Bíblia, Revisar

Jeremias 35

Mensagem importante
Olá visitante do Apologeta! Vou direto ao ponto: peço que você me ajude a manter este projeto. Atualmente a renda gerada através dos anúncios são insuficientes para que eu me dedique exclusivamente a ele. Se cada pessoa que ler essa mensagem hoje, doar o valor de R$10.00, eu poderia me dedicar integralmente ao Apologeta pelo próximo ano e ainda remover todas as propagandas do site (que eu sei que são um pouco incômodas). Tenho um propósito ousado com este site: traduzir e disponibilizar gratuitamente conteúdo teológico de qualidade. O que inclui um dicionário bíblico completo (+4000 verbetes) e comentário de todos os 31.105 versículos da Bíblia. Faça parte deste projeto e o ajude a continuar crescendo. Obrigado!

Profecia no reinado de Jeoaquim, quando os caldeus, em conjunção com os sírios e moabitas, invadiram a Judéia

1 Palavra que veio do SENHOR a Jeremias nos dias de Jeoaquim filho de Josias, rei de Judá, dizendo:

Pela obediência dos recabitas a seu pai, Jeremias condena a desobediência dos judeus a Deus seu pai. O Espírito Santo organizou as profecias de Jeremias pela conexão moral e não cronológica. Da história de um acontecimento quinze anos antes, os judeus, que haviam trazido de volta seus servos alforriados, são ensinados sobre o quanto Deus ama e recompensa a obediência, e odeia e pune a desobediência.

2 Vai à casa dos recabitas, e fala com eles, e leva-os à casa do SENHOR, a uma das câmaras; e dá-lhes de beber vinho.

recabitas – uma tribo nômade pertencente aos queneus de Hemate (1Cr 2:55), da família de Jetro, ou Hobabe, sogro de Moisés (Êx 18:9, etc; Nm 10:29-32; Jz 1:16). Eles entraram em Canaã com os israelitas, mas, para preservar sua independência, escolheram uma vida em tendas sem habitação fixa (1Sm 15:6). Além do ramo deles associado com Judá e se estendendo até Amaleque, havia outra seção em Cadesia, em Naftali (Jz 4:11,17). Eles parecem ter sido prosélitos da porta, Jonadabe, filho de Recabe, cuja acusação de não beber vinho que eles tão estritamente obedeciam, era zeloso por Deus (2Rs 10:15-23). Os nabateus da Arábia observavam as mesmas regras [Diodorus Siculus, 19.94].

trazer … para … casa de … Senhor – porque havia testemunhas adequadas ali do meio dos sacerdotes e chefes, como também porque ele tinha o poder imediatamente para se dirigir ao povo reunido ali (Jr 35:13). Pode ter sido também uma repreensão dos sacerdotes, que bebiam vinho livremente, embora mandassem abster-se dele quando cumprissem seus deveres (Calvino).

câmaras – que estavam ao redor do templo, aplicadas a vários usos, por exemplo, para conter as vestes, vasos sagrados, etc.

3 Tomei então a Jazanias filho de Jeremias, filho de Habazinias, e a seus irmãos, e a todos os seus filhos, e todos da casa dos recabitas;

Jaazaniah – o ancião e chefe do clã.

4 E os levei à casa do SENHOR, à câmara dos filhos de Hanã, filho de Jigdalias, homem de Deus, a qual estava junto à câmara dos príncipes, que é acima da câmara de Maaseias filho de Salum, guarda da porta.

homem de Deus – um profeta (Dt 33:1; 1Sm 2:27; 1Rs 12:22; 2Rs 4:7), também “servo de Deus” em geral (1Tm 6:11), um não sua, mas de Deus; aquele que se separou com tudo bem em si mesmo para se entregar totalmente a Deus (2Tm 3:17). Ele era tão reverenciado que ninguém questionaria o que foi transacionado em sua câmara.

guarda da porta – em hebraico, “do vaso”. Provavelmente o escritório significava aquele do sacerdote que mantinha o dinheiro de captação pago pelo uso do templo e as oferendas votivas, tais como vasos de prata, etc. sete desses guardiões (Grotius). Compare 2Rs 12:9; 25:18; 1Cr 9:18-19, que apoiam a versão em inglês.

Eu disse … Beba – Jeremias não diz: O Senhor diz: Beba: pois então eles teriam sido obrigados a obedecer. Compare o caso em 1Rs 13:7-26.

5 E pus diante dos filhos da casa dos recabitas taças e copos cheios de vinho, e disse-lhes: Bebei vinho.
6 Porém eles disseram: Não beberemos vinho; porque Jonadabe filho de Recabe, nosso pai, nos mandou, dizendo: Nunca bebereis vinho, nem vós nem vossos filhos;

nosso pai – isto é, antepassado e diretor, trezentos anos antes (2Rs 10:15). Eles foram chamados Recabitas, não Jonadabitas, tendo recebido seu nome do pai Recabe, antes de adotarem as injunções de seu filho Jonadabe. Este caso não oferece nenhuma justificativa para a deferência servil às opiniões religiosas dos pais cristãos: pois a injunção de Jonadabe afetou apenas as questões da vida presente; Além disso, não era vinculativo para as suas consciências, pois julgavam que não era ilegal ir a Jerusalém na invasão (Jr 35:11). O que é elogiado aqui não é a injunção do pai, mas a obediência dos filhos (Calvino).

