23).

109 Continuamente arrisco minha alma, porém não me esqueço de tua lei.

Em meio a perigos mortais (a frase é tirada do fato de que o que carregamos em nossas mãos pode facilmente escapar deles, Jz 12:3; 1Sm 28:21; Jó 13:14; compare com 1Sm 19:5) e expostos a inimigos habilidosos, sua segurança e orientação estão na verdade e nas promessas de Deus.

110 Os perversos me armaram um laço de armadilha, mas não me desviei de teus mandamentos.
111 Tomei teus testemunhos por herança para sempre, pois eles são a alegria de meu coração.

Estes ele alegremente toma como herança perpétua, para executar os deveres e receber o conforto que eles ensinam, para sempre.

112 Inclinei meu coração para praticar os teus testemunhos para todo o sempre.

Sâmeque

113 Sâmeque :Odeio os inconstantes, mas amo a tua lei.

os inconstantes“pessoas instáveis”, literalmente, “homens divididos”, aqueles de uma mente dividida e que duvida (Tg 1:8); “Um homem de mente dupla” [Hengstenberg], céticos ou noções céticas em oposição à certeza da palavra de Deus.

114 Tu és meu refúgio e meu escudo; eu espero em tua palavra.

refúgio…(compare com o Sl 27:5).

escudo…(Sl 3:3; 7:10).

espero em tua palavra…confiantemente descansa em seus ensinos e promessas.

115 Afastai-vos de mim, malfeitores, para que eu guarde os mandamentos de meu Deus.

Por isso, ele não teme homens perversos, nem teme o desapontamento, sustentado por Deus ao tornar Sua lei a regra da vida.

Afastai-vos de mimVocê não pode fazer nada comigo; para, etc. (Salmo 6: 8).

116 Sustenta-me conforme a tua promessa, para que eu viva; e não me faças ser humilhado em minha esperança.
117 Segura-me, e estarei protegido; então continuamente pensarei em teus estatutos.
118 Tu atropelas a todos que se desviam de teus estatutos; pois o engano deles é mentira.

Mas os desobedientes e rebeldes serão visitados pela ira de Deus, que impressiona os piedosos com temor e respeito sadios.

engano deles é mentiraisto é, todo o seu engano astuto, com o qual eles tentam prender o piedoso, é em vão.

119 Tu tiras a todos os perversos da terra como se fossem lixo; por isso eu amo teus testemunhos.
120 Meu corpo se arrepia de medo de ti; e temo os teus juízos.

Os “juízos” são aqueles sobre os ímpios (Sl 119:119). Esperança alegre anda de mãos dadas com o medo (Hb 3:16-18).

Áin

Com base em sua integridade, desejo pela palavra de Deus e relação com Ele, o servo de Deus pode pleitear Seu cuidado protetor contra a iníqua e graciosa orientação para o conhecimento da verdade, e Sua efetiva vindicação dos justos e sua causa, que também é dele.

121 Áin :Eu fiz juízo e justiça; não me abandones com os meus opressores.
122 Sê tu a garantia do bem de teu servo; não me deixes ser oprimido pelos arrogantes.

Sê tu a garantia…represente-me contra meus opressores (Gn 43:9; Is 38:14).

123 Meus olhos desfaleceram de esperar por tua salvação, e pela palavra de tua justiça.

e pela palavra de tua justiça. A tua justa palavra – para que me seja dada a conhecer, e para que eu possa ver a sua beleza e desfrutar dela. [Barnes]

124 Age para com teu servo segundo tua bondade, e ensina-me teus estatutos.
125 Eu sou teu servo. Dá-me entendimento; então conhecerei teus testemunhos.

Eu sou teu servo (Sl 116:16)

Dá-me entendimento; então conhecerei teus testemunhos. Esta é a única recompensa do meu serviço, que peço por uma questão de graça, não de dívida. [JFU]

126 É tempo do SENHOR agir, porque estão violando tua lei.
127 Por isso eu amo teus mandamentos mais que o ouro, o mais fino ouro.

