Bíblia

Gênesis 33

Aviso Quer estudar a Bíblia e não sabe por onde começar? Conheça o nosso curso: Como Estudar a Bíblia? Ele é gratuito, online e pode ser iniciado agora mesmo! Clique aqui e saiba mais.


O encontro de Esaú e Jacó

1 Jacó ergueu os olhos, e viu que Esaú se aproximava, e com ele quatrocentos homens. Então repartiu os filhos entre Lia, Raquel e as duas servas.

Esaú se aproximava (compare com Gn 27:41,42Gn 32:6).

2 Colocou as servas e seus filhos à frente, Lia e seus filhos depois, e Raquel e José por último.

Raquel e José por último (compare com Gn 29:30Gn 30:22-24Gn 37:3). Jacó organizou suas mulheres – e os filhos que elas lhe deram – na proporção do afeto especial que tinha por cada uma; menor pelas servas, maior por Raquel. [Whedon, 1874]

3 Ele mesmo passou à frente deles, e sete vezes prostrou-se em terra, até chegar perto de seu irmão.

Ele mesmo passou à frente deles (compare com Jo 10:4,11,12,15).

sete vezes prostrou-se em terra (compare com Gn 18:2Gn 42:6Gn 43:26Pv 6:3Ec 10:4Lc 14:11) – em sinal de submissão a Esaú.

4 Então Esaú correu ao encontro dele e o abraçou; pôs os braços em volta do pescoço dele e o beijou; e choraram.

Esaú correu ao encontro dele e o abraçou (compare com Gn 32:28Gn 43:30,34Gn 45:2,15; Gn 45:14,15Gn 46:29; Jó 2:12Ne 1:11Sl 34:4Pv 16:7Lc 15:20Atos 20:37). A oração de Jacó é atendida (Gn 32:9-12), e Esaú agora, independentemente do seu propósito original, mostra a seu irmão disposição e afeto. [Dummelow, 1909]

pôs os braços em volta do pescoço – no original hebraico, “se lançou ao seu pescoço” (BKJ).

5 Quando Esaú levantou os olhos, viu as mulheres e os filhos, e perguntou: 'Quem são estes que estão contigo?' Jacó respondeu: 'Os filhos que Deus bondosamente deu ao teu servo'.

Os filhos que Deus bondosamente deu ao teu servo (compare com Gn 48:9; Sl 127:3).

6 Então as servas se aproximaram, elas e seus filhos, e se curvaram.

elas e seus filhos. Zilpa cujos filhos eram Gade e Aser; Bila cujos filhos eram Dã e Naftali.

7 Lia e seus filhos também vieram e se curvaram; por fim, se aproximaram José e Raquel e se curvaram.

Lia e seus filhos. Rúben, Simeão, Levi, Judá, Issacar, Zebulom e Diná.

8 Esaú perguntou: 'O que você pretende com todos estes grupos que encontrei?' Jacó respondeu: 'Ser bem recebido por ti, meu senhor'.

O que você pretende com todos estes grupos que encontrei? (compare com Gn 32:13-20).

Ser bem recebido por ti, meu senhor (compare com Gn 32:5; Et 2:17) – no original hebraico, “Achar favor aos olhos de meu senhor” (A21).

9 Então Esaú disse: 'Eu já tenho o bastante, meu irmão; guarde para você o que é seu'.

Eu já tenho o bastante (compare com Gn 27:39Pv 30:15Ec 4:8).

meu irmão (compare com Gn 4:9Gn 27:41Jz 20:23Pv 16:7At 9:17At 21:20Fm 1:7).

10 Mas Jacó insistiu: 'Não! Se achei favor aos teus olhos, aceite o meu presente, pois vi o teu rosto, como quem vê o rosto de Deus, e fui bem recebido'.