7 Nem edificareis casa, nem semeareis semente, nem plantareis vinha, nem a tereis; em vez disso habitareis em tendas todos os vossos dias, para que vivais muitos dias sobre a face da terra onde vós peregrinais.

tendas – (Jz 4:17).

viver muitos dias – de acordo com a promessa relacionada com o quinto mandamento (Êx 20:12; Ef 6:2-3).

estranhos – Eles não eram do estoque de Jacó, mas estrangeiros em Israel. Tipos de filhos de Deus, peregrinos na terra, procurando o céu como seu lar: tendo pouco a perder, para que perder tempo lhes custasse pouco alarme; sentado solto para o que eles têm (Hb 10:34; 11:9-10,13-16).

8 E nós temos obedecido à voz de Jonadabe, filho de Recabe, nosso pai; em tudo quanto ele nos mandou, de maneira que não bebemos vinho em todos os nossos dias, nós, nem nossas mulheres, nossos filhos, e nossas filhas;

nos cobrou… todos os nossos dias, nós… esposas… filhos… filhas – obediência sem reservas em todos os detalhes, em todos os momentos, e da parte de todos, sem exceção: nesses aspectos, a obediência de Israel a Deus estava faltando. Contraste 1Sm 15:20-21; Sl 78:34-37,41,56-57.

9 Nem edificamos casas para nossa habitação; nem temos vinha, nem campo, nem sementeira.
10 E habitamos em tendas, e assim temos obedecido e feito conforme a tudo quanto nos mandou Jonadabe nosso pai.
11 Sucedeu, porém, que quando Nabucodonosor rei de Babilônia subiu a esta terra, dissemos: Vinde, e vamos a Jerusalém, por causa do exército dos caldeus e por causa do exército dos sírios; e assim ficamos em Jerusalém.

sírios – quando Jeoiaquim se revoltou de Nabucodonosor (2Rs 24:1-2). A necessidade deixa de lado todas as outras leis. Esta é a desculpa dos Recabitas por sua aparente desobediência a Jonadab em se estabelecer temporariamente em uma cidade. Aqui estava a sabedoria presciente dos comandos de Jonadabe; eles podem, a qualquer momento, migrar, não possuindo terras para amarrá-los.

12 Então veio a palavra do SENHOR a Jeremias, dizendo:
13 Assim diz o SENHOR dos exércitos, Deus de Israel: Vai, e dize aos homens de Judá, e aos moradores de Jerusalém: Por acaso nunca aceitareis ensino para obedecer a minhas palavras? Diz o SENHOR.
14 As palavras de Jonadabe, filho de Recabe, que mandou a seus filhos que não bebessem vinho, foram obedecidas; pois não o beberam até hoje, por terem ouvido ao mandamento de seu pai; e eu vos tenho falado, insistindo em falar, mas vós não me ouvistes.

mandamento do pai: apesar de eu – (Ml 1:6).

levantando cedo e falando – o próprio Deus falando tarde e cedo por seus vários modos de providência e graça.

15 E enviei a vós a todos os meus servos, os profetas, insistindo em enviá-los, para dizerem: Convertei-vos agora cada um de seu mal caminho, e fazei boas as vossas ações, e não sigais a outros deuses para lhes servi-los, e assim vivereis na terra que dei a vós e a vossos pais; porém não inclinastes vossos ouvidos, nem me obedecestes.

Em Jr 35:15 e em 2Cr 36:15, um modo distinto de endereço é aludido, a saber, Deus enviando Seus servos. (Jr 18:11; 25:5-6). Não ordenei nada irracional, mas simplesmente para Me servir, e eu preguei à ordem uma promessa graciosa, mas em vão. Se os mandamentos de Jonadabe, que eram arbitrários e não obrigações morais em si mesmos, fossem obedecidos, muito mais deveriam ser Meus, que são em si mesmos corretos.

16 Dado que os filhos de Jonadabe, filho de Recabe, guardaram o mandamento de seu pai que lhes mandou, mas este povo não me tem obedece,
17 Portanto assim diz o SENHOR Deus dos exércitos, Deus de Israel: Eis que eu trarei sobre Judá e sobre todos os moradores de Jerusalém todo o mal que falei contra eles; pois eu lhes falei, mas não ouviram; eu os chamei, mas não responderam.

não ouvi… eu… chamei… não respondi – (Pv 1:24; Is 65:12).

18 E disse Jeremias aos da casa dos recabitas: Assim diz o SENHOR dos exércitos, Deus de Israel: Por obedecerdes ao mandamento de Jonadabe vosso pai, e guardardes todos os seus mandamentos, e fizerdes conforme a tudo quanto ele vos mandou,
19 Portanto, assim diz o SENHOR dos exércitos, Deus de Israel: Nunca faltará homem da descendência de Jonadabe, filho de Recabe, que esteja diante de minha presença, todos os dias.

não quero que um homem se coloque diante de mim – Sempre haverá representantes do clã para me adorar (Jr 15:1,19); ou “diante de mim” significa existência simples, pois todas as coisas existentes estão à vista de Deus (Sl 89:36). Os recabitas retornaram do cativeiro. Wolff encontrou vestígios deles na Arábia.

<Jeremias 34 Jeremias 36>

Leia também uma introdução ao Livro de Jeremias.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.

Conteúdos recomendados