Bíblia

Colossenses 3

Aviso Quer estudar a Bíblia e não sabe por onde começar? Conheça o nosso curso: Como Estudar a Bíblia? Ele é gratuito, online e pode ser iniciado agora mesmo! Clique aqui e saiba mais.


1 Portanto, se fostes ressuscitados com Cristo, buscai as coisas de cima, onde Cristo está sentado à direita de Deus.

ressuscitados com Cristo (compare com Cl 2:12,13,20Rm 6:4,5,9-11Gl 2:19,20Ef 1:19,20; 2:5,6). A referência é definitivamente ao batismo deles (Cl 2:12), e à ressurreição espiritual por ele simbolizada. Tal como em Cl 2:20, um padrão de comportamento é deduzido do fato de terem morrido com Cristo, assim também aqui, outro é estabelecido em sua ressurreição com ele. Eles então iniciaram uma vida de santidade. Daí em diante, eles eram servos de Cristo ascendido e cidadãos do reino celestial. Eles foram consagrados à busca das coisas do alto, santas e celestiais. [Whedon, 1874]

buscai as coisas de cima (compare com Cl 3:2Sl 16:11; 17:14,15; 73:25,26Pv 15:24Mt 6:20,33Lc 12:33Rm 8:62Co 4:18Fp 3:20,21Hb 11:13-16).

onde Cristo está sentado à direita de Deus (compare com Sl 110:1Mt 22:44; 26:64Mc 12:36; 14:62; 16:19Lc 20:42; 22:69At 2:34; 7:55Rm 8:34Ef 1:20; Hb 1:3,13; 8:1; 10:12; 12:21Pe 3:22).

2 Pensai nas coisas de cima, não nas que estão na terra.

Pensai nas coisas de cima (compare com Cl 3:11Cr 22:19; 29:3Sl 62:10; 91:14; 119:36,37Pv 23:5Ec 7:14Mt 16:23Rm 8:4-6Fp 1:231Jo 2:15-17).

3 Pois já morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

já morrestes [de uma vez por todas com Cristo, em quem vocês são um pela fé]. Compare com Cl 2:20Rm 6:2,4,7,10; Gl 2:20. Não se diz, Você deve morrer literalmente ao mundo para se tornar morto com Cristo; mas isto é tido como realizado de uma vez por todas por Cristo, nosso Representante, com quem nos identificamos na regeneração: então, desenvolva esta vida espiritual na prática. “Ninguém anseia pela vida eterna, incorruptível e imortal, a menos que esteja cansado desta vida temporal, corruptível e mortal” (Agostinho).

vossa vida está escondida com Cristo (compare com Cl 3:4; 1:52:3Mt 11:25; Jo 3:16; 4:14; 5:21,24,40; 6:39,40; 10:28-30; 14:19Rm 5:10,21; 8:2,34-39; 1Co 2:14; 15:45;  2Co 5:7; Fp 4:7; Hb 7:251Pe 1:3-5; 3:41Jo 3:2Ap 2:17) – como uma semente enterrada na terra (compare com Rm 6:5). Como a glória de Cristo agora está escondida do mundo, assim também a glória da vida interior dos crentes, procedendo da comunhão com Ele, ainda está escondida com Cristo em Deus; mas (Cl 3:4) quando Cristo, a sua Fonte e Essência, se manifestar em glória, então a sua vida escondida será manifestada. A comunhão secreta do cristão com Deus, às vezes, torna-se manifesta sem a sua intenção (Mt 5:14,16); mas sua plena manifestação está na manifestação de Cristo (Mt 13:43; Rm 8:19-23). “Ainda não está manifesto o que seremos” (1Jo 3:2; 1Pe 1:7). Por enquanto, os cristãos ainda nem sempre reconhecem a “vida” uns dos outros, e mesmo por vezes duvidam da sua própria vida, tão fraca é, e tão assediada pelas tentações (Sl 51:1-19; Rm 7:1-25).

em Deus – a quem Cristo ascendeu. Nossa “vida está reservada”  para nós em Deus (Cl 1:5), e é assegurada pelo decreto daquele que é invisível para o mundo (2Tm 4:8). [JFU, 1871]

4 Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com ele em glória.