Por isso…isto é, em vista desses benefícios, ou, por causa da glória de Tua lei, tão louvado nas partes anteriores do Salmo.

eu amo…[e] Portanto (repetido) – Todos os seus preceitos, em todos os assuntos, são estimados por sua pureza, e levam alguém imbuído de seu espírito a odiar todo o mal (Sl 19:10). A Palavra de Deus não admite o ecletismo; seu título menos é perfeito (Sl 12:6; Mt 5:17-19).

128 Por isso considero corretos todos os teus mandamentos quanto a tudo, e odeio todo caminho de falsidade.

129 פ (pê) Maravilhosos são teus testemunhos, por isso minha alma os guarda.

maravilhosos…literalmente, “maravilhas”, isto é, de excelência moral.

130 A entrada de tuas palavras dá luz, dando entendimento aos simples.

A entrada…literalmente, “abertura”; As palavras de Deus, como uma porta aberta, deixam entrar luz ou conhecimento. Antes, como explica Hengstenberg, “a abertura”, ou “explicação da tua palavra”. Para o homem natural, as portas da Palavra de Deus estão fechadas. Lc 24:27,31; At 17:3; Ef 1:18, confirme esta visão, “abrindo (isto é, explicando) e alegando” etc.

aos simples…aqueles que precisam ou desejam (compare Sl 19:7).

131 Abri minha boca, e respirei; porque desejei teus mandamentos.

Um ardente desejo (compare Sl 56:1-2) de esclarecimento espiritual, estabelecimento no caminho certo, livramento dos iníquos e evidência do favor de Deus é expresso

Abri minha boca, e respireicomo um viajante em um deserto quente recebe a brisa refrescante (Sl 63:184:2).

132 Olha-me, e tem piedade de mim; conforme teu costume para com os que amam o teu nome.

Olha-me…oposta a esconder ou evitar o rosto (compare Sl 25:15; 86:6102:17).

como tu usestes fazer – ou, “como é certo em relação àqueles que amam o Teu nome.” Tais pessoas têm direito às manifestações da graça de Deus, assentando na natureza de Deus como fiel à Sua promessa a tais coisas, não por seus próprios méritos.

133 Firma meus passos em tua palavra, e que nenhuma perversidade me domine.

Firma meus passos…Faça firme, para que não haja interrupção (Salmo 40: 2).

nenhuma perversidadeSl 119:34 favorece Hengstenberg, “qualquer homem iníquo”, qualquer “opressor”. Mas a primeira sentença paralela nisto (Sl 119:33) favorece a versão inglesa (Sl 19:13). Sua esperança de libertação da opressão externa do homem (Sl 119:34) baseia-se em sua libertação do “domínio da iniquidade” interno, em resposta à sua oração (Sl 119:33).

134 Resgata-me da opressão dos homens; então guardarei teus mandamentos.

Resgata-me da opressão dos homens. Da oração contra a opressão da “perversidade” (Sl 119:133) ele naturalmente passa à oração pela libertação da opressão dos homens iníquos (Lc 1:74).

então guardarei teus mandamentos. Desimpedido pela oposição daqueles, que me frustra agora. [JFU]

135 Brilha teu rosto sobre teu servo, e ensina-me teus estatutos.

Brilha teu rosto sobre teu servo. Oração pelo retorno do pleno favor de Deus ao Seu povo Israel (Sl 80:3,7; Nm 6:25). [JFU]

136 Ribeiros d'água descem de meus olhos, porque eles não guardam tua lei.

Zelosamente para manter a lei de Deus, ele é profundamente afligido quando outros a violam (compare com o Sl 119:53). Literalmente, “os meus olhos descem (dissolvem-se) como ribeiros de água” (Lm 3:48; Jr 9:1).

porque…(Compare Ez 9:4; Jr 13:17).

Tsadê

A justiça e a fidelidade de Deus em Seu governo agravam a negligência dos ímpios e mais estimulam o zelo vivo de Seu povo.

137 Tsadê: Tu és justo, SENHOR; e corretos são teus juízos.

O justo é singular, juízos plurais – ou seja, cada um dos teus juízos é justo. Quando o pecador castigado justifica Deus em Seus atos punitivos, ele está na condição adequada para receber a libertação (Ne 9:33; Dn 9:7).

