Provérbios 9

O banquete da Sabedoria

1 A Sabedoria edificou sua casa; erigiu suas sete colunas.

erigiu suas sete colunas (compare com 1Rs 7:2,3,6,21Gl 2:9Ap 3:12). “Os pilares são uma característica importante na arquitetura oriental, em parte talvez como uma lembrança da tenda com seus postes de suporte, e em parte também devido ao uso de telhados planos, pelo que os ambientes eram mais estreitos ou divididas em seções por colunas”. [Smith, 1863]

Aqui, no entanto, é melhor supor que o grande salão de banquetes está aberto ao longo de toda a frente, de modo a convidar o público à entrar, o telhado sendo sustentado por uma fileira de sete (o símbolo comum da completude) imponente colunas. O grandioso salão no qual os líderes dos filisteus estavam assentados e se divertiam com Sansão, enquanto aproximadamente 3.000 pessoas estavam reunidas em sua parte superior, foi construído com base neste princípio; as duas colunas centrais da colunata formando o principal suporte da parte superior (Jz 16:25-30). [Cambridge, 1899]

2 Matou os seus animais para o banquete, misturou o seu vinho e arrumou a sua mesa.

Matou os seus animais para o banquete (compare com Is 25:6Mt 22:3,4).

misturou o seu vinho (compare com Pv 9:5Pv 23:30) – provavelmente com temperos, para aumentar o sabor. [Ellicott, 1905]

🔗 O cristão tem liberdade para beber moderadamente? Assista a resposta do pastor presbiteriano Augustos Nicodemus. (3 minutos)

3 Enviou suas criadas; dos pontos mais altos da cidade, ela clama:

Enviou suas criadas; dos pontos mais altos da cidade, ela clama (Waltk, BKJ, NVT) – ou então, Enviou suas criadas a clamar dos pontos mais altos da cidade (NAA, NVI, A21). Compare com Mt 22:3,4,9Lc 11:49Lc 14:17,21-23.

4 'Qualquer um que for ingênuo, venha aqui'. Aos que têm falta de entendimento, ela diz:
5 'Venham, comam do meu pão e bebam do vinho que misturei.

Compare com Pv 9:2Sl 22:26,29Ct 5:1Is 55:1-3Jr 31:12-14Mt 26:26-28Jo 6:27,49-58.

vinho que misturei (compare com Pv 9:5Pv 23:30) – provavelmente com temperos, para aumentar o sabor. [Ellicott, 1905]

🔗 O cristão tem liberdade para beber moderadamente? Assista a resposta do pastor presbiteriano Augustos Nicodemus. (3 minutos)

6 Abandonem a tolice e vivam; andem pelo caminho do entendimento.'

Abandonem a tolice e vivam (Waltke, NVI, A21, NVT) – ou então, Abandonem o tolo e vivam (NAA, BKJ, ACF). Compare com Pv 4:14,15Pv 13:20Sl 26:4-6Sl 45:10Sl 119:115At 2:402Co 6:17Ap 18:4.

andem pelo caminho do entendimento (compare com Pv 4:11Pv 10:17Mt 7:13,14Lc 13:24).

7 Aquele que repreende o zombador traz afronta sobre si; e o que tenta corrigir o perverso acaba prejudicado.

A sabedoria não se dirige ao escarnecedor, nem ao perverso:isso seria “dar aos cães o que é santo e lançar pérolas aos porcos” (Mt 7:6). Compare com o próprio plano de nosso Senhor ao ensinar por parábolas, para que Seus ouvintes não entendessem (Lc 8:10). [Whedon, 1874]

o que tenta corrigir o perverso acaba prejudicado (compare com Pv 15:12; 2Cr 36:16) – no original hebraico, acaba manchado.

8 Não repreenda ao zombador, para que ele não odeie você; repreenda ao sábio, e ele o amará.

Não repreenda ao zombador, para que ele não odeie você (compare com Pv 23:9Pv 29:1; Mt 7:6Mt 15:14).

repreenda ao sábio, e ele o amará (compare com Pv 13:18Pv 28:23Lv 19:172Sm 12:7-141Rs 1:23,32Sl 141:5Gl 2:11-14).

9 Instrua o sábio, e ele se tornará ainda mais sábio; ensine o justo, e ele crescerá em entendimento.

Alguém disposto a aprender ficará mais sábio até mesmo se receber uma advertência; e a instrução dada a um homem bom o tornará ainda melhor. Com os escarnecedores e perversos, muitas vezes acontece o contrário. “Cada coisa abençoa o homem sábio” (Miller). [Whedon, 1874]

Compare com Pv 1:5Pv 25:12Os 6:3Mt 13:11,122Pe 3:181Jo 2:20,211Jo 5:13.