Cristonossa vida (compare com Jo 11:25; 14:6; 20:31At 3:15Gl 2:202Tm 1:11Jo 1:1,2; 5:12Ap 2:7; 22:1,14).

se manifestar (compare com 1Tm 6:142Tm 4:8Tt 2:13Hb 9:281Pe 5:41Jo 2:28; 3:2).

também vós vos manifestareis com ele em glória (compare com Sl 17:15; 73:24Is 25:8,9Mt 13:43Jo 6:39,40; 14:3; 17:241Co 15:432Co 4:17Fp 3:211Ts 4:172Ts 1:10-12Jd 1:24). A vida espiritual que nossas almas têm agora Nele será estendida aos nossos corpos (Rm 8:11).

Os que esperam uma igreja perfeita antes disso erram. A verdadeira Igreja é agora militante. Roma erra ao tentar estabelecer agora uma Igreja reinante e triunfante. A Igreja será visivelmente perfeita e reinante, quando Cristo for visivelmente manifestado como a sua Cabeça reinante. Roma, tendo deixado de procurar por Ele em paciente fé, montou uma fachada visível, uma falsa antecipação do reino milenar. O papado usurpou aquela glória que é um objeto de esperança, e só pode ser alcançada carregando a cruz. Quando a Igreja se tornou uma prostituta, ela deixou de ser uma noiva que vai ao encontro de seu Noivo. Assim, o reino milenar deixou de ser procurado (Auberlen). [JFU, 1871]

5 Portanto, mortificai tudo o que pertencente a vossa natureza terrena: o pecado sexual, a impureza, a paixão depravada, o desejo maligno, e a ganância, que é idolatria.

mortificai (compare com Rm 6:6; 8:13Gl 5:24Ef 5:3-6). Já que vocês estão mortos para o pecado e o mundo, e aparecerão com Cristo nas glórias de seu reino, dominem toda inclinação carnal e maligna de natureza de vocês. A palavra “mortificai” significa “matai”, e o significado aqui é que eles deviam subjugar inteiramente suas tendências malignas, de modo que estas não tivessem qualquer resquício de vida; isto é, eles de modo algum deveriam satisfazê-las. [Barnes, 1870]

natureza terrena (compare com Rm 6:13Rm 7:5,23Tg 4:1) – literalmente, “membros que estão sobre a terra” (BKJ).

pecado sexual (compare com Mt 15:19Mc 7:21,22Rm 1:291Co 5:1,10,11; 6:9,13,182Co 12:21Gl 5:19-21Ef 5:31Ts 4:3Hb 12:16; 13:4Ap 21:8; 22:15) – “fornicação” (BKJ); “prostituição” (A21); “imoralidade sexual” (NVI).

paixão depravada (compare com Rm 1:261Ts 4:5) – “afeição desordenada” (BKJ); “paixões” (NAA).

desejo maligno (compare com Rm 7:7,81Co 10:6-8Ef 4:191Pe 2:11) – “vil concupiscência” (BKJ).

avareza (compare com 1Co 6:10Gl 5:19-21) – “ganância” (NVI).

6 Por causa dessas coisas que vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência.

Por causa dessas coisas que vem a ira de Deus (compare com Rm 1:18Ef 5:6Ap 22:15).

sobre os filhos da desobediência (compare com Is 57:4Ez 16:45,46Ef 2:2,31Pe 1:142Pe 2:14). Algumas traduções (NVT, TB) omitem essa parte.

