Bíblia

Salmo 51

1 (Salmo de Davi, para o regente, quando o profeta Natã veio até ele, depois dele ter praticado adultério com Bate-Seba:)

Tem misericórdia de mim, ó Deus, conforme a tua bondade; desfaz minhas transgressões conforme a abundância de tuas misericórdias.

Um pedido de misericórdia é uma confissão de culpa.

desfaz – como de um registro.

transgressões – literalmente, “rebeliões” (Sl 19:13; Sl 32:1).

2 Lava-me bem de minha perversidade, e purifica-me de meu pecado.

Lave-me – A pureza e o perdão são desejados pelos verdadeiros arrependidos.

3 Porque eu reconheço minhas transgressões, e meu pecado está continuamente diante de mim.

diante de mim – convicção precede perdão; e, como um presente de Deus, é um pedido para isso (2Sm 12:13; Sl 32:5; 1Jo 1:9).

4 Contra ti, somente contra ti pequei, e fiz o mal segundo teus olhos; para que estejas justo no que dizeres, e puro no que julgares.

Contra ti – principalmente, e como os pecados contra os outros são violações da lei de Deus, em um sentido apenas.

que julgares – isto é, toda atenuação de seu crime é excluída; é a intenção em fazer essa confissão para reconhecer a justiça de Deus, por mais grave que seja a sentença.

5 Eis que em perversidade fui formado, e em pecado minha mãe me concebeu.

em perversidade (ou iniquidade) – Em Adão toda a raça humana caiu, de modo que seu pecado foi propagado pela reprodução; pois, assim como o castigo afeta toda a sua raça, mesmo aqueles que não o seguiram no pecado real (Rm 5:12-14), como as crianças, assim também o seu pecado (Jó 14:4). Isto é o que é denominado pecado original, uma mancha hereditária, em que desde o nosso nascimento somos inclinados ao mal. Cada pessoa nascida neste mundo merece a ira e a maldição de Deus. “Perversidade” (aawown) é sempre usada como culpado imputável. Compare Gn 5:3, em contraste com “Adão gerou um filho à sua semelhança, segundo a sua imagem”, equanto que“no dia em que Deus criou o homem à semelhança de Deus o fez” (Gn 8:21; Ef 2:3).

fui formado – hebraico “chowlaaltiy”; literalmente, trazido em meio a dores de parto.

e em pecado minha mãe me concebeu – não se referindo ao pecado de sua mãe, mas o seu, eu tive o embrião do pecado desde o meu nascimento, e até da minha própria concepção (Sl 58:3). [JFU]

6 Eis que tu te agradas da verdade interior, e no oculto tu me fazes conhecer sabedoria.

tu me fazes – pode ser tomado para expressar o gracioso propósito de Deus em vista de Sua requisição estrita; um propósito do qual Davi poderia ter se aproveitado como um exame ao seu amor natural pelo pecado, e, ao não fazê-lo, agravou sua culpa.

verdade esabedoria – são termos frequentemente usados ​​para piedade (compare Jó 28:28; Sl 119:30). [JFB]

7 Limpa-me do pecado com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e eu serei mais branco que a neve.

Limpa-mehissopo – O uso do hissopo aqui no ritual (Êx 12:22; Nm 19:6, 18) sugere a ideia da superioridade da expiação; “limpa-me” refere-se à satisfação ao sacrifício substitutivo (Nm 19:17-20).

8 Faça-me ouvir alegria e contentamento, e meus ossos, que tu quebraste, se alegrarão.

Faça-mealegria – perdoando-me, o que mudará a aflição para a alegria.

9 Esconde tua face de meus pecados, e desfaz todas as minhas perversidades.

Esconde…- Desvie o Seu olhar.

10 Cria em mim, ó Deus, um coração puro; e renova um espírito firme em meu interior.

Cria – uma obra do todo-poderoso.

um coração puro – um coração livre da mancha do pecado (Sl 24:4; Sl 73:1).

renova – implica que ele o possuiu; o princípio essencial de uma nova natureza não tinha sido perdido, mas sua influência foi interrompida (Lc 22:32); pois o Sl 51:11 mostra que ele não perdeu a presença e o Espírito de Deus (1Sm 16:13), embora tenha perdido a “alegria de sua salvação” (Sl 51:12), por cujo retorno ele ora.

espírito firme – literalmente “constante”, não cedendo à tentação. [JFB]

11 Não me rejeites de tua face, e não tires teu Espírito Santo de mim.
12 Restaura a alegria de tua salvação, e que tu me sustentes com um espírito de boa vontade.

espírito de boa vontade – Com uma alma voluntariamente conformada à lei de Deus, ele seria preservado em uma conduta correta.

13 Então eu ensinarei aos transgressores os teus caminhos, e os pecadores se converterão a ti.

Então – Este será o efeito desta graciosa obra.

caminhos – da providência e do dever humano (Sl 18:21, 30; Sl 32:8; Lc 22:32).

14 Livra-me das transgressões por derramamento de sangue, ó Deus, Deus de minha salvação; e minha língua louvará alegremente tua justiça.

Livra-me – ou liberta-me (Sl 39:8) da culpa do assassinato (2Sm 12:9-10; Sl 5:6).

justiça – como no Sl 7:17; Sl 31:1.

15 Abre, Senhor, os meus lábios, e minha boca anunciará louvor a ti.

Abreos meus lábios – removendo meu sentimento de culpa.

16 Porque tu não te agradas de sacrifícios, pois senão eu te daria; tu não te alegras de holocaustos.

O louvor é melhor do que o sacrifício (Sl 50:14), e implicando fé, arrependimento e amor, glorifica a Deus. Nos verdadeiros arrependidos, as alegrias do perdão se misturam à tristeza pelo pecado.

17 Os sacrifícios a Deus são um espírito quebrado em arrependimento ; tu não desprezarás um coração quebrado e triste.
18 Faze bem a Sião conforme tua boa vontade; edifica os muros de Jerusalém.

Faze bem – Não castigue a Tua Igreja por causa do meu pecado.

edifica os muros – é mostrar auxílio; compare o Sl 89:40, enquanto forma e ideia opostas.

19 Então tu te agradarás dos sacrifícios de justiça, dos holocaustos, e das ofertas queimadas; então oferecerão bezerros sobre teu altar.

Reconciliado com Deus, os sacrifícios materiais serão aceitáveis ​​(Sl 4:5; compare com Is 1:11-17).

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – 09 de janeiro de 2018. Referências: