Bíblia, Revisar

Jó 23

Mensagem importante
Olá visitante do Apologeta! Vou direto ao ponto: peço que você me ajude a manter este projeto. Atualmente a renda gerada através dos anúncios são insuficientes para que eu me dedique exclusivamente a ele. Se cada pessoa que ler essa mensagem hoje, doar o valor de R$10.00, eu poderia me dedicar integralmente ao Apologeta pelo próximo ano e ainda remover todas as propagandas do site (que eu sei que são um pouco incômodas). Tenho um propósito ousado com este site: traduzir e disponibilizar gratuitamente conteúdo teológico de qualidade. O que inclui um dicionário bíblico completo (+4000 verbetes) e comentário de todos os 31.105 versículos da Bíblia. Faça parte deste projeto e o ajude a continuar crescendo. Obrigado!

Resposta de Jó

1 Porém Jó respondeu, dizendo:
2 Até hoje minha queixa é uma amargura; a mão de Deus sobre mim é mais pesada que meu gemido.

hoje – sugerindo, talvez, que o debate foi realizado por mais de um dia (veja em Introdução).

amargo – (Jó 7:11; Jó 10: 1).

meu golpe – a mão de Deus em mim (Margin, Job 19:21; Sl 32: 4).

é mais pesada que – é tão pesado que não posso me aliviar adequadamente gemendo.

3 Ah se eu soubesse como poderia achá-lo! Então eu me chegaria até seu trono.

O mesmo desejo de Jó 13: 3 (compare com Hb 10: 19-22).

trono – A ideia em hebraico é um trono bem preparado (Salmo 9: 7).

4 Apresentaria minha causa diante dele, e encheria minha boca de argumentos.

ordenar – afirmar metodicamente (Jó 13:18; Is 43:26).

encheria  – eu teria abundância de argumentos para aduzir.

5 Eu saberia as palavras que ele me responderia, e entenderia o que me diria.

Eu – enfático: pouco importa o que o homem possa dizer de mim, se eu souber o que Deus julga de mim.

6 Por acaso ele brigaria comigo com seu grande poder? Não, pelo contrário, ele me daria atenção.

Uma objeção sugere a si mesma, enquanto ele profere o desejo (Jó 23: 5). Por meio deste desejo que Ele deveria pleitear contra mim com Sua onipotência? Então! (Jó 9:19; Jó 9:34; Jó 13:21; Jó 30:18).

poder – de modo a prevalecer com Ele: como no caso de Jacob (Os 12: 3, Os 12: 4). Umbreit e Maurer melhor traduzem como em Jó 4:20 (eu apenas desejo que Ele) “atendesse a mim”, isto é, me dê uma audiência paciente como um juiz comum, não usando Sua onipotência, mas somente Seu conhecimento divino do meu inocência.

7 Ali o íntegro pleitearia com ele, e eu me livraria para sempre de meu Juiz.

Lá, em vez disso, “Então”: se Deus iria “participar” de mim (Jó 23: 6).

justo – isto é, o resultado da minha disputa seria, Ele me reconheceria como justo.

entregue – a partir de suspeita de culpa por parte do meu juiz.

8 Eis que se eu for ao oriente, ele não está ali; se for ao ocidente, e não o percebo;

Os geógrafos hebreus enfrentavam o leste, isto é, o nascer do sol: não o norte, como fazemos. Então, “antes” significa leste: “atrás”, oeste (assim os hindus). Para, “antes” – leste: Apara, “atrás” – oeste: Daschina, “a mão direita” – sul: Bama, “esquerda” – norte. Uma referência semelhante ao nascer do sol aparece no nome Ásia, “nascer do sol”, Europa, “pôr do sol”; nomes babilônicos puros, como mostra Rawlinson.