7 Nessas coisas também vós andastes antes, quando vivíeis nelas.

andastes antes, quando vivíeis nelas – Esses pecados foram o próprio elemento em que você “viveu” (antes de você se tornar uma vez para sempre morto com Cristo para eles); Não é de admirar, portanto, que você “andou” neles. Compare do lado oposto, “vivendo no Espírito”, tendo como sua consequência legítima, “andar no Espírito” (Gl 5:25). A “vida” vem em primeiro lugar em ambos os casos, a caminhar segue-se. [JFB]

8 Mas agora, abandonai, vós também, todas estas coisas: a ira, a fúria, a malícia, a maledicência, e as palavras vergonhosas da vossa boca.

Mas agora – que não estais mais vivendo neles.

abandonai – “Despojai-vos também vós de tudo isto”, isto é, dos que acabam de ser enumerados, e dos que seguem (Alford).

vós também – como outros crentes; respondendo a “vós também” (Cl 3:7) como outros incrédulos antigamente.

ira, fúria – (Veja Ef 4:31).

maledicência – em vez disso, “injuriar”, “falar mal”, como é traduzido em Ef 4:31.

palavras vergonhosas – O contexto favorece a tradução, “linguagem abusiva”, ao invés de conversa impura. “Linguagem suja” retém melhor a ambiguidade do original. [JFB]

9 Não mintais uns aos outros, pois já vos despistes do velho ser humano com os seus costumes,

(Ef 4:25)

despistes – grego, “totalmente despojado”; totalmente renunciado (Tittmann). (Ef 4:22).

do velho ser humano – a natureza não regenerada que vocês tinham antes da conversão.

seus costumes – hábitos de agir. [JFB]

10 e vos revestistes do novo, que se renova em conhecimento, conforme a imagem daquele que o criou.

do novo – (Veja em Ef 4:23). Aqui, o grego significa “a natureza recém-colocada”, que recebeu recentemente na regeneração (ver Ef 4:23-24).

que se renova – grego, “que está sendo renovado” (“anakainottmenou”), ou seja, o seu desenvolvimento em uma natureza perfeitamente renovada está continuamente progredindo para a conclusão.

em conhecimento – sim como o grego, “até o conhecimento perfeito” (ver em Cl 1:6; veja em Cl 1:9-10). O perfeito conhecimento de Deus exclui todo pecado (Jo 17:3).

conforme a imagem daquele que o criou – a saber, de Deus que criou o novo homem (Ef 2:104:24). A nova criação é análoga à primeira criação (2Co 4:6). Assim como o homem foi feito à imagem de Deus naturalmente, agora também espiritualmente. Mas a imagem de Deus formada em nós pelo Espírito de Deus é tão mais gloriosa quanto a de Adão, pois o segundo homem, o Senhor do céu, é mais glorioso do que o primeiro homem. Gn 1:26: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança”. A “imagem” é reivindicada para o homem, 1Co 11:7; a “semelhança”, Tiago 3:9. Orígenes (Sobre os Primeiros Princípios, 3:6) ensinou, a imagem era algo em que todos foram criados, e que continuou a ser o homem após a queda (Gn 9:6). A semelhança era algo para o qual o homem foi criado, para que ele pudesse se esforçar e alcançá-la. Trench pensa que Deus na dupla declaração (Gn 1:26), contempla a primeira criação do homem e seu ser “renovado em conhecimento segundo a imagem dAquele que O criou “. [JFB]

11 Nisso não há grego, nem judeu, nem circunciso, nem incircunciso, bárbaro, cita, escravo, nem livre; mas Cristo é tudo, e em todos.

Compare com Sl 117:2Is 19:23-25; 49:6; 52:10; 66:18-22Jr 16:19Os 2:23Am 9:12Mq 4:2Zc 2:11; 8:20-23Ml 1:11Mt 12:18-21At 10:34,35; 13:46-48; 15:17; 26:17,18Rm 3:29; 4:10,11; 9:24-26; 9:30,31; 10:12; 15:9-131Co 12:13Gl 3:28Ef 3:6.

não há grego, nem judeu – ou seja, todos estão no mesmo nível; não há distinção de nação na igreja; todos devem ser considerados e tratados como irmãos e, portanto, ninguém deve ser falso, ou mentir para outro.