Se achei favor aos teus olhos (compare com Gn 19:19Gn 47:29Gn 50:4Ex 33:12,13Rt 2:101Sm 20:3Jr 31:2).

aceite o meu presente – no original hebraico, “aceite o presente da minha mão (A21).

vi o teu rosto, como quem vê o rosto de Deus (compare com Gn 32:30Gn 43:32Sm 3:132Sm 14:24,28,32Jó 33:26; Mt 18:10Ap 22:4). A expressão ver o rosto – ou ver a face – é o mesmo que ser admitido na presença real (compare com Gn 43:3,5; 2Rs 25:19). Para Jacó, ter sido recebido amigavelmente por Esaú, era como alguém que foi recebido favoravelmente por Deus. [Ryle, 1921]

11 Por favor, aceite o presente que eu te trouxe, pois Deus tem sido bondoso comigo, e também tenho bastante. E insistiu com ele, até que o aceitou.

Por favor, aceite o presente que eu te trouxe (compare com Gn 32:13-20Js 15:19Jz 1:151Sm 25:271Sm 30:262Rs 5:152Co 9:5,6) – no original hebraico, “Toma, peço-te, a minha bênção, que te foi trazida” (ACF).

também tenho bastante (compare com Rm 8:31,321Co 3:212Co 6:10Fp 4:12,181Tm 4:8).

E insistiu com ele (compare com 2Rs 2:172Rs 5:16,23Lc 14:23), até que o aceitou. No Oriente, a aceitação de um presente por um superior é uma prova de amizade, e por um inimigo, de reconciliação. Foi por ambas as razões que Jacó estava tão ansioso que seu irmão recebesse os animais. Ao aceitá-los, Jacó teve provas mais que suficientes da boa vontade do seu irmão. [JFU, 1871]

12 Então Esaú disse: 'Vamos andando. Eu vou na frente'.

Eu vou na frente. Para Waltke (2010), Esaú acredita que Jacó, seu irmão, veio lhe fazer uma visita. É evidente que Jacó inicialmente pretendia aceitar o convite de Esaú para visitá-lo em Seir, seja imediatamente (Clericus, Kalisch), ou, como é mais provável, depois (Keil, Murphy), embora, caso fosse depois, o historiador não preservou nenhum registro de tal viagem, enquanto que, se atualmente tal era sua intenção, ele deve ter sido providencialmente levado, por alguma causa não mencionada, a alterar seus planos (Bush, Inglis, Clarke), a não ser que pensemos que ele realmente foi a Seir, embora não esteja aqui declarado (Patrick), ou consideremos a quase extraordinária hipótese de que Jacó enganou seu irmão generoso para se livrar dele, prometendo o que ele nunca quis cumprir, ou seja, visitá-lo no Monte Seir (Calvino). [Pulpit, 1895]

13 Jacó, porém, disse: 'Meu senhor sabe que estas crianças são frágeis, e que tenho comigo ovelhas e vacas que amamentam. Se forem obrigados a caminhar demais um só dia, todo o rebanho morrerá.

estas crianças são frágeis. Rúben, seu filho mais velho, ainda não tinha quatorze anos.

14 Que o meu senhor vá adiante do teu servo; eu seguirei, devagar, no ritmo do gado e das crianças, até chegar ao meu senhor, em Seir'.

no ritmo do gado e das crianças – no original hebraico, “conforme o passo do gado à minha frente, e segundo o passo dos meninos” (A21).

até chegar ao meu senhor, em Seir (compare com Gn 32:3Dt 2:1Jz 5:42Cr 20:10Ez 25:8Ez 35:2,3). É evidente que Jacó inicialmente pretendia aceitar o convite de Esaú para visitá-lo em Seir, seja imediatamente (Clericus, Kalisch), ou, como é mais provável, depois (Keil, Murphy), embora, caso fosse depois, o historiador não preservou nenhum registro de tal viagem, enquanto que, se atualmente tal era sua intenção, ele deve ter sido providencialmente levado, por alguma causa não mencionada, a alterar seus planos (Bush, Inglis, Clarke), a não ser que pensemos que ele realmente foi a Seir, embora não esteja aqui declarado (Patrick), ou consideremos a quase extraordinária hipótese de que Jacó enganou seu irmão generoso para se livrar dele, prometendo o que ele nunca quis cumprir, ou seja, visitá-lo no Monte Seir (Calvino). [Pulpit, 1895]

15 Respondeu Esaú: 'Então permita que eu deixe com você alguns dessa gente que está comigo'. Disse Jacó: 'Para quê? Ter sido bem recebido pelo meu senhor já é o suficiente'.

