Bíblia

Salmo 118

1 Agradecei ao SENHOR, porque ele é bom; pois sua bondade dura para sempre.

pois sua bondade – ou “porque sua misericórdia”.

2 Diga agora Israel, que sua bondade dura para sempre.
3 Diga agora casa de Arão, que sua bondade dura para sempre.
4 Digam agora os que temem ao SENHOR, que sua bondade dura para sempre.
5 Na angústia clamei ao SENHOR; e o SENHOR me respondeu, e me pôs num lugar amplo.

Na angustia – literalmente, “no estreito”, ao qual corresponde o “lugar amplo”, como no Sl 4:1; Sl 31:8.

6 O SENHOR está comigo, não temerei; o que poderá me fazer o homem?

Os homens são incapazes de feri-lo, se Deus estiver com ele (Sl 56:9), e se forem inimigos, estes serão derrotados (Sl 54:7).

7 O SENHOR está comigo entre os que ajudam; por isso verei o fim daqueles que me odeiam.
8 Melhor é buscar refúgio no SENHOR do que confiar no homem.

Mesmo os homens mais poderosos são menos confiáveis ​​que Deus.

9 Melhor é buscar refúgio no SENHOR do que confiar em príncipes.
10 Todas as nações me cercaram; mas foi no nome do SENHOR que eu as despedacei.

Embora tão numerosas e irritantes quanto as abelhas (Sl 118:12), pela ajuda de Deus seus inimigos seriam destruídos.

11 Cercaram-me, cercaram-me mesmo; mas foi no nome do SENHOR que eu as despedacei.
12 Cercaram-me como abelhas, mas se apagaram como fogo de espinhos; porque foi no nome do SENHOR que eu as despedacei.

como o fogo de espinhos – de repente.

no nome do SENHOR – pelo poder do SENHOR (Sl 20:5; Sl 124:8).

13 Com força me empurraste para que eu caísse; mas o SENHOR me ajudou.

O inimigo é triunfalmente tratado como se estivesse presente.

14 O SENHOR é minha força e minha canção, porque ele tem sido minha salvação.
15 Nas tendas dos justos há voz de alegria e salvação; a mão direita do SENHOR faz proezas.

alegria e salvação – a salvação como causa da alegria.

16 A mão direita do SENHOR se levanta; a mão direita do SENHOR faz proezas.

a mão direitase levanta – Seu poder grandemente mostrado

17 Eu não morrerei, mas viverei; e contarei as obras do SENHOR.

Ele viveria, porque confia que sua vida seria para a glória de Deus.

18 É verdade que o SENHOR me castigou, porém ele não me entregou à morte.
19 Abri para mim as portas da justiça; entrarei por elas e louvarei ao SENHOR.

Se uma entrada real ou figurada na casa de Deus deve ser entendida, o propósito do louvor solene é indicado, no qual somente o justo deveria ou poderia se engajar.

20 Esta é a porta do SENHOR, pela qual os justos entrarão.
21 Eu te louvarei porque tu me respondeste e me salvaste.
22 A pedra que os construtores rejeitaram se tornou cabeça de esquina.

Estas palavras são aplicadas por Cristo (Mt 21:42) para Si mesmo, como o fundamento da Igreja (compare At 4:11; Ef 2:20; 1Pe 2:4, 7). Ela pode aqui denotar a maravilhosa exaltação de Deus ao poder e influência daquele a quem os governantes da nação desprezavam. Quer (veja no Sl 118:1) Davi ou Zorobabel (compare Ag 2:2; Zc 4:7-10) sejam primariamente entendidos, há aqui tipicamente representados os feitos mais maravilhosos de Deus em exaltar a Cristo, crucificado como impostor, para ser o Príncipe e Salvador e Cabeça de Sua Igreja.

23 Pelo SENHOR isto foi feito, e é maravilhoso aos nossos olhos.
24 Este é o dia em que o SENHOR agiu; alegremos e enchamos de alegria nele.

Este é o dia – ou período distinguido de todos os outros pelo favor de Deus.

25 Ah, SENHOR, salva-nos! Ah, SENHOR, faze-nos prosperar!

salva-nos – hebraico, “Hosana” (compare Sl 115:2) é uma forma de oração (Sl 20:9), em uso no nosso louvor.

26 Bendito aquele que vem no nome do SENHOR; nós vos bendizemos desde a casa do SENHOR.

aquele que vem no nome do SENHOR – Isso pode ser aplicado ao chefe visível da Igreja Judaica entrando no santuário, como liderando a procissão; tipicamente pertence àquele de quem a frase se tornou um epíteto, Cristo Jesus (Ml 3:1; Mt 21:9).

27 O SENHOR é o verdadeiro Deus, que nos deu luz; atai os sacrifícios da festa, para levá-los aos chifres do altar.

nos deu luz – ou favor (Sl 27:1; Sl 97:11). Com a vítima do sacrifício trazida amarrada ao altar está unida a oferta mais espiritual de louvor (Sl 50:14, 23), expressa nos termos com os quais o Salmo foi aberto.

28 Tu és meu Deus, por isso eu te louvarei. Eu te exaltarei, meu Deus.
29 Agradecei ao SENHOR, porque ele é bom; pois sua bondade dura para sempre.
<Salmo 117 Salmo 119>

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.