nem circunciso (compare com 1Co 7:19Gl 5:6; 6:15), nem circunciso. Ninguém é admitido nesse povo abençoado porque é circuncidado; ninguém é excluído por ser incircunciso. Essa distinção é desconhecida e todos estão no mesmo nível.

bárbaro (compare com At 28:2,4Rm 1:141Co 14:11).

escravo (compare com 1Co 7:21,22Ef 6:8).

mas Cristo é tudo (compare com Cl 2:101Co 1:29,30; 3:21-23Gl 3:29; 6:14Fp 3:7-91Jo 5:11,122Jo 1:9), e em todos (compare com Jo 6:56,57; 14:23; 15:5; 17:23Rm 8:10,11Gl 2:20Ef 1:23; 3:171Jo 5:20). O grande aspecto que constitui a singularidade da igreja é que Cristo é o seu Salvador, e que todos são seus amigos e seguidores. Os seus membros põem de lado todas as outras distinções, e são conhecidos apenas como seus amigos. Eles não são conhecidos como judeus e gentios; como desta ou daquela nação; como escravos ou livres, mas são conhecidos como cristãos; distinguidos de toda a humanidade como os amigos unidos do Redentor. [Barnes, 1870]

12 Por isso, como escolhidos de Deus, santos e amados, revesti-vos de sentimentos de misericórdia, bondade, humildade, mansidão, e paciência.

como escolhidos de Deus (compare com Is 42:1; 45:4; 65:9,22Mt 24:22,24,31Mc 13:20,22,27Lc 18:7Rm 8:29-33; 9:11; 11:5-72Tm 2:10Tt 1:11Pe 1:22Pe 1:102Jo 1:13Ap 17:14). O fato de que vocês pertencerem a uma e mesma igreja; de que foram redimidos pelo mesmo sangue e escolhidos pela mesma graça, e de que são todos irmãos, deve levá-los a manifestar um espírito de bondade, mansidão e amor. [Barnes, 1870]

santos (compare com Rm 8:29Ef 1:41Ts 1:3-62Ts 2:13,14).

amados (compare com Jr 31:3Ez 16:8Rm 1:7Ef 2:4,52Tm 1:9Tt 3:4-61Jo 4:19).

revesti-vos (compare com Cl 3:10Ef 4:24).

sentimentos (compare com Is 63:15Jr 31:20Lc 1:78Fp 1:8Fp 2:11Jo 3:17) de misericórdia (compare com Rm 12:9,10Gl 5:6,22,23Ef 4:2,32Fp 2:2-41Ts 5:15Tg 3:17,181Pe 3:8-112Pe 1:5-81Jo 3:14-20) – literalmente, “entranhas de misericórdia” (BKJ).

13 Suportai-vos uns aos outros, e perdoai-vos mutuamente, caso alguém tiver queixa contra outro. Como o Senhor vos perdoou, assim também fazei.

Suportai-vos uns aos outros (compare com Rm 15:1,22Co 6:6Gl 6:2Ef 4:2,32).

perdoai-vos mutuamente (compare com Mt 5:44; 6:12,14,15; 18:21-35Mc 11:25Lc 6:35-37; 11:4; 17:3,4; 23:34Tg 2:13), caso alguém tiver queixa contra outro (compare com Mt 18:15-171Co 6:7,8). A ideia é que, se outro nos deu a oportunidade justa de queixa, devemos perdoá-lo; ou seja: (1) não devemos guardar amargura contra ele; (2) devemos estar prontos para lhe fazer bem, como se ele não nos tivesse dado ocasião de queixa; (3) devemos estar dispostos a declarar que o perdoamos quando ele o pedir; e, (4) devemos sempre tratá-lo tão bem como se ele não nos tivesse feito mal – como Deus nos trata quando nos perdoa.