Leia também um estudo sobre justiça de Deus.

138 Tu ensinaste teus testemunhos justos e muito fiéis.

Esse verso é uma explicação do anterior; literalmente, ‘ordenaste os teus testemunhos de justiça e fidelidade por completo’. Eles são a própria fidelidade no que diz respeito ao cumprimento das promessas a eles ligadas (Sl 119:86; 93:5). [JFU]

139 Meu zelo me consumiu, porque meus adversários se esqueceram de tuas palavras.

Não por uma falha de memória, mas agindo deliberadamente como se não se lembrassem deles. Isso me aflige e consome mais do que os danos que sofro deles. Quem nos nossos dias se atormenta com os males e pecados públicos? (Muis.) [JFU]

140 Refinada é a tua palavra, e teu servo a ama.

Refinada é a tua palavra. Literalmente, puríssima, purificada, como ouro ou prata refinada pelo fogo de toda escória (Sl 12:6; 18:30). Quanto mais puro e precioso é o objeto amado (na avaliação do mundano), mais ardente é a indignação sentida por qualquer leve dano sobre ele. [JFU]

141 Eu sou pequeno e desprezado; porém não me esqueço de teus mandamentos.

Os piedosos, por mais desprezados que sejam os homens, distinguem-se aos olhos de Deus pela consideração de Sua lei.

142 Tua justiça é justa para sempre, e tua lei é verdade.

Os princípios do governo de Deus são permanentes e confiáveis, e no mais profundo sofrimento Seu povo os considera um tema de meditação agradável e uma fonte de poder revitalizante (Sl 119:17,116).

tua lei é verdade. Portanto, não pode enganar quanto às suas promessas. [JFB]

143 Aperto e angústia me encontraram; ainda assim teus mandamentos são meus prazeres.

Aperto e angústia me encontraram. Como cães farejando uma animal selvagem escondido ou fugindo. [JFU]

144 A justiça de teus testemunhos dura para sempre; dá-me entendimento, e então viverei.

A justiça de teus testemunhos dura para sempre (Sl 119:142.)

dá-me entendimento, e então viverei (Sl 119:34,73,169) “Teus mandamentos” não frustram as esperanças dos que descansam sobre as promessas a eles ligadas; portanto, espiritualmente entendê-los traz com eles vida. [JFU]

Cofe

Uma devoção inteligente é conduzida por promessas divinas e é dirigida a um aumento de afetos graciosos, surgindo de uma contemplação da verdade revelada.

145 ק (cofe) Clamei com todo o meu coração; responde-me, SENHOR; guardarei teus estatutos.
146 Clamei a ti; salva-me, e então guardarei os teus testemunhos.

A compreensão de nossa salvação como um fato vivido é o motivo mais forte para guardar os testemunhos de Deus. [JFU]

147 Eu me antecedi ao amanhecer, e gritei; e mantive esperança em tua palavra.

antecedi…literalmente, “veio antes”, antecipou não só o amanhecer, mas até mesmo os períodos usuais da noite; quando a noite assiste, o que se pode esperar que eu ache adormecido, venha, eles me acham acordado (Sl 63:6; 77:4; Lm 2:19). Tal é a seriedade do desejo e amor pela verdade de Deus.

148 Meus olhos antecederam as vigílias da noite, para meditar em tua palavra.

Meus olhos antecederam as vigílias da noite. Os meus olhos já estão despertos antes das vigílias da noite passarem (Maurer). “As vigílias da noite me encontram acordado quando chegam” (Hengstenberg). Este último condiz melhor com: Sl 63:6; 77:4; Lm 2:19). Wilberforce costumava dizer: ‘Eu encontro mais tempo para negócios, e os faço melhor, quando tenho observado melhor minhas devoções privadas’. [JFU]

149 Ouve minha voz, segundo tua bondade, SENHOR; vivifica-me conforme teu juízo.

vivifica-me…reviva o meu coração segundo os princípios da justiça, fundados na tua própria natureza, e revelados na tua lei que expõe especialmente a Tua misericórdia aos humildes, bem como a justiça para com os ímpios (compare com o Sl 119:30).

