Bíblia, Revisar

Neemias 3

Os nomes e ordem dos que construíram o muro de Jerusalém

1 E Eliasibe, o sumo sacerdote, levantou-se com seus irmãos os sacerdotes, e edificaram a porta das Ovelhas. Eles a consagraram, e levantaram suas portas; eles a consagraram até a torre de Meá, e até a torre de Hananel.

Eliasibe, o sumo sacerdote – o neto de Jesua e o primeiro sumo sacerdote depois do retorno da Babilônia.

levantou-se com seus irmãos os sacerdotes – isto é, deu o exemplo iniciando a obra, seus trabalhos sendo confinados às localidades sagradas.

edificaram a porta das Ovelhas – perto do templo. Seu nome surgiu do mercado de ovelhas, ou do tanque de Bethesda, que estava lá (Jo 5:2). Lá as ovelhas foram lavadas e levadas ao templo para serem sacrificadas.

Eles a consagraram, e levantaram suas portas – Sendo a entrada comum no templo, e a primeira parte do edifício consertada, é provável que algumas cerimônias religiosas fossem observadas em gratidão por sua conclusão. “Foram as primícias e, portanto, na santificação, toda a massa e edificação foram santificadas” [Poole].

a torre de Meá – Esta palavra é indevidamente considerada, em nossa versão, como o nome de uma torre; é a palavra hebraica para “cem”, de modo que o significado é: eles não apenas reconstruíram a porta das ovelhas, mas também cem côvados da muralha, que se estendia até a torre de Hananeel.

2 E ao lado dela os homens de Jericó edificaram; e ao seu lado edificou Zacur, filho de Inri.

E ao lado dela os homens de Jericó edificaram – A parede foi dividida em porções, uma das quais foi atribuída respectivamente a cada uma das grandes famílias que haviam retornado do cativeiro. Esta distribuição, pela qual o edifício era levado a cabo em todas as partes simultaneamente com grande energia, era eminentemente favorável ao despacho. “As aldeias onde os restauradores residiam são em grande parte mencionadas, ver-se-á que esta circunstância dá uma indicação geral da parte da muralha sobre a qual eles trabalhavam, estando esses lugares naquele lado da cidade mais próximo do seu local de residência; a única exceção aparente sendo, talvez, onde eles consertaram mais do que a peça. Tendo completado seu primeiro empreendimento (se trabalhassem mais), não havendo mais trabalho a ser feito no lado próximo a sua residência, ou tendo chegado após a conclusão dos reparos naquela parte da cidade mais próxima a eles em operação, eles iriam onde quer que seus serviços fossem necessários ”[Barclay, Cidade do Grande Rei].

3 E os filhos de Hassenaá edificaram a porta do Peixe; puseram-lhe vigas, e levantaram suas portas com suas fechaduras e seus ferrolhos.
4 E ao seu lado reparou Meremote filho de Urias, filho de Coz; e ao seu lado reparou Mesulão filho de Berequias, filho de Mesezabel; e ao seu lado reparou Zadoque filho de Baaná.
5 E ao seu lado os tecoítas repararam; porém os seus mais ilustres se recusaram a prestar serviço a seu senhor.
6 E a porta Velha Joiada filho de Paseia, e Mesulão filho de Besodias repararam; puseram-lhe vigas, e levantaram suas portas com suas fechaduras e seus ferrolhos.
7 E ao seu lado repararam Melatias o gibeonita, e Jadom meronotita, homens de Gibeom e de Mispá, que está sob o domínio do governador dalém do rio.
8 E ao seu lado reparou Uziel filho de Haraías, um dos ourives; e ao seu lado reparou Hananias, um dos perfumistas. Assim restauraram a Jerusalém até o muro largo.

Assim restauraram a Jerusalém até o muro largo – ou “muralha dupla”, que se estende desde a porta de Efraim até a porta da esquina, quatrocentos côvados de comprimento, anteriormente derrubada por Joás, rei de Israel [2Cr 25:23], mas depois reconstruído por Uzias [2Cr 26:9], que o tornou tão forte que os caldeus, achando difícil demoli-lo, deixaram-no de pé.

9 E ao seu lado reparou Refaías filho de Hur, líder da metade da região de Jerusalém.
10 E ao seu lado reparou Jedaías filho de Harumafe, assim como em frente de sua casa; e ao seu lado reparou Hatus filho de Hasbaneias.
11 Malquias filho de Harim, e Hassube filho de Paate-Moabe, repararam a outra medida, como também a torre dos Fornos.
12 E ao seu lado reparou Salum filho de Haloés, líder da metade da região de Jerusalém; ele e suas filhas.

