Bíblia, Revisar

Josué 18

A divisão do restante da terra

1 E toda a congregação dos filhos de Israel se juntou em Siló, e assentaram ali o tabernáculo do testemunho, depois que a terra lhes foi sujeita.

toda a congregação dos filhos de Israel se juntou em Siló – O corpo principal dos israelitas havia sido diminuído pela separação das três tribos, Judá, Efraim e Manassés, em suas respectivas parcelas; e tendo o país sido em grande medida subjugado, o acampamento foi removido para Siló (agora Seilun). Era vinte ou vinte e cinco milhas ao norte de Jerusalém, doze ao norte de Betel e dez ao sul de Siquém, e emboscadas em um vale acidentado e romântico. Este local confiscado no coração do país pode ter sido recomendado pelos ditames da conveniência. Ali, a distribuição do território poderia ser mais convenientemente feita, norte, sul, leste e oeste, para as diferentes tribos. Mas “o tabernáculo da congregação também foi estabelecido lá”, e sua remoção deve ter sido feita ou sancionada por intimação divina (Dt 12:11). Permaneceu em Siló por mais de trezentos anos (1Sm 4:1-11).

2 Mas haviam restado nos filhos de Israel sete tribos, às quais ainda não haviam repartido sua possessão.

– A escolha de Siló para a sede da adoração, juntamente com a consequente remoção do campo para lá, necessariamente interromperam a fundição de lotes, que foi iniciada fixando localidades para o tribos de Judá e José. Várias causas levaram a um longo atraso na sua retomada. A satisfação das pessoas com a mudança para um distrito tão agradável e fértil, a preferência de uma vida nômade, o amor à facilidade e a relutância em renovar a guerra parecem tê-los deixado indiferentes à posse de uma herança estabelecida. Mas Josué estava vivo demais para o dever imposto a ele pelo Senhor de deixar as coisas continuarem nesse estado; e consequentemente, desde que uma conquista geral da terra foi feita, ele resolveu prosseguir imediatamente com o lote, acreditando que quando cada tribo deveria receber sua herança, surgiria um novo motivo para levá-los a se esforçarem em assegurar a posse plena.

3 E Josué disse aos filhos de Israel: Até quando sereis negligentes para vir a possuir a terra que vos deu o SENHOR o Deus de vossos pais?

– Esta repreensão transmite a impressão de que as sete tribos foram dilatórias até certo ponto criminal.

4 Assinalai três homens de cada tribo, para que eu os envie, e que eles se levantem, e percorram a terra, e a descrevam conforme suas propriedades, e se voltem a mim.

Assinalai três homens de cada tribo – Embora o lote determinasse a parte do país onde cada tribo seria localizada, ele não poderia determinar a extensão do território que poderia ser requerido; e a insatisfação dos filhos de José com a alegada pequenez de sua posse deu motivos para temer que as reclamações pudessem surgir de outros locais, a menos que precauções fossem tomadas para fazer uma distribuição adequada da terra. Para este propósito, uma comissão foi dada a vinte e uma pessoas – três escolhidas de cada uma das sete tribos que ainda não haviam recebido sua herança, para fazer uma pesquisa precisa do país.

5 E a dividirão em sete partes: e Judá estará em seu termo ao sul, e os da casa de José estarão no seu ao norte.
6 Vós, pois, demarcareis a terra em sete partes, e me trareis a descrição aqui, e eu vos lançarei as sortes aqui diante do SENHOR nosso Deus.
7 Porém os levitas nenhuma parte têm entre vós; porque o sacerdócio do SENHOR é a herança deles: Gade também e Rúben, e a meia tribo de Manassés, já receberam sua herança da outra parte do Jordão ao oriente, a qual lhes deu Moisés servo do SENHOR.
8 Então aqueles homens se levantaram e se foram; e Josué deu ordem aos que iam demarcar a terra, dizendo-lhes: Ide, percorrei a terra, e demarcai-a, e voltai a mim, para que eu vos lance as sortes aqui diante do SENHOR em Siló.
9 Foram, pois, aqueles homens e passaram pela terra, demarcando-a por cidades em sete partes em um livro, e voltaram a Josué ao acampamento em Siló.