150 Aproximam-se de mim os que praticam maldade; eles estão longe de tua lei.

Embora os ímpios estejam prestes a ferir, porque longe da lei de Deus, Ele está perto de ajudar e fiel à Sua palavra, que permanece para sempre.

151 Porém tu, SENHOR, estás perto de mim; e todos os teus mandamentos são verdade.

(Sl 119:42) Meus inimigos se aproximam (Sl 119:150), mas tu estás mais perto de mim do que eles (Sl 145:18; Jr 23:23). A segunda sentença dá a razão pela qual Ele está perto do Seu povo – , porque Ele o prometeu em conjunto com a obediência aos “Seus mandamentos”. “Todos os teus mandamentos”, com as ameaças e promessas a eles ligadas, são a própria verdade. [JFU]

152 Desde antigamente eu soube de teus testemunhos, que tu os fundaste para sempre.

Os homens podem afirmar ou agir como se acreditassem que as leis de Deus são obsoletas: mas do estudo dessas mesmas leis o salmista aprendeu há muito tempo a sua validade eterna; e as suas convicções profundamente enraizadas não podem ser abaladas pelo desprezo ou pelas ameaças dos seus inimigos. [Cambridge]

Rexe

Embora a lembrança da lei de Deus não seja meritória, ainda assim evidencia um temperamento filial e fornece ao piedoso promessas de pleitear, enquanto os ímpios negligenciam Sua lei, rejeitam a Deus e desprezam Suas promessas (compare Sl 9:1343:1; 69:18).

153 ר (rexe) Olha a minha aflição, e livra-me dela ; pois não me esqueci de tua lei.

Olha a minha aflição. Foi a oração de Israel no exílio (Lm 1:9), lembrando a Deus de Suas próprias palavras quando Ele estava prestes a libertar Seu povo do Egito (Êx 3:7). [Cambridge]

154 Defende minha causa, e resgata-me; vivifica-me conforme tua palavra.
155 A salvação está longe dos perversos, porque eles não buscam teus estatutos.
156 Muitas são tuas misericórdias, SENHOR; vivifica-me conforme teus juízos.

(Veja no Sl 119:149).

157 Muitos são meus perseguidores e meus adversários; porém eu não me desvio de teus testemunhos.

(Compare Sl 119:86-87,95).

158 Eu vi aos enganadores e os detestei, porque eles não guardam tua palavra.

(Compare com o Sl 119:136).

enganadores…ou, literalmente, “traidores”, que são infiéis para um soberano justo e lado com seus inimigos (compare Sl 25:3,8).

159 Vê, SENHOR, que eu amo teus mandamentos; vivifica-me conforme a tua bondade.

(Compare Sl 119:121-126,153-155).

vivifica-me conforme a tua bondade…(Sl 119:88). Esta oração ocorre aqui pela nona vez, mostrando um profundo sentimento de fragilidade.

160 O princípio de tua palavra é fiel, e o juízo de tua justiça dura para sempre.

Deus sempre foi fiel e os princípios de Seu governo continuarão dignos de confiança.

O princípio…isto é, “toda palavra de Gênesis (assim chamada pelos judeus de suas primeiras palavras, ‘No princípio’) até o fim das Escrituras é verdadeira”. Hengstenberg traduz mais literalmente, “A soma de tuas palavras é a verdade. ”O sentido é substancialmente o mesmo. Todo o corpo de revelação é a verdade. “A tua palavra não é senão a verdade” (Lutero).

Xin

161 שׁ (xin) Príncipes me perseguiram sem causa, mas meu coração temeu a tua palavra.

(Compare Sl 119:46,86).

temeu…medo reverente, não escravo, que não poderia coexistir com o amor (Sl 119:163; 1Jo 4:8). Em vez de temer seus perseguidores, ele teme a Palavra de Deus somente (Lc 12:4-5). Os judeus inscrevem na primeira página da grande Bíblia (Gn 28:17): “Quão terrível é este lugar! Esta não é outra senão a casa de Deus, e esta é a porta do céu!