Ter sido bem recebido pelo meu senhor já é o suficiente (compare com Gn 34:11Gn 47:25Rt 2:131Sm 25:82Sm 16:4) – no original hebraico, “que ache eu graça aos olhos de meu senhor” (TB).

16 Assim, naquele dia, Esaú retornou a Seir.

Esaú retornou a Seir (compare com Gn 32:3).

17 E Jacó partiu para Sucote; ali edificou casa para si e fez abrigos para o seu gado. Por isso o lugar se chama Sucote.

Sucote (compare com Js 13:27Jz 8:5,8,161Rs 7:46Sl 60:6). É evidente que Jacó inicialmente pretendia aceitar o convite de Esaú para visitá-lo em Seir (Gn 33:14), seja imediatamente (Clericus, Kalisch), ou, como é mais provável, depois (Keil, Murphy), embora, caso fosse depois, o historiador não preservou nenhum registro de tal viagem, enquanto que, se atualmente tal era sua intenção, ele deve ter sido providencialmente levado, por alguma causa não mencionada, a alterar seus planos (Bush, Inglis, Clarke), a não ser que pensemos que ele realmente foi a Seir, embora não esteja aqui declarado (Patrick), ou consideremos a quase extraordinária hipótese de que Jacó enganou seu irmão generoso para se livrar dele, prometendo o que ele nunca quis cumprir, ou seja, visitá-lo no Monte Seir (Calvino). [Pulpit, 1895]

Jacó chega a Siquém

18 Voltando de Padã-Arã, Jacó chegou em paz à cidade de Siquém, na terra de Canaã; e armou a sua tenda diante da cidade.

Padã-Arã (compare com Gn 25:20Gn 28:6,7Gn 35:9Gn 46:15).

Jacó chegou em paz – ou então, Jacó veio a Salém (Vulgata; Septuaginta). Esta tradução também é possível, visto que existe uma cidade chamada Salim, perto de Siquém. Por outro lado, o contexto fala de Jacó “diante da cidade” de Siquém; e o fato de sua chegada lá “em paz” é significativo em vista dos eventos relacionados a Diná e narrados em Gênesis 34 (Ryle, 1921). Outra tradução possível é “Jacó chegou a salvo, Waltke (2010) afirma que a palavra original é ambígua.

cidade de Siquém (compare com Js 24:1Jz 9:1Jo 4:5).

19 Por cem peças de dinheiro comprou da mão dos filhos de Hamor, pai de Siquém, a parte do campo onde havia armado sua tenda.

cem peças de dinheiro – no original hebraico, cem quesitas. Segundo Waltke (2010), “o valor e o peso deste termo monetário hebraico não são conhecidos”.

comprou (compare com Gn 23:17-20Gn 49:30-32Js 24:32Jo 4:5Atos 7:16).

Hamor (compare com Gn 34:2Atos 7:16).

cem peças de moeda – literalmente, “cordeiros”; provavelmente uma moeda com a figura de um cordeiro.

20 Ali levantou um altar e lhe deu o nome de 'El Elohe Israel'.

Ali levantou um altar (compare com Gn 8:20Gn 12:7,8Gn 13:18Gn 21:33).

El Elohe Israel (compare com Gn 32:28Gn 35:7) – ou seja, Deus, o Deus de Israel.

<Gênesis 32 Gênesis 34>

Visão geral do Gênesis

Em Gênesis 1-11, “Deus cria um mundo bom e dá instruções aos humanos para que possam governar esse mundo, mas eles cedem às forças do mal e estragam tudo” (BibleProject). (8 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Em Gênesis 12-50, “Deus promete abençoar a humanidade rebelde através da família de Abraão, apesar das suas falhas constantes e insensatez” (BibleProject). (8 minutos)

🔗 Abrir vídeo no Youtube.

Leia também uma introdução ao livro do Gênesis.

Todas as Escrituras em português citadas são da Bíblia Livre (BLIVRE), Copyright © Diego Santos, Mario Sérgio, e Marco Teles – novembro de 2020.