Como o Senhor vos perdoou (compare com Lc 5:20-24; 7:48-502Co 2:10Ef 4:32; 5:21Pe 2:21), assim também fazei. Cristo nos perdoou: (1) livremente – ele não hesitou ou demorou quando lhe pedimos; (2) inteiramente – ele perdoou todas as nossas ofensas; (3) para sempre – ele fez isso para não mais se lembrar de nossos pecados e para nos tratar para sempre como se não tivéssemos pecado. Portanto, devemos perdoar um irmão que nos ofende. [Barnes, 1870]

14 E acima de tudo isto, revesti-vos do amor, que é o vínculo da perfeição.

amor (compare com Cl 2:2Jo 13:34; 15:12Rm 13:81Co 13:1-13Ef 5:21Ts 4:91Tm 1:51Pe 4:82Pe 1:71Jo 3:23; 4:21).

o vínculo da perfeição (compare com Ef 1:4; 4:31Jo 4:7-12) – ou seja, o “amor que une todos nós em perfeita harmonia” (NVT).

15 E a paz de Cristo, para a qual também fostes chamados em um só corpo, governe em vossos corações. E sede agradecidos.

Em outras palavras, “Que a paz de Cristo seja o juiz em seus corações, visto que vocês foram chamados a viver em paz, como membros de um só corpo” (NVI).

a paz de Cristo (compare com Sl 29:11Is 26:3; 27:5; 57:15,19Jo 14:27; 16:33Rm 5:1; 14:17; 15:132Co 5:19-21Ef 2:12-18; 5:1Fp 4:7) – ou então, “a paz de Deus” (ACF, BKJ).

para a qual também fostes chamados em um só corpo (compare com 1Co 7:15Ef 2:16,17; 4:4,16).

E sede agradecidos (compare com Cl 3:17; 1:12; 2:7Sl 100:4; 107:22; 116:17Jn 2:9Lc 17:16-18Rm 1:212Co 4:15; 9:11Ef 5:20Fp 4:61Ts 5:181Tm 2:1Hb 13:15Ap 7:12).

16 A palavra de Cristo habite abundantemente em vós; ensinem e aconselhem-se uns aos outros em toda a sabedoria; louvem a Deus com salmos, hinos, e cânticos espirituais, com gratidão no vosso coração.

A palavra de Cristo (compare com Jo 5:39,402Tm 3:15Hb 4:12,131Pe 1:11,12Ap 19:10habite (compare com Dt 6:6-9; 11:18-20Jó 23:12Sl 119:11Jr 15:16Lc 2:51Jo 15:71Jo 2:14,24,272Jo 1:2).

abundantemente (compare com 1Tm 6:17Tt 3:6).

ensinem e aconselhem-se uns aos outros (compare com Cl 1:28Rm 15:141Ts 4:181Ts 5:11,122Ts 3:15Hb 12:12-15) em toda sabedoria (compare com Cl 1:91Rs 3:9-12,28Pv 2:6,7; 14:8; 18:1Ef 1:17; 5:17Tg 1:5; 3:17).

louvem a Deus (compare com Sl 28:7; 30:11,12; 47:6,7; 63:4-6; 71:23; 103:1,2; 138:11Co 14:15).

com salmos, hinos (compare com Mt 26:301Co 14:26Ef 5:19Tg 5:13).

e cânticos (compare com 1Cr 25:7Ne 12:46Sl 32:7; 119:54Ct 1:1Is 5:1; 26:1; 30:29Ap 5:9; 14:3; 15:3) espirituais. Não necessariamente inspirados, como as Escrituras, mas repletos de verdades espirituais. No entanto, há possibilidade, com base na recente menção à “palavra de Cristo”, que os “cânticos” aqui referidos sejam decorrentes de autoria inspirada. [Cambridge, 1898]

17 E tudo quanto fizerdes, por palavras ou por ação, fazei em nome do Senhor Jesus, dando por meio dele graças ao Deus Pai.

tudo quanto fizerdes (compare com Cl 3:232Cr 31:20,21Pv 3:6Rm 14:6-81Co 10:31).

por palavras ou por ação (compare com 2Ts 2:171Jo 3:18).

em nome do Senhor Jesus (compare com Mq 4:5Mt 28:19At 4:30; 19:17Fp 1:111Ts 4:1,2) – como discípulos chamados pelo Seu nome; desejando agir de modo a obter Sua aprovação (Rm 14:8; 1Co 10:31; 2Co 5:15 1Pe 4:11). Compare “no Senhor” (Cl 3:18) e “Cristo é tudo” (Cl 3:11). [JFU, 1871]

dando por meio dele graças (compare com Cl 1:12; 2:7Rm 1:8Ef 5:201Ts 5:18Hb 13:151Pe 2:5,9; 4:11).