10 O temor ao SENHOR é o princípio da sabedoria; e o conhecimento do Santo é entendimento.

O temor ao SENHOR é o princípio da sabedoria (compare com Pv 1:7Jó 28:28Sl 111:10Ec 12:13). Entre os grupos antagônicos (tratados em Pv 9:7-9) dos “seus filhos”, que já aceitaram seu convite, e que a amam por suas repreensões e se beneficiam de suas instruções (Pv 9:8-9), e dos “escarnecedores” e “perversos”, que a odeiam e insultam (Pv 9:7-8), há ainda o grupo neutro dos “ingênuos”, aos quais a Sabedoria agora retoma seu apelo direto. E, ao fazer isso, ela volta aos primeiros princípios e estabelece novamente a condição essencial sobre a qual a sabedoria pode ser alcançada.

o conhecimento do Santo é entendimento (compare com Pv 2:5Pv 30:31Cr 28:9Mt 11:27Jo 17:31Jo 5:20). A palavra original para “Santo” é plural, plural em excelência ou dignidade. [Cambridge, 1899]

11 Porque por mim teus dias serão multiplicados, e os anos da tua vida aumentados.

Porque por mim teus dias serão multiplicados (compare com Pv 3:2,16; Pv 4:10, onde uma vida longa é prometida como recompensa pela posse e prática da sabedoria; Dt 6:2). O mesmo resultado é atribuído ao temor de Deus (Pv 10:27; 14:27, etc.). [Pulpit, 1897]

12 Se você for sábio, será sábio para si mesmo; se for zombador, só você sofrerá as consequências.

Se você for sábio, será sábio para si mesmo – em outras palavras, “Se você for sábio, o benefício será seu” (NVI).

só você sofrerá as consequências – no original hebraico, só você suportará isso.

O convite da mulher loucura

13 A mulher loucura é espalhafatosa; é tola, e não sabe coisa alguma.

Compare com Pv 7:11; 1Tm 6:4.

14 Ela se assenta à porta de sua casa, numa cadeira, no lugar mais alto da cidade;

se assentanuma cadeira – ou seja, num lugar de honra (Waltke).

no lugar mais alto da cidade (compare com Pv 9:3).

15 para chamar aos que passam e seguem o seu caminho, dizendo:

Compare com Pv 7:13-15,25-27Pv 23:27,28.

16 'Qualquer um que for ingênuo, venha aqui!' E aos que tem falta de entendimento, ela diz:

Compare com Pv 9:4. A mulher tola tem sua casa, mas não é um lugar majestoso com sete colunas, como a casa da Sabedoria. Nenhuma criada é enviada para fazer os convites, mas ela mesma se senta à porta, sua posição tão proeminente quanto a da Sabedoria, falsificando sua voz, fazendo a mesma oferta para o mesmo grupo de pessoas, os ingênuos. [Barnes, 1870]

17 'As águas roubadas são doces, e o pão comido às escondidas é saboroso.'

As águas roubadas são doces (compare com Pv 20:17; Gênesis 3:6Rm 7:8Tg 1:14,15o pão comido às escondidas é saboroso (compare com Pv 7:18-20; 2Rs 5:24-27Ef 5:12). A sabedoria expõe seu pão (Pv 9:5) abertamente diante de todos. Mas a Loucura convida ao pão comido secretamente. Contraste com as “águas roubadas” do amor, ou de qualquer desejo do coração, Provérbios 5:15, “Bebe as águas da tua cisterna, das águas que brotam do teu próprio poço” (NVI). Nossa corrupção é tal que a própria proibição aumenta o prazer (Rm 4:15). A dificuldade, a raridade, o amor ao engano, tudo aguça o apetite por “águas roubadas”. O crente resiste à tentação. Compare o caso de Davi desejando as águas de Belém, mas recusando-se a tomá-las quando adquiridas com risco das vidas dos três que invadiram o acampamento dos filisteus (2Sm 23:15-17). As “águas” da loucura contrastam com o “vinho” misturado da Sabedoria (Pv 9:2,5). [JFU, 1871]

18 Porém não sabem que ali estão os mortos; que seus convidados estão nas profundezas do Sheol.

seus convidados estão nas profundezas do Sheol (compare com Pv 2:18,19Pv 5:5Pv 6:26Pv 7:27).

<Provérbios 8 Provérbios 10>

Introdução à Provérbios 9

Esta Seção, com a qual a Introdução ao Livro conclui, consiste em duas partes, nas quais a Sabedoria personificada (Provérbios 9:1-12) e a Loucura (Provérbios 9:13-18) representada por uma mulher espalhafatosa são apresentados mais uma vez de forma vívida contrastam entre si, lutando pela adesão dos filhos dos homens. Cada uma tem sua casa para recebê-los (Provérbios 9:114), cada um seu banquete distribuído para eles (Provérbios 9:114Provérbios 9:217), cada um seu convite, expresso, pelo menos em parte, de forma idêntica (Provérbios 9:114Provérbios 9:217Provérbios 9:416), que ela pronuncia nos lugares altos da cidade (Provérbios 9:114Provérbios 9:217Provérbios 9:416Provérbios 9:314). O equilíbrio e a simetria dessas duas partes não são, no entanto, artisticamente preservados. O zelo moral sobre os poderes da habilidade literária. A imagem da Sabedoria (Provérbios 9:1-5) é seguida por seu prolongado discurso (Provérbios 9:7-12), pela qual a foto companheira (Provérbios 9:13-17) tem que esperar, a seção sendo fechada por um única nota de advertência do próprio Mestre (Provérbios 9:18). [Cambridge, aguardando revisão]

Visão geral de Provérbios

“O livro de Provérbios convida as pessoas a viverem com sabedoria e temor ao Senhor a fim de experimentarem a boa vida”. Tenha uma visão geral deste livro através de um breve vídeo produzido pelo BibleProject. (8 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução ao livro dos Provérbios.

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles, com adaptação de Luan Lessa – janeiro de 2021.