Salumele e suas filhas – que eram herdeiras ou viúvas ricas. Eles se comprometeram a custear as despesas de uma parte da parede ao lado deles.

13 Hanum e os moradores de Zanoa repararam a porta do Vale. Estes a edificaram, levantaram suas portas com suas fechaduras e seus ferrolhos, como também mil côvados no muro, até a porta do Esterco.

os moradores de Zanoa – Havia duas cidades assim chamadas no território de Judá (Js 15:34,56).

14 Malquias filho de Recabe, líder da região de Bete-Haquerém, reparou a porta do Esterco; ele a edificou, levantou suas portas com suas fechaduras e seus ferrolhos.

Bete-Haquerém – uma cidade de Judá, supostamente agora ocupada por Betúlia, em uma colina com o mesmo nome, que às vezes é chamada também de montanha dos francos, entre Jerusalém e Tekoa.

15 Salum filho de Col-Hozé, líder da região de Mispá, reparou a porta da Fonte; ele a edificou, a cobriu, e levantou suas portas com suas fechaduras e seus ferrolhos; como também o muro do tanque de Selá junto ao jardim do rei, e até as degraus que descem da cidade de Davi.
16 Depois dele reparou Neemias filho de Azbuque, líder de metade da região de Bete-Zur, até em frente dos sepulcros de Davi, e até o tanque artificial, e até a casa dos Guerreiros.

dos sepulcros de Davi, e até o tanque artificial, e até a casa dos Guerreiros – isto é, ao longo das escarpas íngremes de Sião [Barclay].

17 Depois dele repararam os levitas, Reum filho de Bani; ao seu lado reparou Hasabias, líder de metade da região de Queila, em sua região.
18 Depois dele repararam seus irmãos, Bavai filho de Henadade, líder de metade da região de Queila.
19 Ao seu lado reparou Ezer filho de Jesua, líder de Mispá, outra medida; em frente da subida à casa de armas da esquina.

na virada da parede – isto é, a parede através do Tyropoeon, sendo uma continuação da primeira parede, conectando o Monte Sião com a parede do templo [Barclay].

20 Depois dele reparou com grande fervor Baruque filho de Zabai a outra medida; desde a esquina até a porta da casa de Eliasibe, o sumo sacerdote.
21 Depois dele reparou Meremote filho de Urias filho de Coz a outra medida, desde a entrada da casa de Eliasibe, até o fim da casa de Eliasibe.
22 E depois dele repararam os sacerdotes, os que habitavam na vizinhança.
23 Depois deles repararam Benjamim e Hassube, em frente da casa deles; e depois deles reparou Azarias, filho de Maaseias, filho de Ananias, perto de sua casa.
24 Depois dele reparou Binui filho de Henadade, outra medida; desde a casa de Azarias até a esquina, e até o canto.
25 Palal, filho de Uzai, em frente da esquina e a torre que sai da casa superior do rei, que está junto ao pátio da prisão. Depois dele, Pedaías filho de Parós.

a torre que sai da casa superior do rei – isto é, torre de vigia do palácio real [Barclay].

26 E os servos do templo, que habitavam em Ofel, repararam até em frente da porta das Águas ao oriente, e à torre alta.

os servos do templo – Não apenas os sacerdotes e os levitas, mas as pessoas comuns que pertenciam à casa de Deus, contribuíram para o trabalho. Os nomes daqueles que repararam os muros de Jerusalém são comemorados porque foi uma obra de piedade e patriotismo para reparar a cidade santa. Foi um exemplo de religião e coragem para defender os verdadeiros adoradores de Deus, para que pudessem servi-Lo em silêncio e segurança, e, no meio de tantos inimigos, continuar com esta obra, confiando piedosamente no poder de Deus para apoiá-los [Bishop Patrick].

27 Depois os tecoítas repararam outra medida; em frente da torre grande e alta, até o muro de Ofel.
28 Os sacerdotes repararam desde a porta dos Cavalos, cada um em frente de sua casa.
29 Depois deles reparou Zadoque filho de Imer, em frente de sua casa; e depois dele reparou Semaías filho de Secanias, guarda da porta oriental.
30 Depois dele reparou Hananias filho de Selemias, e Hanum, o sexto filho de Zalafe, outra medida. Depois dele reparou Mesulão, filho de Berequias, em frente de sua câmara.
31 Depois dele reparou Malquias um dos ourives, até a casa dos servos do templo e dos mercadores; em frente da porta da Inspeção, e até a câmara do canto.
32 E entre a câmara do canto até a porta das Ovelhas, os ourives e os mercadores repararam.
<Neemias 2 Neemias 4>

Leia também uma introdução ao livro de Neemias.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.