Deus Pai (compare com Ef 1:17Fp 2:111Ts 1:1Hb 1:51Jo 2:23).

18 Mulheres, sede submissas aos vossos maridos, como convém no Senhor.

como convém no Senhor – Implicando que houve em Colossos algum grau de falha no cumprimento deste dever, “como era vosso dever ter feito como discípulas do Senhor”. [JFB]

19 Maridos, amai às esposas, e não as trateis amargamente.

(Ef 5:22-23)

não as trateis amargamente – mal-humorado e provocador. Muitos que são educados fora de casa são rudes e amargos em casa. [JFB]

20 Filhos, obedecei em tudo aos pais, porque isso é agradável ao Senhor.

(Ef 6:1)

ao Senhor – Os manuscritos mais antigos dizem: “No Senhor”, isto é, isso é aceitável a Deus quando é feito no Senhor, a saber, a partir do princípio da fé, e como discípulos em união com o SENHOR. [JFB]

21 Pais, não provoqueis aos vossos filhos, para que não percam o ânimo.

(Ef 6:4). É um verbo grego diferente, portanto traduza aqui, “não irriteis”. Aos pais só ficarem apontando falhas, os “filhos” são “desencorajados” ou “desanimados”. Um espírito abatido é fatal para os jovens (Bengel). [JFB]

22 Escravos, obedecei em tudo aos vossos senhores segundo a carne, não servindo apenas quando observados, como que para satisfazer às pessoas, mas sim, com sinceridade de coração, temendo ao Senhor.

(Ef 6:5-5). Isto é temer a Deus, quando, embora ninguém nos veja, não fazemos mal algum; mas se fazemos mal, não é a Deus, mas aos homens que tememos.

sinceridade – “simplicidade de coração”. [JFB]

23 Tudo quanto fizerdes, fazei de coração, como para o Senhor, e não para as pessoas.

fizerdes, fazei – dois verbos gregos distintos, “tudo o que você faz, trabalhe nisso”.

de coração – não por constrangimento, mas com boa vontade. [JFB]

24 Pois sabeis que recebereis do Senhor a recompensa da herança; servi ao Senhor Cristo.

a recompensa da herança – “Sabendo que é do Senhor (a fonte última de recompensa), que recebereis a compensação (ou recompensa, que fará amplas reparações por não terdes agora posse terrena como escravos) consistindo da herança”. (Um termo excluindo a noção de merecimento pelas obras: é tudo da graça, Rm 4:14; Gl 3:18). [JFB]

25 Pois aquele que fizer injustiça receberá conforme a injustiça que cometer; e não há acepção de pessoas.

Pois… – Ele se dirige aos escravos: Servi ao Senhor Cristo, e deixe seus erros em Suas mãos para colocar em ordem: (Porque) aquele que faz o mal receberá de volta o erro que ele fez (por justa retribuição em espécie), e não há diferenciação de pessoas” com o Grande Juiz no dia do Senhor (Ap 6:15). [JFB]

<Colossenses 2 Colossenses 4>

Visão geral de Colossenses

Na carta aos Colossenses, “Paulo encoraja os cristãos de Colossos a verem Jesus como o centro de tudo aquilo que existe, para que eles não cedam às pressões de outras religiões”. Para uma visão geral desta carta, assista ao breve vídeo abaixo produzido pelo BibleProject. (9 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução à Epístola aos Colossenses.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – setembro de 2020.