162 Eu me alegro em tua palavra, tal como alguém que encontra um grande tesouro.

(Compare Mt 13:44-45). Embora perseguidos pelos poderosos, os piedosos não se desviam de reverenciar a autoridade de Deus para buscar seu favor, mas regozijam-se na posse dessa “pérola de grande valor”, como grandes vitoriosos em despojos. Odiando a mentira e amando a verdade, muitas vezes, todos os dias, louvando a Deus por isso, eles encontram a paz e a liberdade da tentação.

163 Odeio e abomino a falsidade; mas amo a tua lei.

falsidade…isto é, como no Sl 119:29, a infidelidade ao pacto de Deus com o Seu povo; apostasia.

164 Louvo a ti sete vezes ao dia, por causa dos juízos de tua justiça.
165 Muita paz têm aqueles que amam a tua lei; e para eles não há tropeço.
166 Espero por tua salvação, SENHOR; e pratico teus mandamentos.

Como eles mantêm a lei de Deus a partir de motivos de amor por ela e estão livres do medo escravo, estão prontos para submeter suas vidas à Sua inspeção.

167 Minha alma guarda teus testemunhos, e eu os amo muito.

Estou consciente de amá-los; sinto uma certeza interior de que os amo.

168 Eu guardo teus preceitos e teus testemunhos, porque todos os meus caminhos estão diante de ti.

todos os meus caminhos estão diante de ti…desejo ordenar os meus caminhos como antes de Ti, em vez de fazer referência ao homem (Gn 19:1; Sl 73:23). Todos os caminhos dos homens estão sob os olhos de Deus (Pv 5:21); só os piedosos percebem o fato e vivem de acordo.

Tau

A oração pela compreensão da verdade precede a da libertação. O cumprimento do primeiro é a base do cumprimento do segundo (Sl 90:11-17). Nos termos “chorar” e “súplica” (compare Sl 6:9; 17:1).

169 ת (tau) Chegue meu clamor perante teu rosto, SENHOR; dá-me entendimento conforme tua palavra.
170 Venha minha súplica diante de ti; livra-me conforme tua promessa.
171 Meus lábios falarão muitos louvores, pois tu me ensinas teus estatutos.

falarãoou “derramará louvor” (compare Sl 19:2); fará com que Teus louvores fluam como de uma fonte transbordante e transbordante.

172 Minha língua falará de tua palavra, porque todos os teus mandamentos são justiça.

Minha língua falará de tua palavra. Literalmente, “responderá à tua palavra”, isto é, com louvor, responderá à tua palavra. Toda expressão em que louvamos a Deus e à Sua Palavra é uma resposta ou reconhecimento correspondente às perfeições dAquele que louvamos (Sl 147:7). [JFU]

173 Que tua mão me socorra, porque escolhi seguir teus preceitos.

(Compare Sl 119:77,81,92).

escolhi…em preferência a todos os outros objetos de deleite.

174 Desejo tua salvação, SENHOR; e tua lei é o meu prazer.
175 Que minha alma viva e louve a ti; e que teus juízos me socorram.

Salve-me para que eu possa louvar a Ti.

teus juízos…como no Sl 119:149,156.

176 Tenho andado sem rumo, como uma ovelha perdida; busca a teu servo, pois eu não me esqueci de teus mandamentos.

Embora seja um errante de Deus, o verdadeiramente piedoso sempre deseja ser atraído de volta para Ele; e, embora por um tempo negligente, nunca esquece os mandamentos pelos quais é ensinado.

sem rumo…portanto, totalmente incapaz de se recuperar (Jr 50:6; Lc 15:4). Não somente o pecador antes da conversão, mas o crente após a conversão, é incapaz de se recuperar; mas este último, depois de vagar temporariamente, sabe a quem procurar restauração. Sl 119:175-176 parecem resumir as petições, confissões e profissões do Salmo. O escritor deseja o favor de Deus, que ele possa louvá-lo por sua verdade, confessa que errou, mas, no meio de todas os seus erros e adversidades, professa um apego permanente à Palavra revelada de Deus, o tema de tal elogios repetidos e a reconhecida fonte de tais grandes e não numerosas bênçãos. Assim, o Salmo, embora mais do que habitualmente didático, é o meio de ambas as partes da devoção – oração e louvor.

<Salmo 118 Salmo 119>

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.