Bíblia, Revisar

Salmo 81

1 (Salmo de Asafe, para o regente, conforme “Gitite”:) Cantai de alegria a Deus, que é nossa força; mostrai alegria ao Deus de Jacó.

Gitite – (Veja no Salmo 8: 1, título). Um salmo festivo, provavelmente para a Páscoa (compare Mt 26:30), no qual, após uma exortação para louvar a Deus, Ele é apresentado, lembrando Israel de suas obrigações, repreendendo sua negligência e representando os resultados felizes da obediência.

nossa força – (Salmo 38: 7).

2 Levantai uma canção, e dai-nos o tamborim; a agradável harpa com a lira.

une os tipos mais alegres de música, vocal e instrumental.

3 Tocai trombeta na lua nova; e na lua cheia, no dia de nossa celebração.

na lua nova – ou o mês.

o tempo designado – (compare Pv 7:20).

4 Porque isto é um estatuto em Israel, e uma ordem do Deus de Jacó.
5 Ele o pôs como testemunho em José, quando tinha saído contra a terra do Egito, onde ouvi uma língua que eu não entendia:

como testemunho – As festas, especialmente a Páscoa, atestaram a relação de Deus com o Seu povo.

José – para Israel (Salmo 80: 1).

saído – ou, “acabou”, isto é, Israel no êxodo.

onde ouvi – mudança de pessoa. O escritor fala pela nação.

uma língua – literalmente, “lábio” (Salmo 14: 1). Um agravamento ou elemento de sua aflição que seus opressores eram estrangeiros (Dt 28:49).

6 Tirei seus ombros de debaixo da carga; suas mãos foram livrados dos cestos.

A linguagem de Deus faz alusão à escravidão onerosa dos israelitas.

7 Na angústia clamaste, e livrei-te dela; te respondi no esconderijo dos trovões; provei a ti nas águas de Meribá. (Selá)

esconderijo – a nuvem da qual Ele perturbou os egípcios (Êx 14:24).

provei a ti – (Salmo 7:10; Salmo 17: 3) – testou sua fé pelo milagre.

8 Ouve -me , povo meu, e eu te darei testemunho; ó Israel, se tu me ouvisses!

(Compare Sl 50: 7). A repreensão segue ao Salmo 81:12.

se tu me ouvisses – Ele então propõe os termos da Sua aliança: eles devem adorar somente a Ele, que (Salmo 81:10) os livrou, e ainda conferiria todas as bênçãos necessárias.

9 Não haverá entre ti deus estranho, e não te prostrarás a um deus estrangeiro.
10 Eu sou o SENHOR teu Deus, que te fiz subir da terra do Egito; abre tua boca por completo, e eu a encherei.
11 Mas meu povo não ouviu minha voz, e Israel não me quis.

Eles falharam, e Ele os entregou aos seus próprios desejos e dureza de coração (Dt 29:18; Pv 1:30; Rm 11:25).

12 Por isso eu os entreguei ao desejo de seus próprios corações, e andaram conforme seus próprios conselhos.
13 Ah, se meu povo me ouvisse, se Israel andasse em meus caminhos!

Obediência teria garantido todas as bênçãos prometidas e a sujeição dos inimigos. Nesta passagem, “deveria ter”, “teria”, etc., é melhor, “deveria” e “iria” expressar a intenção de Deus na época, isto é, quando eles deixaram o Egito.

14 Em pouco tempo eu derrotaria seus inimigos, e viraria minha mão contra seus adversários.
15 Os que odeiam ao SENHOR, a ele se submeteriam, e o tempo da punição deles seria eterno.
16 E ele sustentaria Israel com a abundância de trigo; e eu te fartaria com o mel da rocha.
<Salmo 80 Salmo 82>

Leia também uma introdução ao livro de Salmos.

Adaptado de: Commentary Critical and Explanatory on the Whole Bible. Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – fevereiro de 2018.