9 Se ao norte ele opera, eu não o vejo; se ele se esconde ao sul, não o enxergo.

opera – as obras gloriosas de Deus são especialmente vistas na região norte do céu por uma no hemisfério norte. A antítese está entre Deus trabalhando e ainda não sendo contemplado: como em Jó 9:11, entre “Ele passa” e “eu não o vejo”. Se o hebraico o suporta, o paralelismo com a segunda sentença é mais adequado traduzindo, como Umbreit, “esconde-se”; mas então a antítese para “eis” seria perdida.

hideth – apropriadamente, do sul inexplorado, então considerado inabitável por causa de seu calor (veja Jó 34:29).

10 Porém ele conhece meu caminho: Provar-me-á, e sairei como ouro.

Porém – corrigindo-se pelo desejo de que sua causa seja conhecida diante de Deus. O Onisciente já conhece o caminho em mim (meus princípios interiores: Seu caminho exterior ou curso de ações é mencionado em Jó 23:11. Então, em mim, Jó 4:21); embora por alguma causa inescrutável Ele ainda se esconde (Jó 23: 8; Jó 23: 9).

quando – deixe-o somente mas tente minha causa, eu devo, etc.

11 Meus pés seguiram seus passos; guardei seu caminho, e não me desviei.

realizada – rápido por seus passos. A lei está na poesia do Antigo Testamento considerada como um caminho, Deus indo diante de nós como nosso guia, em cujos passos devemos pisar (Salmo 17: 5).

desviei – (Salmo 125: 5).

12 Nunca retirei de mim o preceito de seus lábios, e guardei as palavras de sua boca mais que minha porção de comida .

Estimado – sim, “acalmado”, ou seja, como um tesouro encontrado (Mt 13:44; Sl 119: 11); aludindo às palavras de Elifaz (Jó 22:22). Não havia necessidade de me dizer isso; Eu já fiz isso (Jr 15:16).

porção  – “Porção designada” (de comida; como em Pv 30: 8). Umbreit e Maurer traduzem: “Mais que minha lei”, minha própria vontade, em antítese às “palavras da sua boca” (Jo 6:38). Provavelmente sob o termo geral, “o que é designado para mim” (o mesmo hebraico está em Jó 23:14), todos os ministros aos apetites do corpo e da vontade carnal estão incluídos.

13 Porém se ele está decidido, quem poderá o desviar? O que sua alma quiser, isso fará.

em uma mente – apesar de minha inocência, Ele está inalterado em Seu propósito de provar que sou culpado (Jó 9:12).

alma – a sua vontade (Salmo 115: 3). A soberania de Deus. Ele tem um grande propósito; nada é casual; tudo tem seu lugar adequado com vistas ao Seu propósito.

14 Pois ele cumprirá o que está determinado para mim; ele ainda tem muitas coisas como estas consigo.

muitas coisas – Ele ainda tem muitos mais desses males para mim, embora escondidos em Seu peito (Jó 10:13).

15 Por isso eu me perturbo em sua presença. Quando considero isto ,tenho medo dele.

Os decretos de Deus, impossíveis de serem resistidos, e nos deixando no escuro quanto ao que pode vir a seguir, são calculados para encher a mente com santo respeito (Barnes).

16 Deus enfraqueceu meu coração; o Todo-Poderoso tem me perturbado.

enfraqueceu – fraca; derreteu minha coragem. Aqui novamente a linguagem de Jó é a de Jesus Cristo (Sl 22:14).

17 Pois não estou destruído por causa das trevas, nem por causa da escuridão que encobriu meu rosto.
Porque eu não fui levado pela morte do mal por vir (literalmente, “de diante da face das trevas”, Is 57: 1). Aludindo às palavras de Elifaz (Jó 22:11), “escuridão”, isto é, calamidade.

cortado – em vez disso, no sentido árabe, trazido para a terra do silêncio; minha triste queixa silenciada na morte (Umbreit). “Escuridão” na segunda cláusula, não a mesma palavra hebraica como na primeira, “nuvem”, “obscuridade”. Em vez de “cobrir a nuvem (do mal) do meu rosto”, ele “me cobre” com ela (Jó 22:11).

<Jó 22 Jó 24>

Leia também uma introdução ao livro de Jó.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.

Conteúdos recomendados