– dividindo a terra de acordo com seu valor, e o valor das cidades que ela continha, em sete porções iguais. Esta não foi uma tarefa fácil de realizar. Requeria aprendizado e inteligência que eles ou seus instrutores, com toda probabilidade, haviam trazido do Egito. Assim, Josephus diz que a pesquisa foi realizada por homens especialistas em geometria. E, de fato, o relato circunstancial que é dado sobre os limites de cada tribo e sua situação, prova que foi o trabalho de mãos nada más ou incompetentes.

10 E Josué lhes lançou as sortes diante do SENHOR em Siló; e ali repartiu Josué a terra aos filhos de Israel por suas porções.

E Josué lhes lançou as sortes diante do SENHOR em Siló – diante do tabernáculo, onde a presença divina se manifestava, e que associava com a sorte a ideia da sanção divina.

As terras da tribo de Benjamim

11 E tirou-se a sorte da tribo dos filhos de Benjamim por suas famílias: e saiu o termo de sua porção entre os filhos de Judá e os filhos de José.

tirou-se a sorte – Supunha-se que havia duas urnas ou vasos, dos quais os lotes eram sorteados: um contendo os nomes das tribos, o outro contendo os das sete porções; e que os dois foram retirados simultaneamente.

saiu o termo de sua porção entre os filhos de Judá e os filhos de José – Assim, a profecia de Moisés a respeito da herança de Benjamim foi notavelmente realizada. (Veja Dt 33:12).

12 E foi o termo deles ao lado do norte desde o Jordão: e sobe aquele termo ao lado de Jericó ao norte; sobe depois ao monte até o ocidente, e vem a sair ao deserto de Bete-Áven:
13 E dali passa aquele termo a Luz, pelo lado de Luz (esta é Betel) até o sul. E desce este termo de Atarote-Adar ao monte que está ao sul de Bete-Horom a de abaixo.
14 E torna este termo, e dá volta ao lado do mar, ao sul até o monte que está diante de Bete-Horom ao sul; e vem a sair a Quriate-Baal, que é Quriate-Jearim, cidade dos filhos de Judá. Este é o lado do ocidente.
15 E o lado do sul é desde a extremidade de Quriate-Jearim, e sai o termo ao ocidente, e sai à fonte das águas de Neftoa:
16 E desce este termo ao fim do monte que está diante do vale do filho de Hinom, que está na campina dos gigantes até o norte: desce logo ao vale de Hinom, ao lado dos jebuseus ao sul, e dali desce à fonte de Rogel;
17 E do norte torna e sai a En-Semes, e dali sai a Gelilote, que está diante da subida de Adumim, e descia à pedra de Boã, filho de Rúben:
18 E passa ao lado que está diante da campina do norte, e desce às planícies:
19 E torna a passar este termo pelo lado de Bete-Hogla até o norte, e vem a sair o termo à baía do mar Salgado ao norte, ao fim do Jordão ao sul. Este é o termo do sul.
20 E o Jordão acaba este termo ao lado do oriente. Esta é a herança dos filhos de Benjamim por seus termos ao redor, conforme suas famílias.
21 As cidades da tribo dos filhos de Benjamim, por suas famílias, foram Jericó, Bete-Hogla, e Emeque-Queziz,
22 Bete-Arabá, Zemaraim, e Betel;
23 E Avim, e Pará, e Ofra,
24 E Quefar-Amonai, Ofni, e Geba; doze cidades com suas aldeias:
25 Gibeão, Ramá, Beerote,
26 E Mispá, Quefira, e Moza,
27 Requém, Irpeel e Tarala,
28 E Zela, Elefe, Jebus, que é Jerusalém, Gibeá, e Quiriate; catorze cidades com suas aldeias. Esta é a herança dos filhos de Benjamim, conforme suas famílias.
<Josué 17 Josué 19>

Leia também uma introdução ao livro de Josué.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.